DEFUNTA REPÚBLICA DE MENTIRA

"(...) É, todavia, difícil compreender por que, até o fim do reinado de Pedro II, o Brasil era um país mais promissor que os EUA, mais importante que a China, a Índia, o Japão, a Coréia e quase todos os países europeus - de onde vieram muitos imigrantes - e hoje ocorre o oposto: (...)" - (Dr. José Carlos de Almeida Azevedo)

Defender a manutenção da imundície da Ilegítima Ditadura Republicana Genocida Brasileira, que seguiu matando pelo futuro milhões com suas inconsequências, negligências, omissões... É de uma falta de conhecimento extrema, de uma burrice crônica absoluta, ou de uma voracidade predatória sem precedentes... Apenas caindo Dilma com o seu "Perda Total", mesmo que seja junto com suas coligações (Partidos dos Partidos...) das Organizações Criminosas das Facções Narco-Psicopatas-Partidárias-Copartícipes dos Regimes Síndico-Comuna-Socialistas-Golpistas, da Máquina de Prostituição Parlamentar do Poder Central Republicano, Alinhada a Política Transnacional Continental Latina Americana do Foro de São Paulo... Quase nada mudará nessa decadente República de mentira nunca proclamada de fato - a sujeira mais uma vez apenas mudará de mãos.

O Brasil é escravizado por uma caricatura republicana presidencialista moralmente ilegítima abortada defunta como regime totalitário, cujas suas predadoras consequências se estenderam pelo futuro numa sucessão de ditaduras civis e militares... Nódoa negra do hoje paradoxalmente dito Exército do monarquista Caxias do Exército Imperial Brasileiro. Aliciados por meia dúzia de traidores da pátria discípulos da Seita Positivista, alguns militares do Exército Imperial foram utilizados como ferramenta executora do trabalho sujo que mergulhou o país nas trevas, com a desastrosa inauguração da primeira ditadura militar da História do Brasil em 15 de novembro de 1889, acabando com a democracia da Monarquia Constitucional Parlamentar Representativa do promissor respeitável Império do Brasil, que ombreava com as outras três nações mais poderosas, cuja sua Armada Imperial somada a Marinha Mercante, foi a 2ª Potência Naval da terra. Num determinado momento da nossa história, já fomos mais poderosos do que os Estados Unidos da América do Norte.

No desastre do Flagelo Republicano, entre mandos e desmandos nesses 126 anos de estagnação, se somam: "12 Estados de Sítios, 17 Atos Institucionais, 6 Dissoluções do Congresso, 19 Revoluções ou Intervenções Militares, 2 Renuncias Presidenciais, 3 Presidentes Impedidos, 4 Presidentes Depostos, 6 Constituições Diferentes, 4 Ditaduras e 9 Governos Autoritários"... Mais os últimos 30 anos de retrocessos perdidos num oceano de esgoto sem precedentes na História do Brasil, com a 6ª tentativa ressuscitadora do pesadelo da tragédia dessa fracassada Nova República Salvadora da Pátria perdida em si mesma, que além de produzir desde 1985 mais de 3.000.000* de assassinatos (*Incluindo as mortes provocadas pelos desserviços e/ou omissões dos sucessivos desgovernos), nos conduziu mais uma vez a um terrível vazio. E, tudo indica que a burrice ou obscuras ambições dos dementes políticos predadores devoradores da pátria, indiferentes ao que já funcionou a contento na história dessa nação fundada em 1822 como Império, continuarão como insaciáveis varejeiras investindo no engodo de novas inúteis defuntas repúblicas, que têm sido sinônimos de Desgraça Nacional. (Emanuel Nunes Silva)

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

NÃO VENHO CONVENCER OU CONVERTER


Sabedoria não é propriedade individual – é energia. Somos apenas receptores e transmissores. Os gênios possuem esta consciência.
- Introdução -
Nós e a maioria dos Cientistas, Cosmólogos, Filósofos, Místicos, Religiosos, Teólogos... Não passamos de um bando de Idiotas circunscritos encapsulados em uma Redoma, vagando alheia as nossas primitivas vontades, nos confins do Espaço-Tempo do Cosmo Multidimensional. 
Não estou aqui para doutrinar
Não venho convencer ou converter, prefiro aprender, ensinar e sugerir... Nunca agredir. E com certeza sinto-me recompensado quando aprendo ou sou compreendido. Aqui chamo sua atenção para o fato de que não é necessário acreditar no que se afirma numa primeira instância, o importante é ter um espírito crítico, porém sem qualquer prevenção contra o que está sendo transmitido. Para isso é preciso ter predisposição, mente aberta e discernimento. Para finalmente poder concluir se é lógico e convincente o que se pretende mostrar.

Minha IGREJA? MINHA FÉ SÃO MEUS DISCERNIMENTOS. Não acredito em tudo que leio ou que falam, só medito sobre àquilo que toca as profundezas da minha Alma. Não oponho barreiras... Avalio. Mas escuto minha intuição. Deixo que o Raio de Luz Cósmico desça a minha insignificância e ilumine minha consciência.

➤ APRENDEMOS MAIS COM AS INGÊNUAS IGNORÂNCIAS DOS HUMILDES, DO QUE COM OS SÁBIOS.

Para que eu seja melhor compreendido utilizo-me simplesmente de vossas referências, e falo de coisas simples para que qualquer criança tenha a capacidade de distinguir, identificar e assimilar. Procuro despertar em vossos intelectos, o espírito investigativo e o censo crítico. Para que não fiquem eternamente enclausurados pelos desígnios dos seus primitivos conceitos e convicções. Os arrogantes deveriam se conscientizar das suas mazelas espirituais, respeitarem as ingenuidades dos humildes e reconhecerem as limitações da nossa condição humana, emaranhada nas teias dos nossos restritos sentidos.

Minha Fé são meus Discernimentos
- I -
Raça Maldita da Politicagem Inútil Republicana Brasileira
1 • A maioria dos Políticos da palhaçada do Regime Moralmente Ilegítimo Republicano de Mentira Brasileiro, são inúteis aberrações humanas que se masturbam intelectualmente com suas sandices. Perdidos nas alucinações dos seus desvios de caráter, covardemente causam a milhares de indefesas criaturas infinito desespero, quando as mais básicas das obrigações que deveriam ser direcionadas em benefício da coletividade, são vendidas à base de favores, beneficiando interesses ideológicos&partidários. Estas delinquentes predadoras ações têm como consequência inimagináveis atrocidades... Sem o menor escrúpulo com suas omissões são mortos brasileiros aos milhares, quando saciam seus mórbidos prazeres se lambuzando nas suas lambanças, numa irresponsável macabra orgia sem fim, sustentada à custa do erário. 
2 • Orgia sustentada à custa das mais altas taxas tributárias do planeta, não revertidas justamente proporcionalmente em serviços de qualidade, nunca suficientes para manter a Macabra Ciranda que resulta na morte de mais de duas centena de milhares de pessoas por ano, que além de impedir o desenvolvimento humano e o progresso, destrói a reserva humana da nação com o maucaratismo dos seus exemplos. Com requintes de crueldade, essa gente medíocre paradoxalmente constrói engenhosamente em torno de si próprios, um mundo sem volta de amarguras sem precedentes... Já há muito com certeza perderam suas capacidades lógicas de discernimento, limitando e sucumbindo suas miseráveis existências, no angustiante pegajoso lodo das suas irracionalidades. 
3 • Não passam de belas carcaças irrecuperáveis rastejando pelos meandros da demência. Malditas almas vazias que não têm servido para nada. Com certeza sucumbirão engolidas pelos abismos das trevas sem que façam falta a ninguém. Inúteis criaturas que deveriam ser executadas pelos seus crimes de Lesa-Pátria. Raça maldita que alicia criminosamente sem o menor escrúpulo crianças e jovens, corrompendo seus valores morais, induzindo que façam amanhã  pior do que os abutres que se espelham no presente. Isso é a descarada degradação da reserva humana do país, que coloca em risco a Soberania Nacional. Praga imunda de bandidos que tem que ser exterminada, antes que seus desserviços acabe definitivamente com o Brasil. Que assim seja em seus futuros que constroem no presente com suas Organizações Criminosas aliadas e coligadas partidariamente, onde a prioridade é o Poder simplesmente pelo Poder e saquear a nação.
Retrato sucinto da trajetória dessa humanidade 
URL da Imagem
- II -
Nada é para sempre... Só a Eternidade.
"A bondade em palavras cria confiança; a bondade em pensamento cria profundidade; a bondade em dádiva cria amor."

Lao-Tsé
A palavra "dádiva" aqui está no sentido de se fazer algo espontaneamente a alguém e/ou alguma coisa, sem esperar receber nada em troca. Quando eu falo nada é nada mesmo, pois muitas vezes quem a recebe... Não tem consciência deste fato. Assim os religiosos não devem esperar nem pelo reconhecimento Divino. Se você faz algo simplesmente porque "é dando que se recebe", isso não é fazer em dádiva. Tampouco me refiro apenas aos seres humanos. Fazer em dádiva ou fazer com dádiva? Parece que ambas as expressões ainda não existem. Pelo menos fazer com dádiva deveria existir. Entretanto para mim isso é um detalhe irrelevante.
Intrigantemente o paradoxo "fazer amor" relativo ao ato sexual em si existe;  já "fazer com amor" que seria o coerente neste caso, não encontro em lugar algum.

Como esta "Internet" ainda é limitada.

"Fazer amor" para mim nunca existiu. Fazer com amor... Sim. Entretanto é isso que me importa.

A palavra Amor anda desgastada. Tem gente por aí que acha que fazer sexo é fazer Amor, como se alguém tivesse este poder. O sexo pode até ser feito com muito carinho e Amor... Mas não é fazer Amor. 

"Fazer amor" nunca existiu. Fazer sexo gostoso com amor... Aí sim fica compreensível – ao menos para mim!... 

A palavra Amor anda desgastada. Fazer sexo não é fazer Amor... Mesmo feito com muito carinho e Amor... Não é fazer Amor. 
💟
Já o sentido de "fazer amor" que Lao-Tsé coloca na frase como "Criar amor"... Em minha opinião está correto. "Fazer amor" no sentido de fazer simplesmente sexo acho um absurdo. O correto seria fazer sexo com amor, ou melhor ainda: Fazer sexo com amor e carinho. Fazer sexo é uma expressão muito didática e corta tesão. Trepar gostoso é muito melhor.

Emanuel Nunes Silva
11 de agosto de 2010
O caminho da sabedoria é comum para todos, esbarramos nele todos os dias, muitos vêem, mas não lhe dão importância, outros o vê, reconhecem sua verdadeira importância, mas usam desculpas para justificar o apego por suas fraquezas e crenças. Outros sequer vêem.
Ou ainda:
O caminho da sabedoria é comum para todos, esbarramos nele todos os dias, muitos vêem, mas não lhe dão importância, outros o vê, reconhecem sua verdadeira importância, mas usam desculpas para justificar o apego por suas fraquezas e crenças. Alguns intuitivamente o vê como uma dádiva... Outros jamais virão a vê-lo.

Emanuel Nunes Silva
10 de agosto de 2010
Experiências ruins e nossos erros... Nos ensinam bem mais sobre nós mesmos do que as boas experiências e nossos acertos.

Emanuel Nunes Silva
09 de agosto de 2010
Os Conceitos: Amor e Fé... São imortais.
Mesmo que a nossa humanidade desapareça, eles continuarão existindo no Banco de Dados Cósmico. Afinal o Planeta Terra não é o único privilegiado com o milagre da criação. A vida pulula em muitos outros pontos no Cosmos. Nesta e em outras dimensões.

Emanuel Nunes Silva
07 de agosto de 2010 

A criatividade é uma dádiva de poucos.
Quando complementada com a beleza...
É manifestação Divina...
Os poucos que se emocionam com esta unidade mágica.
A chamam de Obra de Arte. 

Emanuel Nunes Silva
- III -
Unidade Cósmica
Nós e a maioria dos Cientistas, Cosmólogos, Filósofos, Místicos, Religiosos, Teólogos... Não passamos de um bando de Idiotas circunscritos encapsulados em uma Redoma, vagando alheia as nossas primitivas vontades, nos confins do Espaço-Tempo do Cosmo Multidimensional. 
Não estou aqui para doutrinar
Unidade Cósmica é a Massa Cósmica, onde coexistem a Harmonia e o Caos em um infinito processo cíclico na Eternidade... Ambos são relativos. O Caos pode ser o Princípio da Harmonia e a Harmonia o princípio do Caos. Na Escala do Espaço-Tempo não há Ordem nem Equilíbrio, apenas lapsos temporais de um aparente ordenamento em equilíbrio, o suficiente para que a vida pulule no Cosmo... Evolua e/ou atinja suas maturidades – cada qual nos seus respectivos estágios evolutivos... Desapareçam em determinadas dimensões para florescerem em níveis mais elevados. Tudo está em transformação. Seria assim uma forma primitiva de se tentar começar a explicar o Infinito e a Vida, pois não existe o infinito sem vida, sem uma inteligência Cósmica. Esta explicação se encontra fora da linguagem nesta limitada dimensão.

O Espaço Infinito multidimensional (o Imensurável, o Cosmos ou Universo), é preenchido de Universos Finitos repletos de Eventos Cósmicos (sendo os Big Bangs apenas um deles), que por sua vez são preenchidos por Meios Cósmicos (Cósmicos e Microcósmicos). Portanto nossa Galáxia a Via Láctea juntamente com outras bilhões de Galáxias é o nosso Meio Cósmico — O nosso Espaço Perceptível é a nossa Vizinhança Cósmica.
Afinal Infinito é Infinito, e só algo assim o justifica. 

Nossa estrela o Sol é uma das aproximadamente 200 bilhões de estrelas girando em torno do núcleo da Via Láctea, a uma velocidade estimada de 900.000 km/hora, acompanhando a rotação da galáxia, que por sua vez se desloca pelo imensurável numa trajetória e velocidade hipotética — O sol situa-se na zona exterior de um dos braços dessa Galáxia, a cerca de 30.000 anos luz do seu núcleo. Quando observamos do limitado ponto de observação do nosso Sistema Solar, um pedacinho do universo que nos cerca, já não mais temos uma imagem pontilhada de estrelas... E sim pontilhada de galáxias inseridas no nosso ainda Entorno Cósmico.
Imensa é a nossa ignorância... Sequer sabemos como nossa MATÉRIA se arrasta pelo ESPAÇO-TEMPO ou quais os reais movimentos e em que velocidade a TERRA viaja pelo IMENSURÁVEL. Desconhecemos as complexidades dos verdadeiros movimentos do nosso grupo GALÁCTICO. Nada sabemos sobre os movimentos dos UNIVERSOS contidos no INFINITO, assim como as Leis que regem a UNIDADE CÓSMICA... Quase nada conseguimos com dificuldade perscrutar deste nosso imperceptível e limitado ponto de observação. Vemos apenas uma parte do nosso Finito Universo, dentro das fronteiras do conhecimento atual... É apenas a nossa Vizinhança Cósmica... Ele é LIMITADO. Além deste nosso Universo, existem as distâncias imensuráveis nos separando de outros maiores e menores, ocupando seus próprios Ambientes “ESPAÇOS”... Com seus inúmeros Eventos Multidimensionais Cósmicos.

É provável que exista um número infinito de Universos em movimento, ocupando um MEIO MAIOR, vibrando em diferentes estágios de formação, Big Bangs, etc. Comparativamente, o Espaço-Tempo, e a Luz nestes MEIOS DIFERENCIADOS, não se comportam identicamente nestas DIFERENTES ESCALAS. Em cada um destes Universos, tanto a Luz como o Espaço-Tempo, estariam diretamente condicionados proporcionalmente às suas ESCALAS ATÔMICAS.

Tal conhecimento transcende nossa condição humana dimensional... Somos seres circunscritos, encapsulados à nossa “REDOMA”. Não nos pertence à interpretação do INFINITO MULTIDIMENSIONAL... Sua definição situa-se fora da linguagem. Amanhã o homem vai vislumbrar muito além das fronteiras deste nosso limitado Universo, uma insignificante MANCHA ou SINAL, e para a surpresa de muitos, ficará constatada a descoberta de um NOVO UNIVERSO, e a nossa GRANDE EXPLOSÃO não passará de mais um dos inúmeros EVENTOS CÓSMICO.
Nosso Meio Cósmico que a maioria erroneamente insiste em denominar de Universo, que numa infeliz tentativa de explicarem o inexplicável até então, inventaram a tal história do Big-Bang, como se todo o Universo tivesse surgido de um único isolado evento que denomino de nosso Meio Cósmico.
Desconhecemos em que velocidade o nosso Meio Cósmico em expansão, preenchido de Microcosmos viaja juntamente com muitos outros similares Meios Cósmicos dentro do Universo. Portanto o meio onde a Luz se propaga, está se deslocando a uma determinada velocidade, e esta velocidade deve ser somada a aparente velocidade da Luz que conhecemos.

Se o Universo está se deslocando numa determinada trajetória, e o nosso Meio Cósmico contido neste Universo faz o mesmo... Transcendendo a tudo que conhecemos — Se fosse possível um observador se colocar fora do Universo como se fosse Deus. Veria a nossa aparente propagação da luz em linha reta se deslocando numa complexa trajetória helicoidal-espiralada, com velocidade completamente diferente à velocidade da Luz que conhecemos.

Se desconhecemos quais as possíveis velocidades e trajetórias da Luz no Espaço Infinito... Como podemos ter a certeza dos seus limites?

Entretanto intuitivamente tenho uma intrigante certeza (nos meus comentários da Matéria), que dependendo das características dos meios onde a Luz se desloca, sua velocidade pode ultrapassar os limites conhecidos ou até chegar a zero... Zero dentro dos parâmetros e limitações das percepções humanas nesta dimensão.

Emanuel Nunes Silva
30 de julho de 2010

 The Smallest to the Biggest thing in the Universe! (HD) how Big is the Universe
https://www.youtube.com/watch?v=EMLPJqeW78Q 
 MATÉRIA RELACIONADA:

O tempo como a velocidade da luz, agem diferencialmente e proporcionalmente nas específicas densidades e velocidades cósmicas… O meio cósmico encerrado no espaço multidimensional apresenta velocidades e densidades diferenciadas.

Emanuel Nunes Silva
2007
Ao contrário do BURACO NEGRO, um feixe de luz, apontado em direção ao BURACO BRANCO, desaceleraria até parar em seu HORIZONTE de EVENTOS (Luz parada… Congelada!).

Emanuel Nunes Silva
2007
Procuro aprender o máximo com as burrices alheias.
Minhas burrices somadas com muitas outras burrices...
São menos burrices que cometo.

Emanuel Nunes Silva
Aprendo mais com vossas ignorâncias do que com os Sábios. 
Aprendemos mais com as ingênuas ignorâncias... Que com os Sábios.
Aprendemos muito mais com nossas ignorâncias do que com os Sábios.

Emanuel Nunes silva
Os arrogantes deveriam se conscientizar das suas mazelas espirituais, respeitarem as ingenuidades dos humildes, e reconhecerem as limitações da nossa condição humana, emaranhada nas teias dos nossos restritos sentidos.

Emanuel Nunes Silva
- IV -
O Livro da Vida

Quando voluntária ou involuntariamente começamos a folhear as primeiras páginas das antigas fontes de sabedoria, abre-se um canal com esta energia do conhecimento, e quase sempre é um caminho sem volta... Esta percepção nos premia com EVOLUÇÃO e INTELIGÊNCIA, como fruto de uma prazerosa interação e dedicação. Conseqüentemente nossos destinos passam a não mais nos pertencer. Como reconhecimento, revertemos desinteressadamente, livremente em gratidão e amor.

A ÍNDOLE da ORDEM CÓSMICA é o processo da CRIAÇÃO do que ainda desconhecemos, o porvir na escala do tempo nessa dimensão. Por ela ser vital a tudo, misteriosamente não se nega a quem a ela apela. Quanto maior for a sintonia com esta ORDEM... Mais seremos cobrados e eternamente responsabilizados por nossos atos... Essa é a LEI... No leque de opções da vida.

Imersos neste nosso ambiente dimensional não passamos de seres confinados em relação à grandeza do IMENSURÁVEL BANCO de DADOS CÓSMICO. Não reconhecermos este fato, seria nos aprofundarmos perigosamente cada vez mais nos meandros lodosos das nossas medíocres pretensões emaranhadas nas teias dos “MUNDOS das ILUSÕES”.

Todos sem distinção em nossas “DEMÊNCIAS” priorizando esta matéria, corremos o risco de sermos enganados por nossos intelectos, conduzindo-nos a trilharmos caminhos sem retorno... E sermos engolidos pelos abismos das trevas que nos cega e obstruem a razão... Resultando a permanecermos eternamente restritos num angustiante circulo vicioso de amarguras. Cabe então a cada um de nós praticarmos nossas REFLEXÕES e termos DISCERNIMENTO... Temos o LIVRE ARBÍTRIO.
Não criamos sabedoria... SABEDORIA é ENERGIA, somos apenas receptores e transmissores. Os verdadeiros gênios possuem esta consciência... Cada um de nós tem o acesso à parcela que merece (Fazer por merecê-la espontaneamente sem nunca esperar nada em troca). Portanto o verdadeiro conhecimento não é propriedade individual. Imensa é nossa ignorância que turva nossa alma nos incapacitando à assimilação... É triste mas é fato.
Na nossa condição humana encerrada nesta freqüência vibratória, só nos é permitido que abramos apenas os livros mais básicos, pois de nada adiantaria o acesso aos mais adiantados... Os princípios são simples, básicos e óbvios, inteligíveis a qualquer criancinha. Não assimilados por algum motivo até hoje pela maioria. Essências primitivas latentes que toda criancinha traz consigo quando nasce, e que durante seu crescimento, às vezes nas transcendências desta dimensão se REVELAM e se ELEVAM. Nossos discernimentos são nossas CERTEZAS EMPÍRICAS que nos conduzem as novas dúvidas, aguçando nossas PERCEPÇÕES, IMAGINAÇÃO... REFLEXÕES que nos ELEVAM... Nos insere.
A complexidade cultural inclui o conhecimento, as crenças, as altas formas de manifestações no campo das artes, literatura, ciências e/ou técnicas da humanidade... A moral, a lei, e todos os outros hábitos e aptidões adquiridos pelo homem como membro das sociedades. A cultura de um povo está intrinsecamente ligada com seus costumes, sua vida, seu jeito de ser e sua razão de existir.
Este regime político republicano fracassado arrasta o Brasil perigosamente para os abismos das trevas... Depois de mais de um século de fracassos estão nos transformando em uma nação rica, porém injusta, culturalmente sem memória e burra.

Emanuel Nunes Silva 
A criatividade é uma Dádiva Divina. Complementada com a beleza é Unidade Mágica. Essa Emoção é Obra de Arte.
- V -
ALÉM DO AMOR 
Menina Linda
Não há verso que te expresse... Nem poesia que te caiba.
Como eu gostaria de arrumar as letrinhas,
Antes da brisa da aurora soprá-las da minha memória,
Só para te dizer sempre coisas que nunca ouviu;
E que sonhamos tanto em ouvi-las...
Só para ver teus lindos olhinhos brilharem.™

Emanuel Nunes Silva
Quem é você menina Linda?
"Que impressiona com o olhar.
Que mesmo dirigidos a ninguém faz todos suspirarem...
Quem é você que encanta sem saber.
Iluminando a imensidão..." Conquistando corações.
Quem é você que me dá um motivo para viver, sonhar...
Um motivo para que eu exista?
Menina Toda Linda
Lendo as páginas do livro da tua vida...
Tento em vão me expressar por palavras...
Nas páginas em branco então desenho meu retrato.
Para que me veja ― E nunca se esqueça de mim ♥™

Emanuel Nunes Silva
Mágico Poder da Criação. 
Materialização do mais belo dos sonhos.
Obra prima das minhas fantasias...
Que assino com ternura em teu ♥™

Emanuel Nunes Silva
Nem parece que teus sobrenaturais olhos são coisas da Terra menina Linda... 
Até parecem coisas dos Céus ♥™ 

Emanuel Nunes Silva

Sobrenatural Obra de Arte Divina Toda Linda... 
Despertas as mais incríveis inspirações & fantasias... 
Até no mais acatado dos Anjos ♥™

Emanuel Nunes Silva

A criatividade é uma dádiva de poucos.
Quando complementada com a beleza...
É manifestação Divina.
Os que se emocionam com esta unidade mágica ―
A chamam de Obra de Arte ♥™

Emanuel Nunes Silva 
O conceito de Obra de Arte é subjetivo...
Muitas vezes não é palpável ― Tampouco visível.
Entretanto de alguma forma... Tem que emocionar.™

Emanuel Nunes Silva 

A criatividade é uma dádiva.
Quando complementada com a beleza...
É manifestação Divina.
Os que se emocionam com esta unidade mágica, 
a chamam de Obra de Arte. 

Emanuel Nunes Silva
 
Quem é você?
(Desconheço a Autoria)

Quem é você que chega assim
Em perfume puro e gostoso
De uma flor de Jasmim...

Quem é você que impressiona com o olhar
Que mesmo dirigido a ninguém
Me faz por ti suspirar...

Quem é você que mantém a sensação
Que mesmo em tua ausência
Quase me mata de emoção...

Quem é você que possui lábios de mel
Que com apenas um beijo
Me leva ao céu...

Quem é você que sorri como menina
Que com apenas um gesto
Modifica minha vida...

Quem é você que encanta sem saber
Que com charme gostoso
Faz em teu encanto me perder...

Quem é você que canta uma canção
Que nos acordes simples
Conquista o meu coração...

Quem é você que é bela e sincera
Que fazem dos nobres traços
Obra-prima de aquarela...

Quem é você que ilumina a imensidão
Que torna sombra em luz
E me incendeia em forma de paixão...

Quem é você que cheira como flor
Que inebria sentimentos
Fazendo-me alvo de teu amor...

Quem é você que alegra a paisagem
Que torna tudo belo e bonito
Mesmo quando passo só de passagem..

Quem é você que deslumbra o firmamento
Que brilha mais que tudo
E me mata de contentamento

Enfim, quem é você que me faz por ti esperar
Serás que és DEUSA? 

Não sei... Só sei que nunca deixarei de te amar... 
Surpreendente menina Linda
Sei tanto sobre mim, quanto sabes de ti...
Praticamente nada.
Aqui não passo de um intruso nesta conversa.

Sou o que as pessoas acham o que sou.
Se tu preferir guardar em teu coraçãozinho,
O que melhor encontrar em mim.
Talvez serei o que gostarias que eu fosse.

Entretanto, na minha insignificância,
Tenho a convicção que nada sou.
Mas me esforçarei em ser...
O que esperas que eu seja.™

Emanuel Nunes Silva
Amor

A palavra Amor anda desgastada.
Tem gente por aí que acha que fazer sexo é fazer Amor,
como se alguém tivesse este poder.
O sexo pode até ser feito com muito carinho e Amor...
Mas não é fazer Amor.

Por Amor a Você

Amor não significa simplesmente estar apaixonado por alguém.
Seu significado é mais abrangente do que muitos imaginam.
Amar a nós mesmos é o Primeiro Passo,
que nos capacita a amarmos o próximo.

O Amor é um sentimento sublime que soma dentre outras coisas...
Compaixão, solidariedade, fraternidade, unidade, felicidade, respeito...
Transcende a mediocridade do racional.
Podemos amar a tudo que existe e não ficarmos, simplesmente restritos,
ao Amor referente a um romance, ou ao materno.

A maioria até vulgariza o Amor.
Referindo-se à prática de uma banal relação sexual;
Como se estivessem “Fazendo Amor”.
O Amor é ilimitado... Não é paixão, desejo...
Tão pouco se sentir proprietário de alguém.

Quando realmente se ama... Desejamos com todas nossas forças,
Que a pessoa seja feliz... Não se importando com quem.
Aprenda que não podes exigir o Amor de ninguém.
O Amor tem o poder de nos transformar no melhor que podemos ser.

Emanuel Nunes Silva 
DAR NÃO É FAZER AMOR 

Dar é dar... 
Com amor é lindo... É sublime, encantador... 
É esplêndido.
Mas dar é bom pra cacete.
Dar é aquela coisa...

Que alguém te puxa os cabelos da nuca,
te chama daqueles nomes que ninguém se atreveria...
Não te vira com delicadeza...
Não sente vergonha de ser sem vergonha.

Dar é bom.
Melhor do que dar, só dar por dar.
Dar sem querer casar... Sem querer apresentar pra mãe.
Dar porque o cara te esquenta te arrepia...
Te amolece... Te deixa molhadinha.

Dar relaxa...
Dar porque se você não der para ele hoje,
vai dar amanhã, ou depois de amanhã.
Dar sem esperar ouvir promessas, 
Dar é inevitável, dê mesmo, dê sempre, dê muito.

Mas dê mais ainda... 
Muito mais do que qualquer coisa...
Uma chance ao Amor, esse sim é o maior tesão.
Esse sim relaxa, e te leva a qualquer coisa...
Experimente então ser Amada... Não custa nada.

Adaptação de Emanuel Nunes Silva do original de Luís Fernando Veríssimo.
Menina Linda
Tua beleza transcende as leis da Física Quântica.
Impossível elogiá-la...
Seria um paradoxo que tornaria o Universo inconsistente.
Não posso criar duas realidades idênticas nesta nossa Dimensão...
Não posso te dizer que és duas vezes Bela.
Pois és Única.™

Emanuel Nunes Silva
Desse Universo Menina Linda.
Sou apenas o pobre Vaga-Lume,
Que vaga sem rumo na brandura das Noites,
Pelas sombras das perfumadas Flores dos Jardins, 
Fascinado pela LUZ das ESTRELAS.
Que descobriu no Olhar de uma Bela Menina,
O Lindo Brilho da Esperança...
Que me Fascina, Inspira e Encanta™

Emanuel Nunes Silva
♥ 
♥ 
Porquê sou assim!...

Às vezes me pergunto porquê sou assim!... 
Acreditando sempre que são simplesmente encantadas. 
Sentido àquele frescor que não consigo explicar. 
Insistindo em achar que vivo em um paraíso. 
Ou lugares onde me vejo olhando-as de uma forma distinta. 
Imaginando que abriguem esses universos...

Difícil identificar uma pessoa mágica dentre tantas comuns. 
Principalmente quando não as fito em seus olhos. 
Jamais esquecerei as que me cativam com suas doçuras... 
Mesmo que não tenham consciência destes fatos, 
e estejamos separados pelas distâncias... Me emocionam. 
Criaturas com direito a erros, acertos... Encantos...

Sei que nem sempre representam tanto para muitos... 
Mas para mim... Já fez e fazem toda a diferença. 
Pessoas que possuem o dom de nos conquistar sem saber. 
Se tornando donas dos nossos mais incríveis pensamentos... 
Não imagino encontrar aqui pessoas perfeitas. 
Como as melodias que só tocam em nossos corações...

Às vezes me pergunto quem sou, o que fiz, faço... O porquê de fazer. 
Talvez busque um equilíbrio que não vem... 
Nem sei se o encontrarei nesta existência. 
Considero-me apenas uma caricatura do que eu deveria ser. 
Minha dúvida é infinita... Simplesmente porque procuro. 
Assim sou uma criatura na eterna busca de mim mesmo. 

Emanuel Nunes Silva
2007
Não tento ser igual ou melhor que ninguém... Apenas ser melhor do que eu mesmo. 
Me emociono com qualquer pequena frase pronunciada com sinceridade. 
Me espanto! Comovo, entristeço, alegro... Involuntária e irreversivelmente. 
Espero dentro das minhas limitações... Ser o que gostarias que eu fosse. 
Ou ainda serei aqui ao teu lado, e consiga te retribuir com toda minha ternura. 
Ao menos um pouquinho do carinho que merece. 
Grande parte do que sou, ou aparento ser... 
Devo com certeza a Iluminadas criaturas como tu. 

Emanuel Nunes Silva
2007


- VI -
111

A "Coincidência matemática" de que a soma dos dois últimos dígitos do ano em que nasceu mais quantos anos terás em 2011 dará sempre 111, não vale só para este ano, pois o ano que vem o Nº será 112 para todos também, e subirá ano a ano até atingir 999 em 2999, e 000 em 3000... Zera a cada milênio, não importando em que planeta a pessoa tenha nascido. Portanto a nova contagem só se iniciará em 3001 com o Nº 001. Retroativamente se fizeres esta conta para 2010 dará 110, em 2009 > 109, em 2008 > 108... 2001 > 001, 2000 > 000, 1999 > 999, 1500 > 500, 1000 > 000... Assim sucessivamente.
Não sei se é mágico o Nº 111.
O que ocorreu nos anos de 111 A.C.1011 A.C.,  2011 A.C.3011 A.C... 111 D.C., 1011 D.C.?

Emanuel Nunes Silva
- VII -
Quem sou! 

Se apenas conjecturamos sobre quem somos... Como te afirmar quem sou? Não passamos de meros instrumentos. Cada um com as suas importâncias e responsabilidades. Temos apenas um relativo controle sobre nós mesmos. Apenas o necessário para que tenhamos a ilusão das nossas individualidades. Nestas singularidades a vida não passa de uma missão.
Não passamos de meros receptores, quando a nós, na nossa insignificante condição dimensional humana, enclausurada por nossos sentidos, é permitido por alguma razão o privilégio de intuirmos, entrando em sintonia com uma ínfima parte, proporcionalmente aos limites das nossas condições mentais e Espirituais, com o imenso Conhecimento Universal. Simplesmente divagamos sobre aquilo que nossos parcos recursos intelectuais nos permitem mostrar, avançando um pouco além sobre o que nos parece racional.
Ingenuamente lamentavelmente nos iludimos por tão pouco... Pois criamos um abismo entre nós e aos adequados meandros, que insinuam certa coerência com as inconfundíveis evidências. É mais confortável simplesmente nos limitarmos ao que conhecemos, com suas acanhadas possibilidades. Triste, muito triste por nos colocarmos tão longe das nossas próprias pretensões, ao não permitirmos que o Raio de Luz Cósmico desça a nós seres diminutos, ilumine nossas consciências, tocando as profundezas de nossas Almas, para que tenhamos acesso àquilo que nos é permitido, compreensível, merecido ou possível assimilar... Apenas a ínfima parte do Todo que na realidade ainda não conhecemos. Para que não fiquemos eternamente enclausurados pelos desígnios das nossas primitivas convicções.
Os arrogantes deveriam se conscientizar das suas mazelas espirituais, respeitarem as ingenuidades dos humildes, e reconhecerem as limitações da nossa condição humana, emaranhada nas teias dos nossos restritos sentidos.

Minha Fé são meus Discernimentos
 Emanuel Nunes Silva 

EMANUEL NUNES SILVA – FACE BOOK:
Brasil Monárquico 
- IX -
Algumas Matérias deste Blog

01 • A MUDANÇA