DEFUNTA REPÚBLICA DE MENTIRA

"(...) É, todavia, difícil compreender por que, até o fim do reinado de Pedro II, o Brasil era um país mais promissor que os EUA, mais importante que a China, a Índia, o Japão, a Coréia e quase todos os países europeus - de onde vieram muitos imigrantes - e hoje ocorre o oposto: (...)" - (Dr. José Carlos de Almeida Azevedo)

Defender a manutenção da imundície da Ilegítima Ditadura Republicana Genocida Brasileira, que seguiu matando pelo futuro milhões com suas inconsequências, negligências, omissões... É de uma falta de conhecimento extrema, de uma burrice crônica absoluta, ou de uma voracidade predatória sem precedentes... Apenas caindo Dilma com o seu "Perda Total", mesmo que seja junto com suas coligações (Partidos dos Partidos...) das Organizações Criminosas das Facções Narco-Psicopatas-Partidárias-Copartícipes dos Regimes Síndico-Comuna-Socialistas-Golpistas, da Máquina de Prostituição Parlamentar do Poder Central Republicano, Alinhada a Política Transnacional Continental Latina Americana do Foro de São Paulo... Quase nada mudará nessa decadente República de mentira nunca proclamada de fato - a sujeira mais uma vez apenas mudará de mãos.

O Brasil é escravizado por uma caricatura republicana presidencialista moralmente ilegítima abortada defunta como regime totalitário, cujas suas predadoras consequências se estenderam pelo futuro numa sucessão de ditaduras civis e militares... Nódoa negra do hoje paradoxalmente dito Exército do monarquista Caxias do Exército Imperial Brasileiro. Aliciados por meia dúzia de traidores da pátria discípulos da Seita Positivista, alguns militares do Exército Imperial foram utilizados como ferramenta executora do trabalho sujo que mergulhou o país nas trevas, com a desastrosa inauguração da primeira ditadura militar da História do Brasil em 15 de novembro de 1889, acabando com a democracia da Monarquia Constitucional Parlamentar Representativa do promissor respeitável Império do Brasil, que ombreava com as outras três nações mais poderosas, cuja sua Armada Imperial somada a Marinha Mercante, foi a 2ª Potência Naval da terra. Num determinado momento da nossa história, já fomos mais poderosos do que os Estados Unidos da América do Norte.

No desastre do Flagelo Republicano, entre mandos e desmandos nesses 126 anos de estagnação, se somam: "12 Estados de Sítios, 17 Atos Institucionais, 6 Dissoluções do Congresso, 19 Revoluções ou Intervenções Militares, 2 Renuncias Presidenciais, 3 Presidentes Impedidos, 4 Presidentes Depostos, 6 Constituições Diferentes, 4 Ditaduras e 9 Governos Autoritários"... Mais os últimos 30 anos de retrocessos perdidos num oceano de esgoto sem precedentes na História do Brasil, com a 6ª tentativa ressuscitadora do pesadelo da tragédia dessa fracassada Nova República Salvadora da Pátria perdida em si mesma, que além de produzir desde 1985 mais de 3.000.000* de assassinatos (*Incluindo as mortes provocadas pelos desserviços e/ou omissões dos sucessivos desgovernos), nos conduziu mais uma vez a um terrível vazio. E, tudo indica que a burrice ou obscuras ambições dos dementes políticos predadores devoradores da pátria, indiferentes ao que já funcionou a contento na história dessa nação fundada em 1822 como Império, continuarão como insaciáveis varejeiras investindo no engodo de novas inúteis defuntas repúblicas, que têm sido sinônimos de Desgraça Nacional. (Emanuel Nunes Silva)

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

• ÁLBUM (2015, 2016, 2017...) INTERVENÇÃO PARLAMENTARISTA MONÁRQUICA IMPERIAL BRASILEIRA

 Emanuel Nunes Silva − Blog I

ÁLBUM (2015, 2016, 2017...)
INTERVENÇÃO PARLAMENTARISTA MONÁRQUICA IMPERIAL BRASILEIRA 
[Em Construção]
As Fotos publicadas no Capítulo – V  desta Matéria, ainda serão selecionadas – brevemente muitas delas desaparecerão daqui. Entretanto ainda serão encontradas aqui: 
10  50 motivos para evitar que Marianne te alicie http://emanuelnunessilva.blogspot.com.br/2014/05/o-simbolismo-de-marianne-alegoria.html 
 Permanentemente estas Matérias estão se subdividindo com novos conteúdos... São simples arquivos utilizados para guardar algumas das minhas palavras, imagens, ou algo do meu interesse. A maioria das publicações são inter-relacionadas, tendo como função primordial, a criação de textos, símbolos ou manifestos elucidativos, com o propósito de contribuir para a conscientização da população brasileira, no que concerne às origens do Estado Brasileiro, suas Raízes, Tradições e Identidade Histórica Nacional; familiarizando-a com o genuíno processo de Restauração da Monarquia Constitucional Parlamentar Representativa Imperial Brasileira. A intenção é resgatar o destino de Grandeza do Brasil interrompido pelo crime de traição, quando arbitrariamente o Brasil foi usurpado dos brasileiros, com o Golpe Militar Republicano da Seita Positivista de 15 de novembro de 1889, quando foi inaugurado o primeiro Estado Totalitário da História do Brasil Independente, cujas suas predadoras consequências se estenderam pelo futuro, numa sucessão de Regimes Ditatoriais civis e militares, que arruinaram com o Brasil. 
– APRESENTAÇÃO 

I ➤ República no Brasil é uma Aberração do Positivismo, imposta arbitrariamente por meia dúzia de traidores da pátria devotos da Seita Positivista (Religião da Humanidade), todos sem exceção, maçons. Religião parida pelo Francês ateu Auguste Comte junto com sua musa inspiradora Clotilde de Vaux (considerada a mãe espiritual da Igreja Positivista do Brasil e da Religião da Humanidade), que devorou a Identidade, Independência, Liberdade e Soberania do Estado Brasileiro, alcançadas após o Grito do Ipiranga de 7 de setembro de 1822. Chega de novas aventuras salvadoras da pátria nesse cadáver republicano abortado como o primeiro Estado Totalitário. Chega de novas experiências nessa República que sempre foi sinônimo de Desgraça Nacional. 
II ➤ Este é o Legítimo Hino Nacional Brasileira (apesar da música do atual ser de um dos hinos do Império), que simboliza o Estado Brasileiro Livre, Independente e Soberano, fundado a partir do 7 de setembro de 1822, que num curto espaço de 60 anos já havia transformado um país atrasado numa nação respeitada ombreando com as três nações mais poderosas da época; cenário em que a Armada Nacional somada com a Marinha Mercante foi a 2ª Potência Naval do planeta. A Bandeira da República Brasileira é apenas uma caricatura da bandeira Imperial Brasileira, representando a interrupção do nosso destino de grandeza, pela traição sem honra ou grandeza, de meia dúzia de devotos da Seita Positivista em 15 de novembro de 1889, quando foi instaurado o primeiro Estado Totalitário Genocida da História do Brasil – Ditadura Militar, cujas suas predadoras consequências se estenderam pelo futuro, direcionando a nação brasileira a uma sucessão de ditaduras civis e militares que arruinou com o Brasil. 
III ➤ NACIONALISMO NO BRASIL mantendo-se esta sinistra simbologia macabra republicana, alienígena às nossas Raízes Históricas e a Legítima Identidade Nacional, imposta por meia dúzia de traidores da pátria discípulos da Seita Positivista da Atéia Religião da Humanidade, inventada pelo francês Isidore Auguste Marie François Xavier Comte, junto da sua musa inspiradora Clotilde de Vaux (considerada a mãe espiritual da Igreja Positivista do Brasil e da Religião da Humanidade), que nada tem de Deus, Cruz, Cristianismo... Obviamente será uma grande farsa nessa Terra de Santa Cruz. Os cristãos brasileiros nas suas "verdades", assim como grande parcela da população – embora ainda não tenham consciência deste fato... Foram condicionados a gostarem e até amarem a principal causa da Desgraça Nacional: a Bandeira Positivista que simboliza a República Brasileira, imposta arbitrariamente por meia dúzia de discípulos da Seita Positivista que nada tem de Cruz ou Cristianismo. 
IV ➤ Não se iluda... Não existe outra saída para o Brasil. Defender a Forma de Governo Republicana Presidencialista Brasileira da Seita Positivista, alienígena às nossas raízes históricas e a legítima identidade nacional (nunca existiu identidade nacional republicana brasileira), esta República de mentira abortada defunta em 15 de novembro de 1889 com a tragédia da inauguração da primeira Ditadura Militar da História do Brasil — Usurpando o Brasil dos brasileiros nesses 127 anos de retrocessos e fracassos, conduzindo pela 6ª vez consecutiva a nação a este grande nada absoluto: obviamente não é defender o Brasil. No desastre republicano brasileiro, a defesa da pátria é dever Supra-Ideológico, Supra-Partidário e Supra-Constitucional. Essa República é um Golpe na sua origem, a causa da maioria das mazelas do Brasil – fracassou seis vezes consecutivas. Cabe às Forças Armadas a Defesa da Pátria, não a defesa: do Governo, de Ideologias Partidárias, da Forma de Governo Republicana em si – e sim a defesa do que é melhor para o Brasil. 
V ➤ A República do Brasil não passa de um Golpe – uma estranha lucubração de alguns traidores brasileiros devotos da Seita Positivista, cegos para as virtudes da Legítima Forma Parlamentarista Monárquica Brasileira, que admiravam a Revolução Francesa, e pretendiam copiar o modelo presidencialista estadunidense que invejavam. Ironicamente ao contrário do que ocorreu nos E.U.A (único país do mundo que adotou a República de maneira menos traumática e mais correta), no Brasil foi uma ruptura com a Democracia da Monarquia Parlamentar Constitucional Imperial, considerada uma das mais respeitadas e democráticas do seu tempo, de um Brasil há muito consolidado, independente e soberano — Além do Golpe Republicano político/Militar de 15 de novembro de 1889, reduzir a nação que representava a 3ª potência econômica/militar global, que ombreava com as outras três mais poderosas, numa ridícula posição de terceira categoria. Esse primeiro estado ditatorial da História do Brasil, sepultou toda a evolução da Democracia do Império. Depois de 127 anos de retrocessos republicanos, descaradamente têm aparecido Políticos justificando o mau-caratismo dos seus exemplos (desde os da Presidência da República), falando que a nossa Democracia é jovem, e ainda se encontra num processo de Consolidação – justificando o injustificável dos seus desserviços que vandaliza a nação.  
 
URL
– INTRODUÇÃO 
Mobilização Nacional para recuperar o Parlamentarismo Monárquico, usurpado da Nação Brasileira... 

Outrora o Império foi uma grande nação respeitada que ombreava com as três mais poderosas do mundo. A desgraça do Golpe Republicano conduziu o Brasil a uma vergonhosa condição de nação de terceira categoria. 

A DESCONSTRUÇÃO DA GRANDE FARSA DESSE MODELO DE REGIME PRESIDENCIALISTA, ALIENÍGENA AS NOSSAS RAÍZES HISTÓRICAS E A LEGÍTIMA IDENTIDADE NACIONAL, É URGENTE E NECESSÁRIA, PARA ILEGALIZAR A ARBITRARIEDADE DO GOLPE DA SEITA POSITIVISTA, CRIMINALIZANDO O ABORTO DA DEFUNTA REPÚBLICA TOTALITÁRIA BRASILEIRA, EM 15 DE NOVEMBRO DE 1889 – QUE NINGUÉM PEDIU, NUNCA NOS SERVIU, E CONDUZIU PELA SEXTA VEZ O BRASIL A UM GRANDE NADA.

01 • Durante 2013 a 2016, os Impeachmistas Partidaristas Republicanos, direcionaram o rebanho abduzido lobotomizado a lugar nenhum. Dona Dilma não foi impeachmada de fato – apenas foi afastada ― Nesse Circo de Horrores Republicano, o seu Vice Temer assumiu, para descaradamente dar continuidade aos mesmos projetos da sua Presidenta, além de permitir a blindagem jurídica do Crime Político Partidário, que se soma a tal descarada imunidade parlamentar. O Desgoverno lambuzado nas suas imundícies, agora tem pressa de reescrever uma nova constituição, para definitivamente Constitucionalizar o Crime já Institucionalizado. 
02 • Os desserviços promovidos pela inútil promiscua classe política republicana brasileira extrapolando os limites da razão, avalizada pelos Três Poderes, constrói com requinte muralhas física e psicológicas, distanciando o poder constituído da população ― sem limites, numa voracidade sem precedentes desde 1500, insanamente aprovam na calada da noite leis bizarras, que justifica o injustificável e legaliza o ilegalizável, para que os parlamentares, corruptos & corruptores, possam delinquir a vontade com mais liberdade e segurança, lesando com mais eficiência o país e seu povo. 
03 • Nesse universo de inconstitucionalidades caracterizado como Regime Totalitarista Fora da lei, travestido de democrático, sem escrúpulo ou piedade, o Crime Político Partidário já produz todos os anos, direta e indiretamente sem Guerra, mais de 200.000 cadáveres de brasileiros, além de deixar outras 300.000 pessoas sequeladas. 
REPÚBLICA NO BRASIL É UMA MENTIRA, E SEMPRE FOI SINÔNIMO DE DESGRAÇA NACIONAL. 
04 • O único GOLPE de fato que ocorreu por aqui, foi o Militar em 15 de novembro de 1889, quando o Brasil foi usurpado dos brasileiros, pelo primeiro REGIME TOTALITÁRIO REPUBLICANO da nossa história, cujas suas predadoras consequências se desdobraram pelo futuro em sucessivas INSURREIÇÕES, dentro do ambiente ilegítimo dessa República Golpista de mentira abortada defunta. 
05 • Definitivamente essa República de Mentira da Seita Positivista nunca proclamada de fato, guardada pela deusa francesa de virtudes abstratas Marianne, impressa e cunhada em nosso dinheiro, depois dessa já 6ª tentativa (Nova República ou Sexta República, como preferir)... Acabou com o Brasil. Porquê os militares então não Desproclamam logo esta imundice que abortaram defunta à revelia em 15 de novembro de 1889, que nesses 127 anos anos de fracassos a Múmia virou sinônimo de Desgraça Nacional... Que nunca funcionou, e sempre foi uma grande farsa. 
06 • Quanto mais as instituições que têm o dever constitucional (artigos 1º, 2º, 142º e 144º) de defender o país dos inimigos internos e externos retardarem o que tem que ser feito, mais sangrento será o confronto. Desta vez as dimensões da tragédia que se desenha é responsabilidade única das FFAA, diferentemente de 1964 que foi preciso milhões irem às ruas. Naquela época o clamor popular se justificava pelo fato da Intervenção Militar não estar prevista na Carta Magna; entretanto hoje está, e não há a necessidade do povo exigir que a lei seja cumprida para que as FFAA façam o seu trabalho, intervindo nesse Estado de Coisas Desconjunturadas Desconjuradas já institucionalizadas, e sendo apressadamente constitucionalizadas... Nesse momento oportuno esta ação independe da Clamação Popular, por ser uma das obrigações das FFAA. Portanto ou cumprem com seus deveres constitucionais preservando inclusive a própria Constituição honrando seus juramentos, ou traem a nação. Não confunda hoje Intervenção Federal Constitucional Militar com Golpe ou Ditadura. 
07 • O que fazer na falência dos Três Poderes...? — O que fazer quando a Prostituição Parlamentar da Defunta República Brasileira impede o cumprimento da sua Constituição. Quando o Poder Constituído passa o tempo todo explicando o inexplicável, legalizando o ilegalizável... Legitimando o ilegitimável, numa estranha descarada complacente cumplicidade justificando suas predatórias inconstitucionalidades? — A laboriosa lobotomia ideológica desde tenra idade a partir dos bancos das escolas, executada com primor por aliciadores das Organizações Criminosas que se apoderaram do Brasil, já há muito fez com que o povo perdesse sua capacidade de discernir quanto ao único antídoto eficaz contra a avassaladora vandalização generalizada do país
– I 
Mobilização Nacional para a Restauração da Monarquia Parlamentar Constitucional Representativa Imperial Brasileira 

URL
Bandeira desenhada pelos devotos da Seita Positivista para o Regime Totalitário Militar Republicano Brasileiro – Instaurado pelo Golpe de Traição de 15 de novembro de 1889.

Não confunda a Bandeira da Forma de Governo Vigente com o Brasil. A Bandeira da Seita Positivista é apenas um dos símbolos do atual Regime Político, que na ilegalidade se "reorganizou" para a desgraça do país como República, a partir da tragédia do Golpe de Traição de 15 de novembro de 1889, de maneira a impor arbitrariamente o seu poder sobre a sociedade — Seja pela violência nos 10 primeiros anos da sua consolidação, ou paralelamente pela primorosa laboriosa sistemática desconstrução dos valores do Império, priorizando o condicionamento das crianças nos bancos das escolas, a aceitarem sem contestação uma história bonita republicana de mentiras, repleta de heróis de barro com seus símbolos indiferentes às origens, raízes, tradições e a legítima identidade nacional. Ame o Brasil e seu Exército de Caxias sem venerar esse "Regime" da Seita Positivista que tem sido a Desgraça Nacional. Não se preocupe, as cores Nacionais Verde e Amarela, serão as mesmas usadas desde a Fundação do Estado Brasileiro Livre, Independente e Soberano, em consequência do 7 de setembro de 1822. 


URL

Bandeira Imperial Brasileira atualizada – Proporção (10 X 16) A Legítima Bandeira do Estado Livre, Independente e Soberano Brasileiro, fundado em consequência do Grito do Ipiranga de 7 de Setembro de 1822. 


Parlamentarismo Republicano no Brasil, 
é o mesmo que trocar o Mar de Lama por um Oceano de imundícies. Parlamentarismo no Brasil só funciona se for Monárquico.
Esse é o único que tem um Chefe de Estado apartidário com o poder de demitir o Governo, além de possuir a prerrogativa de dissolver o Parlamento, caso este não logre formar tempestivamente um novo governo, convocando novas eleições.
I • Parlamentarismo Republicano e Parlamentarismo Monárquico são Formas de Governo distintas. No caso de se instaurar no Brasil o Parlamentarismo Republicano com essa cultura da Politicagem x Partidarismo da degradada classe política, essa diferença se torna mais evidente. “Parlamentarismo autêntico só com Monarquia, pois o Monarca é suprapartidário e tem posição equânime em relação aos partidos”... “O Monarca é o símbolo vivo da nação, personifica sua tradição histórica e lhe dá unidade e continuidade”... “O Monarca não tem que pensar nas próximas eleições, e sim nas futuras gerações”... “O Imperador pensa nas próximas gerações... O Presidente pensa nas próximas eleições”. Não há interesse da parte do Monarca em se corromper, colocando em risco sua continuidade... Desonrando sua dinastia. Até agora a Forma de Governo que melhor funcionou no Brasil foi o Monárquico Parlamentar.
II • Parlamentarismo Republicano no Brasil, é o mesmo que trocar o Mar de Lama por um Oceano de Imundícies... No Brasil o único Parlamentarismo que funcionou foi o Monárquico; como foi constitucionalmente no Império do Brasil de 1824 a 1889, esse é o único que tem poder de além de demitir o Governo, possuir a prerrogativa de dissolver o Parlamento, caso este não logre formar tempestivamente um novo governo, convocando então novas eleições. Por quê então lançar o país numa aventura republicana pela sétima vez - será continuar ingenuamente insistindo nos mesmos erros, esperando se obter finalmente desta vez resultados diferentes... Qual a credibilidade da República Brasileira para que a ela seja dada uma sétima oportunidade, se foi um desastre 6 vezes consecutivas, desde a sua imposição arbitrária em 1889?... O mais coerente é investir naquilo que comprovadamente deu certo, evitando lançar irresponsavelmente o Brasil em mais uma Experiência Republicana fadada ao fracasso. 
III • O "Monarca, pela continuidade dinástica, não faz parte de grupos, classes, nem possui ligações regionais, não deve seu poder a partidos, grupos econômicos, não tem promessas eleitorais a cumprir (nunca cumpridas de fato nos 127 da história republicana do Brasil), não está sujeito a tentação de valer-se de uma rápida passagem pelo seu governo para tirar benefícios e vantagens particulares à custa da nação". Sem a existência do Poder Moderador a Monarquia Parlamentar do Império não teria a menor chance. Esse poder é pessoal e privativo do Imperador, assessorado por um Conselho de Estado.
IV • É inaceitável restaurar a Monarquia no Brasil sem este Poder, pois nosso Imperador não passaria de um Fantoche. Defendo a Monarquia Parlamentarista para acabar com a descarada orgia com o erário, reduzindo drasticamente a corrupção, enxugar e moralizar a Máquina Política & Administrativa, livrar o Brasil dos interesses partidários característicos do Regime Republicano Presidencialista, sempre colocados acima das necessidades da nação. Libertar a população do mau-caratismo dos exemplos do Presidente, que em nome das vantagens, exclusividades, ambições... Essencialmente partidárias; alicia e degrada principalmente nossas crianças e jovens — destruindo a reserva moral da nação, além de colocar em risco a Soberania Nacional... Enfim! Defendo por ser um sistema mais eficiente, que já foi consagrado aqui, e o é no mundo. 
V • Numa estranha benevolência, cumplicimente, uma parcela da população tenta sabotar as manifestações que procuram demitir todos os políticos e partidos, que insistentemente, ditatorialmente, prioritariamente, não apenas na calada da noite, de costas e indiferente à população traem a nação — Só porque o seu Presidente de Estimação não melhor do que essa raça canalha maldita, prometeu tentar impedir a escória imunda de políticos vagabundos traidores da pátria, saqueadores do futuro dos brasileiros, que há muito já deveriam ter sido descartados – vão parar de vandalizar o país com suas ações predatórias... Acreditando que esses abutres, mesmo que explicitamente sem o menor escrúpulo, tenham nos últimos dias descaradamente conspirado contra a nação, avalizando seus maus-caratismos, finalmente vão se redimir e começarão a fazer suas mais básicas obrigações – esperando que a sociedade os perdoe, para que ninguém seja punido por delinquir contra o povo. As últimas declarações de Joice parecem induzir as pessoas a acalmarem os ânimos, intencionando reverter a revolta popular... Por acaso alguém já viu Joice ou Temer comentarem sobre o Foro de São Paulo?... Pois é. Ao menos eu não. 
VI • Essa República de mentira abortada defunta em 1889, a causadora da sua própria falência — Acabou; o governo marionete está paralisado. Ressuscitá-la com a bruxaria da criação de uma 7ª República "salvadora da pátria" é de uma burrice absoluta. É isso que a raça maldita dos inúteis políticos fantoches querem... Como Abutres devorar agora a carniça, que há muito já deveria ter sido enterrada. Parlamentarismo no Brasil se não for Monárquico, é o mesmo que trocar fezes por merda. 
VII • A prostituição parlamentar brasileira, legalizando o ilegalizável, Legitimando o ilegitimável, viabilizando a imposição arbitrária do Organismo Ideológico do Foro de São Paulo. Custe o que custar, doa a quem doer, nem que seja necessário importar com o dinheiro público imensa massa humana mercenária, com autorização para matar brasileiros em solo pátrio, rumando para a consolidação da Pátria Grande da União das Repúblicas Socialistas Sul-Americanas. 
VIII • A prioridade do Ingovernável Cadáver Republicano Brasileiro do Poder pelo Poder, jamais foi a população brasileira, tudo tem girado em torno da pressa para a implantação de obscuras ambições ideológicas. Diante disso, neste Estado Distorcido Depravado de Coisas, a possibilidade de se reverter o Desastre Nacional sem uma Intervenção Federal Constitucional Ampla e Irrestrita, contando apenas com as instituições dantes democráticas já há muito aparelhadas... É nula. 
Os Ingênuos agora se sentindo Idiotas. 
IX • Sinceramente não consigo entender o quê se passa pelas mentes iludidas dessa gente. Continuaram ou fingiram acreditar numa suposta saída vindo do próprio submundo dos esgotos das Organizações do Crime Político Partidário Republicano Brasileiro — Jogaram fora três anos rastejando, implorando reivindicando para quem há muito já deveria ter sido descartado... Agora culpam os militares por omissão. Porém não vi os Senhores Impeachmistas em momento algum mobilizando a população para exigir uma Intervenção Constitucional. Seus interesses sempre foram Partidários. Levianamente utilizaram a massa analfabeta funcional, tal qual a classe que fingem combater faz, em benefício próprio, ao contrário do que teria que ser feito de fato — O Tiro Saiu Pela Culatra. 
X • Crises e mais crises... Quando é que um governo nessa república Defunta, realmente vai começar a trabalhar em prol do desenvolvimento humano brasileiro – conseguintemente para o desenvolvimento do Brasil — Produzindo riqueza e auto-suficiência. Educação gera Conhecimento ➔ Desenvolvimento em Ciência e tecnologia ➔ Produtividade ➔ Riqueza ➔ Consumo ➔ Felicidade. Vamos parar com esta mania de exportarmos nossas Reservas Minerais... Já passou da hora de ser criada uma nova economia para o Brasil, mais justa e racional... Restaurar a única Forma de Governo que aqui funcionou a contento. 
– II 
A Inútil 6ª República Brasileira Abortada Defunta em 15 de novembro de 1889, sucumbida no oceano das suas imundícies, 
de A a Z
95% dos Políticos Republicanos Brasileiros se metamorfosearam em Inúteis Aberrações Humanas, que só subtraem...
VOCÊ TEM SIDO CÚMPLICE 
DA PODRIDÃO MORAL DA IMUNDÍCIE POLÍTICA PARTIDÁRIA DO ESGOTO REPUBLICANO BRASILEIRO, SISTEMATICAMENTE INVESTINDO NUMA IDEOLOGIA ULTRAPASSADA INCONSEQUENTE PREDATÓRIA, QUE ALÉM DE FRAGILIZAR A NAÇÃO COM O MAU-CARATISMO DOS SEUS EXEMPLOS... DESTRÓI SUA RESERVA HUMANA, COLOCANDO EM RISCO A SOBERANIA NACIONAL. 

REPÚBLICA NO BRASIL É UMA MENTIRA, QUE SEMPRE FOI SINÔNIMO DE DESGRAÇA NACIONAL.

O único GOLPE de fato que ocorreu por aqui, foi o Militar em 15 de novembro de 1889, quando o Brasil foi usurpado dos brasileiros, pelo primeiro REGIME TOTALITÁRIO REPUBLICANO da nossa história, cujas suas predadoras consequências se desdobraram pelo futuro em sucessivas INSURREIÇÕES, dentro do ambiente ilegítimo dessa República Golpista de mentira abortada defunta. 

Parlamentarismo Republicano no Brasil, é a continuidade da promiscuidade do crime no poder – é o mesmo que trocar o Mar de Lama por um Oceano de Imundícies...
Parlamentarismo no Brasil só funciona se for Monárquico. Esse é o único que tem um Chefe de Estado apartidário com o poder de demitir o Governo, além de possuir a prerrogativa de dissolver o Parlamento, caso este não logre formar tempestivamente um novo governo, convocando novas eleições.

 Discurso de S.A.I.R. Dom Bertrand e Dr. Ribas – 31/07/2016
https://www.youtube.com/watch?v=eoMduH_whrk
A➤ Por Ingenuidade, burrice induzida ou interesse, ironicamente as pessoas mal sabendo do que seja ser republicano nesse país, batizam estes LEVANTES ocorridos, filhotes do GOLPE, ou providencialmente um sempre oportuno novo GOLPE Republicano – de GOLPE. De GOLPE em GOLPE, a degradada classe política republicana brasileira, mais uma vez conspira para a inauguração da 7ª Nova República Salvadora da Pátria, primordialmente originada quanto inserida no outrora GOLPE de Traição de 1889, fingindo acreditar, que mesmo fazendo as mesmas coisas que comprovadamente nunca funcionaram no Brasil, finalmente como mágica, desta vez os resultados serão diferentes 
B➤ O brasileiro hoje letárgico e sem vontade própria, flutua inerte sobre um imenso Oceano de Imundícies desse Suposto Estado Democrático de Direito Republicano, onde nas suas sucessivas incompetências, negligências, inconseqüências, delinqüências... Forma medíocres Políticos agrupados em Quadrilhas (ou se preferir Partidos), que naturalmente transforma o Poder Constituído numa grande Organização Criminosa. Nas bizarrices das imundícies desse Circo de Horrores, nos espetáculos irracionais das suas orgias, onde tudo é permitido com o dinheiro público – de pantomima em pantomima, onde a prioridade é enganar & iludir por ventriloquismo — Nesta ininterrupta promiscuidade demagoga politiqueira partidarista, desgovernam sem medo nem piedade, de lambança em lambança, insanamente livremente sem escrúpulos. 
C➤ Solo fértil adubado pelos excrementos das incoerências dos flagelos da degradada Classe Política Republicana Brasileira, onde germina sem controle gerações de cidadãos sem ética, valores e referências, que acham normal imitá-la, pois suas mentes desde tenra idade foram sistematicamente trabalhadas pelo mau-caratismo dos exemplos do Próprio Poder Constituído – de onde deveriam partir os bons exemplos... Maldita Raça inútil de Zumbi Traidora da Pátria, da políticagem bizarra que alicia nossas crianças e jovens nos bancos das escolas, destruidora da reserva moral brasileira, que lamentavelmente amanhã estará fazendo bem pior, do que os abutres que se espelham no presente. Insaciáveis Irracionais Predadoras Varejeiras que constroem hoje em torno de si mesmas com requintes de crueldade, um dantesco inferno que amanhã tragará todas para os abismos das trevas. Abraços carinhosos a todos. 
• 
D➤ O que fazer na falência dos Três Poderes...? — O que fazer quando a Prostituição Parlamentar da Defunta República Brasileira impede o cumprimento da sua Constituição. Quando o Poder Constituído passa o tempo todo explicando o inexplicável, legalizando o ilegalizável... Legitimando o ilegitimável, numa estranha descarada complacente cumplicidade justificando suas predatórias inconstitucionalidades? — A laboriosa lobotomia ideológica desde tenra idade a partir dos bancos das escolas, executada com primor por aliciadores das Organizações Criminosas que se apoderaram do Brasil, já há muito fez com que o povo perdesse sua capacidade de discernir quanto ao único antídoto eficaz contra a avassaladora vandalização generalizada do país.  
E➤ Isso tem sido cíclico no então Estado Deprimente de Coisas Brasileiro com Pretensão de Direito. Ao Império apenas foi dada uma chance, e só foi derrubado arbitrariamente por meio de um GOLPE. Nas suas insanidades, os charlatões da Política Republicana Brasileira – dizem que repudiam qualquer GOLPE, no entanto ironicamente defendem o GOLPE de Fato que arbitrariamente violentou sem escrúpulos a única legítima Forma de Governo genuinamente brasileira, que perante o cenário mundial da época funcionava a contento. Esse GOLPE REPUBLICANO, principal causa da maioria das atuais mazelas do país, previsivelmente sempre estará gerando mais filhotinhos, que nossos bizarros inúteis parlamentares fingem abominar. 
F➤ Continuar defendendo a predadora Forma de Governo Republicana Presidencialista Brasileira da Seita Positivista, alienígena às nossas raízes históricas e a legítima identidade nacional (nunca existiu identidade nacional republicana brasileira), reinventando a "República de Verdade", mesmo depois de seis abortos consecutivos de inúteis defuntas repúblicas brasileiras nesses 127 anos de retrocessos e fracassos, destruindo o futuro da nação, conduzindo criminosamente todos – sejam culpados ou inocentes, a um abominável oceano de imundícies... Obviamente não é defender o Brasil — É de uma ingenuidade tamanha, uma falta de conhecimento extrema, burrice crônica absoluta, inconsequência sem limites, ou de uma voracidade predatória sem precedentes... Obviamente será um lamentável investimento no CONTINUÍSMO. 
• 
G➤ Cada geração criada, educada, influenciada dentro deste ineficiente omisso Regime Presidencialista Republicano Corrompido Viciado, ingenuamente passa a acreditar na recuperação destas estruturas corroídas. É natural este apego e o impulso de tentar juntar os cacos. Afinal foi o mundo que herdaram, são seus universos. É compreensível que não pensem em opções melhores... Mesmo que tenhamos o exemplo do Império como país independente, soberano e respeitado no universo das nações no seu tempo, e o do desastre desta Moralmente Ilegal Decadente República. Pensam pequeno. Preferem por sugestão ou por burrice induzida, continuar presos ao corpo deste Estado em decomposição que rasteja em direção ao abismo.
• 
H➤ Gladiam-se pelo fatiamento da já 6ª Carniça Republicana. Analogamente, não passam de Traficantes que de tempos em tempos, se reciclam na administração sobre o controle dos Pontos que infestam o território nacional; a grande diferença concerne aos estragos provocados pelo EFEITO Narcotráfico, que é infinitamente menor do que àqueles provocados pelo CAUSA Política Partidária, traidora dos seus juramentos feitos sobre a Constituição — Paraíso onde Trafica Influências, Alicia, Corrompe, Saqueia os Cofres Públicos, Mata – prioritariamente com suas delinquências, negligências, incompetências... Omissões... Sempre em benefício do Crime Organizado Político Partidário e seus cúmplices – ainda descaradamente com suas imundícies, ironicamente classifica as Quadrilhas que ameaçam este PODER de GOLPISTAS. Nunca houve e jamais haverá futuro para o Brasil nesta Farsa Republicana. O Brasil se estagnou a partir do Golpe Republicano de 1889, quando foi inaugurado o primeiro Estado Totalitário desde a sua independência em 1822. 
REPÚBLICA DE MENTIRA, DAS FANTASIAS, DO FAZ DE CONTA, DO CRIME ORGANIZADO POLÍTICO PARTIDÁRIO QUE NADA DE ÚTIL ACRESCENTA, ALÉM DE VANDALIZAR A NAÇÃO.
I➤ A maioria dos Políticos da palhaçada do Regime Moralmente Ilegítimo Republicano de Mentira Brasileiro, são inúteis aberrações humanas que se masturbam intelectualmente com suas sandices. Perdidos nas alucinações dos seus desvios de caráter, covardemente causam a milhares de indefesas criaturas infinito desespero, quando as mais básicas das obrigações que deveriam ser direcionadas em benefício da coletividade, são vendidas à base de favores, beneficiando interesses ideológicos&partidários. Estas delinquentes predadoras ações têm como consequência inimagináveis atrocidades... Sem o menor escrúpulo com suas omissões são mortos brasileiros aos milhares, quando saciam seus mórbidos prazeres se lambuzando nas suas lambanças, numa irresponsável macabra orgia sem fim, sustentada à custa do erário. 
J➤ Orgia sustentada à custa das mais altas taxas tributárias do planeta, não revertidas justamente proporcionalmente em serviços de qualidade, nunca suficientes para manter a Macabra Ciranda que resulta na morte de mais de duas centena de milhares de pessoas por ano, que além de impedir o desenvolvimento humano e o progresso, destrói a reserva humana da nação com o maucaratismo dos seus exemplos. Com requintes de crueldade, essa gente medíocre paradoxalmente constrói engenhosamente em torno de si próprios, um mundo sem volta de amarguras sem precedentes... Já há muito com certeza perderam suas capacidades lógicas de discernimento, limitando e sucumbindo suas miseráveis existências, no angustiante pegajoso lodo das suas irracionalidades. 
K➤ Não passam de belas carcaças irrecuperáveis rastejando pelos meandros da demência. Malditas almas vazias que não têm servido para nada. Com certeza sucumbirão engolidas pelos abismos das trevas sem que façam falta a ninguém. Inúteis criaturas que deveriam ser executadas pelos seus crimes de Lesa-Pátria. Raça maldita que alicia criminosamente sem o menor escrúpulo crianças e jovens, corrompendo seus valores morais, induzindo que façam amanhã  pior do que os abutres que se espelham no presente. Isso é a descarada degradação da reserva humana do país, que coloca em risco a Soberania Nacional. Praga imunda de bandidos que tem que ser exterminada, antes que seus desserviços acabe definitivamente com o Brasil. Que assim seja em seus futuros que constroem no presente com suas Organizações Criminosas aliadas e coligadas partidariamente, onde a prioridade é o Poder simplesmente pelo Poder e saquear a nação.
L➤ Não passam de belas carcaças irrecuperáveis rastejando pelos meandros da demência. Malditas almas vazias que não têm servido para nada. Com certeza sucumbirão engolidas pelos abismos das trevas sem que façam falta a ninguém. Inúteis criaturas que deveriam ser executadas pelos seus crimes de Lesa-Pátria. Raça maldita que alicia criminosamente sem o menor escrúpulo crianças e jovens, corrompendo seus valores morais, induzindo que façam amanhã  pior do que os abutres que se espelham no presente. Isso é a descarada degradação da reserva humana do país, que coloca em risco a Soberania Nacional. Praga imunda de bandidos que tem que ser exterminada, antes que seus desserviços acabe definitivamente com o Brasil. Que assim seja em seus futuros que constroem no presente com suas Organizações Criminosas aliadas e coligadas partidariamente, onde a prioridade é o Poder simplesmente pelo Poder e saquear a nação.

"A política morreu. Porque nós temos um sistema político que ele não tem o mínimo de legitimidade democrática, pela razão que já vou dizer...". 
[Luís Roberto Barroso - Ministro do STF]

■ Meu Deus do céu, diz Barroso sobre PMDB como 'alternativa de poder'
https://www.youtube.com/watch?v=ytZVsbtzGVo&nohtml5=False
M➤ Impressionante que mesmo depois de tudo! continuam fazendo as mesmas coisas na ilusão de se obter resultados diferentes... Poucos exigindo a demissão de todos os políticos acompanhada da extinção dos seus respectivos partidos envolvidos com o Crime, e/ou uma Intervenção Constitucional para se promover um saneamento amplo geral e irrestrito na imunda degradada predadora política brasileira, que conspira na calada da noite contra a nação – Raça Maldita que há muito já deveria ter sido descartada — Enquanto o povo ingênuo dirigido por líderes de movimentos suspeitos vão às ruas pedir inutilidades... Os indiferentes abutres jantam pelas madrugadas a carniça republicana, traindo a nação... Como se criminosos merecessem algum respeito, o povo idiotizado não exige o que tem que ser feito de fato: continua implorando a essa gente desprezível, que do alto dos seus Pedestais, se julga acima do bem e do mal, e riem na cara de 200.000.000 de brasileiros. 
N➤ Defender a Forma de Governo Republicana Presidencialista Brasileira da Seita Positivista, alienígena às nossas raízes históricas e a legítima identidade nacional (nunca existiu identidade nacional republicana brasileira), esta República abortada defunta na ilegalidade com a tragédia da arbitrariedade de meia dúzia de Traidores da Pátria, devotos da Igreja da Humanidade (Seita Positivista) em 15 de novembro de 1889, inaugurada como a primeira e mais sangrenta Ditadura Militar da História do Brasil, que para se consolidar nos seus 10 primeiros anos de imposição, brutalmente exterminou cerca de 200.000 brasileiros, sendo a maioria monarquistas, o que corresponderia hoje a um genocídio de 2.200.000 pessoas... Cujas suas predadoras consequências se estenderam pelo futuro numa sucessão de Ditaduras e Regimes Totalitários Civis e Militares... Usurpando o Brasil dos brasileiros nesses 127 anos de retrocessos e fracassos, destruindo o futuro da nação, conduzindo criminosamente pela 6ª vez a nação a este grande nada absoluto... Obviamente não é defender o Brasil. 
O➤ Defender a manutenção da imundície da Ilegítima Ditadura Republicana Genocida Brasileira, que seguiu matando pelo futuro milhões com suas delinquências, inconsequências, negligências, incompetências, omissões... É de uma falta de conhecimento extrema, de uma burrice crônica absoluta, ou de uma voracidade predatória sem precedentes... Apenas caindo Dilma & Temer com seu "Perda Total", mesmo que seja junto com suas coligações (Partidos dos Partidos...) Organizações Criminosas das Facções Narco-Psicopatas-Partidárias-Copartícipes dos Regimes-Síndico-Comuna-Socialistas-Golpistas, da Máquina de Prostituição Parlamentar do Poder Central Republicano, Alinhada a Política Transnacional Continental Latina Americana do Foro de São Paulo... Obviamente será um lamentável investimento no CONTINUÍSMO. 
P➤ PCB, PCdoB, PT e a maioria dos inúteis 35 partidos, atolados no lodo da imundície republicana brasileira... Adoram importar fórmulas prontas dos outros, mesmo que estas não funcionem mais por lá. Botem seus neurônios para trabalharem cambada de incompetentes abduzidos. e criem um partido que tenha raízes nacionais. Parem de venerar as ideologias, símbolos, heróis dos outros seus dementes. Não somos nenhuma União Soviética, China Comunista, tampouco uma Cuba. Vão pregar suas sandices ideológicas alienígenas clonadas em outras plagas.

Q➤ Todos Partidos nas suas cumplicidades pecam por coparticipação, conivência, omissão, ou por se submeterem a ridícula função de partidos satélites – marionetes que orbitam os principais partidos, por sua vez, com suas coligações & alianças, alimentam com seus desserviços a promiscuidade generalizada política republicana brasileira, bombando a orgia dos inúteis 35 partidos, que além de nada acrescentarem... Só subtraem — Pululando... Procriam e se multiplicam...
R➤ Parlamentarismo Republicano no Brasil, é o mesmo que trocar o Mar de Lama por um Oceano de Imundícies... Parlamentarismo no Brasil só funciona se for Monárquico. Esse é o único que tem um Chefe de Estado apartidário com o poder de demitir o Governo, além de possuir a prerrogativa de dissolver o Parlamento, caso este não logre formar tempestivamente um novo governo, convocando então novas eleições. Faz-se necessário a Monarquia Parlamentarista Constitucional Representativa, resgatar a Democracia Imperial usurpada dos brasileiros pelas Varejeiras hoje habitantes da Montanha de Estrume Política Partidarista Republicana onde infestam, se reproduzem, multiplicam e se lambuzam... Num mórbido deleite de maucaratismo inescrupuloso sem precedentes na História Política Universal, vem imobilizando e sufocando a nação desde o Golpe de Traição e Lesa Pátria da Seita Positivista de 15 de novembro de 1889.

S➤ Por mais que me esforce nessa Tragédia Republicana Brasileira, não consigo ver nobreza alguma em vossos representantes políticos republicanos... Tampouco algo em suas atitudes que os honrem ou engrandeçam. Nesse ambiente degradado republicano onde cargo político nunca foi missão, hordas desesperadas insaciáveis de Políticos Inúteis corruptos & corruptores, sugam ininterruptamente as mamas da Mãe Marianne da República Brasileira Importada por meia dúzia de traidores da pátria em 1889. Para acabar com essa Promiscuidade Republicana Brasileira, só uma Intervenção Constitucional Federal Ampla, Geral e Irrestrita, incluindo a Desproclamação dessa Ilegítima República nunca proclamada de fato, seguida da Restauração da Democracia Plena da Monarquia Parlamentar & Constitucional Representativa Imperial Brasileira, para retomarmos nosso Destino de Grandeza interrompido por uma traição.
T➤ Entenda que é inútil insistir para que bandidos aprovem leis para que eles mesmos sejam presos, devolvam o que roubaram, além de terem seus bens confiscados. Toda essa turma tem que ser descartada ● O Governo Temer está comprometido com o Crime Político Partidário — Não espere nada dele. Na atual desconjuntura é irrelevante ficar falando dos abutres e seus partidos: 
I ● A República abortada defunta pela traição de meia dúzia de devotos da Seita Positivista em 15 de novembro de 1889, depois de seis tentativas fracassadas reinvenções de novas inúteis repúblicas, sucumbiu nas suas próprias imundícies. Pare de acreditar em república no Brasil – é burrice novamente fazer a mesma coisa, reinventando uma sétima república salvadora da pátria, na ilusão de que finalmente daqui para frente os resultados serão diferentes... 
II ● A REPÚBLICA BRASILEIRA É UM GOLPE DESDE A SUA ORIGEM. ESSA REPÚBLICA DE MENTIRA NASCIDA DEFUNTA NA ILEGALIDADE EM 1889, DEFINITIVAMENTE ACABOU COM O ESTADO INDEPENDENTE, SOBERANO E RESPEITADO, FUNDADO COMO IMPÉRIO DO BRASIL APÓS O DIA 7 DE SETEMBRO DE 1822. TEM TIDO UM DEGRADADO HISTÓRICO CINZENTO INÚTIL. HÁ MUITO PERDEU A CREDIBILIDADE, E NADA ACRESCENTOU DE PROVEITOSO, VIRTUOSO E VERDADEIRO AO BRASIL. 
III ● Parlamentarismo Republicano no Brasil, é o mesmo que trocar o Mar de Lama por um Oceano de Imundícies... Parlamentarismo no Brasil só funciona se for Monárquico. Esse é o único que tem um Chefe de Estado apartidário com o poder de demitir o Governo, além de possuir a prerrogativa de dissolver o Parlamento, caso este não logre formar tempestivamente um novo governo, convocando então novas eleições. 
 
U➤ Terrorismo promovido pelo comunismo com o dinheiro público, e Ditadura no Congresso — Estamos num Estado Republicano Totalitário disfarçado de Democracia, avalizado por um Supremo Fora da Lei, com a conivência e/ou omissão das FFAA. Ambiente moralmente deteriorado promiscuo da farra parlamentar, onde descaradamente se legisla em causa própria, indiferente aos anseios da maioria da população, ainda não lobotomizada por ideologias destrutivas alheias às nossas Raízes Históricas, origens, tradições e legítima identidade nacional – que só subtraem, traindo a nação. Paraíso dos conchavos e falcatruas, onde explicitamente aprovam leis para legalizarem o ilegalizável, de forma a roubarem com toda tranquilidade, sem qualquer possibilidade de serem punidos. Inversão de valores, onde ser integro ou idôneo, será sinônimo de incompetência. 
 
V➤ Com a criação dessa bizarra armadura da impunidade, saquearão e corromperão com mais liberdade e segurança – tragédia que na sequência, inevitavelmente, juridicamente terá um desdobramento destrutivo que se alastrará aos demais setores da sociedade, comprometendo irreversivelmente grande parte da sua reserva humana, inclusive colocando em risco a Soberania Nacional — Esta delinquência da extrapolação na trituração dos valores éticos, morais e da esperança da população, pode ser considerada pelas suas danosas consequências como Crime de Alta Traição, prevista na constituição com a punição por execução, que ao contrário do que muitos imaginam, nestes casos, a pena de morte não é restrita apenas aos militares; com o agravo, de serem os mentores da metamorfose do Poder Constituído, numa máquina trituradora de todos os nobres ideais e valores da nossa gente, fabricante de maus-caratismos crônicos, elevando a produção ininterrupta de cadáveres, que já vem contribuindo com seus desserviços nos últimos 31 anos, com o genocídio de 3.000.000 de brasileiros. Nessa arrogante insanidade travestida de Estado Democrático de Direito, A República submerge arrastando o Brasil para as profundezas das trevas, da mais predadora das suas ditaduras. 
W➤ Esses Políticos Genocidas não passam de belas carcaças irrecuperáveis rastejando pelos meandros da demência. Malditas almas vazias que não têm servido para nada. Com certeza sucumbirão engolidas pelos abismos das trevas sem que façam falta a ninguém. Inúteis criaturas que deveriam ser executadas pelos seus crimes de Lesa-Pátria. Raça maldita que alicia criminosamente sem o menor escrúpulo crianças e jovens, corrompendo seus valores morais, induzindo que façam amanhã pior do que os abutres que se espelham no presente. Isso é a descarada degradação da reserva humana do país, que coloca em risco a Soberania Nacional. Praga imunda de bandidos que tem que ser exterminada, antes que seus desserviços acabe definitivamente com o Brasil. Que assim seja em seus futuros que constroem no presente com suas Organizações Criminosas aliadas e coligadas partidariamente, onde a prioridade é o Poder simplesmente pelo Poder e saquear a nação. 

X➤ Ingênuos analfabetos políticos lobotomizados – sendo que a maioria deles, sequer tiveram o privilégio de terem seus neurônios modificados pela primorosa insistente doutrinação Socialista/Comunista desde tenra idade, a partir dos bancos das escolas... Ingênuos analfabetos políticos pagos para serem deslocados até Brasília, com recursos que qualquer um sabe a origem, para atuarem como mercenários nesse espetáculo pré ensaiado, com o propósito de deslegitimar com suas ações violentas, o sentimento nacional de repúdio às exacerbadas delinquências das Organizações Criminosas Políticas Partidárias que vandalizam a nação. Fora Temer! e daí?... Toda cadeia sucessória coesa aos devidos partidos, está comprometida com o CRIME... No mínimo por omissão – e o mais breve possível deve ser descartada, por terem já há muito, extrapolado os limites da racionalidade. Não tem mais jeito, os ratos começaram a se devorarem por uma questão de sobrevivência, abrigados pelas paredes ornamentadas de bandeiras vermelhas num "Coliseu" de horrores – que eles mesmos construíram primorosamente em torno dêles mesmos. O mais impressionante, é que não se vê uma bandeira da Republica Federativa do Brasil nesse magnifico cenário. 
Y➤ Os Três Poderes da República perderam a credibilidade, provando novamente serem uma aberração –  a Intervenção é legal e constitucional — Todos os principais partidos políticos, cujos seus tentáculos abraçam os demais com suas alianças, coligações, conchavos... Onde todos os líderes partidários, sem exceção numa farra generalizada, como varejeiras se lambuzam nas suas lambanças na carniça republicana brasileira, nessas bizarrices, aprovam na calada da noite mudanças para continuarem roubando com toda a segurança e de maneira mais eficaz daqui para frente, na promiscuidade do crime político partidário republicano que bichou a nação. 
Z➤ Quando os Senhores vão ENTENDER que a solução é a extinção de toda a DEGRADADA CLASSE POLÍTICA BRASILEIRA junto com seus inúteis 35 Partidos dos Partidos... (os supostos 2% de políticos honestos entenderão... Se não entenderem é porque nessa República de mentira não existe mais POLÍTICO HONESTO). Só com a INTERVENÇÃO será possível colocar todos os corruptos genocidas diante de um Tribunal de Guerra para responderem perante a sociedade por todos os milhões de cidadãos assassinados por desgovernos traidores do país e mentores da "Fraude da Abertura Democrática". Deixe de ser ingênuo, não se iluda!... O Brasil jamais terá alguma chance reinventando uma 7ª República Salvadora da Pátria. 
95% dos Políticos Republicanos Brasileiros se metamorfosearam em Inúteis Aberrações Humanas, que só subtraem... 
No Capítulo – III – da Matéria: 
36 • A trajetória histórica dos USA em nada corrobora para que surja como Nação Monárquica Independente, por nunca terem tido tradições monárquicas como o Brasil, pois são histórias distintas. Portanto lá diferentemente da imposição arbitrária da implantação do Regime Político Republicano no Brasil, a Forma de Governo Republicana é LEGÍTIMA. Em 1889 o Império do Brasil há muito já era uma NAÇÃO MONÁRQUICA PARLAMENTAR CONSTITUCIONAL REPRESENTATIVA INDEPENDENTE, CONSOLIDADA E SOBERANA; a forma arbitrária e ilegal sem uma consulta popular, a partir de um Golpe de Estado, Traição e Lesa Pátria ao Estado Brasileiro, sem honra ou grandeza que a República foi implantada, a torna MORALMENTE ILEGÍTIMA. Dentre todas as Repúblicas do planeta, apenas a dos Estados Unidos da América do Norte foi adotada de maneira menos traumática, não se utilizando de Ditaduras, Golpes de Estado, assassinando ou exilando Monarcas, como ocorreu com as outras Repúblicas; inclusive como foi o caso da instalação da primeira Ditadura da História do Brasil (Regime Totalitário). Isso explica o porquê da grande diferença hoje entre os Estados Unidos da América do Norte e o Brasil, não está simplesmente nos países que os colonizaram. Por isso que a República dos USA são o que são, em parte por ter absorvido o que a Monarquia Britânica tinha de bom, e representa hoje o que representávamos outrora, e esta moralmente ilegal e ilegítima República, fez com que deixássemos de ser (já fomos mais poderosos do que os EUA).
– III 

O BANIMENTO 
Expulsão da Família Imperial Brasileira do Solo Pátrio, na calada da noite, pelos Golpistas Republicanos.
95% dos Políticos Republicanos Brasileiros se metamorfosearam em Inúteis Aberrações Humanas, que só subtraem...

 "(...) Dom Pedro II, após ter servido o Brasil por 58 anos, dos quais 10 através na Regência e 48 de forma efetiva; o Maior dos Brasileiros, faleceu modestamente, em um hotel parisiense. Acometido de grave doença pulmonar, Dom Pedro II morreu ainda jovem para os padrões atuais. Contava com 66 anos, mas a aparência de muito mais velho. Suas responsabilidades, as preocupações, a vida pública havia lhe imposto tal aparência. Carregava em sua face o Brasil. Em 1891, na França, Paris, no exílio, Dom Pedro II, dias antes realizou um longo passeio pelo rio Sena em carruagem aberta, apesar da temperatura extremamente baixa. Ao retornar para o Hotel Bedford, à noite, sentiu-se resfriado. A doença evoluiu nos dias seguintes até tornar-se uma pneumonia. Em 04 de dezembro de 1891, França, Paris, o estado de saúde de D. Pedro II rapidamente piorou Em 05 de dezembro de 1891, França, Paris, na madrugada, as 00:35 horas, em seu quarto do Hotel Bedford, acompanhavam o Imperador, sua filha Dona Isabel com o esposo Conde D’Eu e os filhos Príncipes: Dom Pedro de Alcântara, Dom Luiz, Dom Antonio e os filhos da Princesa Dona Leopoldina com o Duque de Saxe, Dom Pedro Augusto e Dom Augusto, além de inúmeros brasileiros que moravam em Paris ou que para lá foram seguindo-o no exílio. Em um suspiro final Pedro II disse a todos: “Deus que me conceda esses últimos desejos – paz e prosperidade para o Brasil…” – Falecendo em seguida. (...)" 

URL
 
01 • As condições humilhantes a que foram submetidos a família imperial brasileira, provam o total despreparo, a incapacidade, e o desrespeito a nação brasileira pelos homens que usurparam o poder e proclamaram a República. A Imperatriz deposta D. Tereza Cristina, foi a primeira vítima do dia 15 de novembro. Durante o processo de expulsão/banimento "O traslado foi difícil. Chovia e o mar esta encrespado. Riscos de escorregões e afogamento não faltaram. O traslado se fez de madrugada. Praticamente pendurados por cabos, oscilando de uma embarcação para a outra, a Imperatriz dava gritos que penalizavam a todos". Durante toda a viagem marítima que conduziu a Família Imperial Brasileira rumo ao exílio, Teresa Cristina esteve em estado de choque, entorpecida pelo tratamento rude que os republicanos dedicaram à dinastia deposta. Ao embaixador da Áustria presente no embarque, perguntou: "Que fizemos para sermos tratados como criminosos?" No desembarque em Portugal retirou-se para um hotel simples na cidade do Porto, onde sentiu-se mal. Um médico chamado às pressas nada pôde fazer.
02 • D. Teresa Cristina, após o banimento (expulsão sumária da Família Imperial em 24 horas do Solo Brasileiro), não resistindo as atribulações das últimas semanas desde o Golpe de Traição e Lesa-Pátria de 15 de novembro de 1889, logo após a chegada do Vapor Alagoas à Portugal, acabou por falecer no exílio. Nos seus últimos instantes, ainda confidenciou à Baronesa de Japurá: “Maria Isabel, eu não morro de doença. Morro de dor e desgosto". Suas últimas palavras teriam sido: "Brasil, terra abençoada que nunca mais verei". Era 28 de dezembro de 1889. Os jornais europeus comentaram a morte da imperatriz. Le Figaro escreveu em 29 de dezembro de 1889: “A Europa saudará respeitosamente esta Imperatriz morta sem trono, e dir-se-á, falando-se dela: sua morte é o único desgosto que ela causou a seu marido durante quarenta e seis anos de casamento”. No Brasil de 1890 deram-se 13 leilões dos bens da Casa Imperial - objetos, móveis e semoventes. Procederam à avaliação dos móveis, carros, animais e objetos existentes na Quinta da Boa Vista, e os vindos do Paço da Cidade. O Juiz da 2ª vara, Dr. Honório Coimbra nomeou para proceder ao leilão o leiloeiro Joaquim Dias dos Santos. Francisco Marques dos Santos, em seu artigo intitulado O leilão do Paço de São Cristóvão, publicado no Anuário do Museu Imperial, vol. 1, 1940, fala dos absurdos, da desordem, da avaliação arbitrária e venda forçada dos bens da família.
03 • Em uma viagem a Paris, Ruy Barbosa se encontra com D. Pedro II e fala: "Majestade, me perdoe, eu não sabia que República era isso", tamanha era a decepção com o estado do país após a proclamação da República. Em 1892 abandona a bancada do Senado, depois de feita a justificativa em discurso. Dias mais tarde lança um manifesto à nação no qual diz a famosa frase: "Com a lei, pela lei e dentro da lei; porque fora da lei não há salvação. Eu ouso dizer que este é o programa da República". Em 23 de abril do mesmo ano sobe as escadarias do Supremo Tribunal Federal, sob ameaça de morte, para defender, como patrono voluntário, o habeas corpus dos desterrados de Cucui.
04 • Certo dia D. Pedro II realizou um longo passeio pelo Rio Sena em carruagem aberta, apesar da temperatura extremamente baixa. Ao retornar para o Hotel Bedford à noite, sentiu-se resfriado. A doença evoluiu nos dias seguintes até tornar-se uma pneumonia. O estado de saúde de Pedro II rapidamente piorou até a sua morte às 00:35 da manhã do dia 5 de dezembro de 1891. Suas últimas palavras foram: "Deus que me conceda esses últimos desejos—paz e prosperidade para o Brasil." Enquanto preparavam seu corpo, um pacote lacrado foi encontrado no quarto com uma mensagem escrita pelo próprio Imperador: "É terra de meu país, desejo que seja posta no meu caixão, se eu morrer fora de minha pátria". O pacote que continha terra de todas as províncias brasileiras foi colocada dentro do caixão.
05 • Exilada, espoliada, com a saúde frágil, extremamente abalada pela morte de dois de seus filhos (Antônio, em 1918, e Luís, em 1920), a Princesa Isabel faleceu em 14 de novembro de 1921. Foi sepultada no cemitério local, de onde seria trasladada em 6 de julho de 1953 para um jazigo no Mausoléu Imperial da Catedral de Petrópolis. Como afirma Nelly Martins Ferreira Candeias: "A Princesa Isabel conviveu com o predomínio agrário do tempo e declínio dos escravagistas marginalizados pelo golpe fatal da Abolição. Enfrentou a ideologia republicana dos adversários, a extinção da monarquia e as tristezas do exílio."
06 • Quase todos, menos Epitácio Pessoa, foram membros de uma sociedade secreta da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, da Universidade de São Paulo, chamada de "Bürschenschaft Paulista", ou "Studentenverbindung" (algo como confraria da camaradagem, em alemão), mais conhecida como "Bucha", criada, em 1831, pelo professor Julius Frank (1808 - 1841). Os membros da Bucha procuravam, quando alcançavam um alto cargo político, chamar seus colegas da Bucha para sua equipe. Carlos Lacerda descreveu assim a Bucha: "Uma sociedade secreta em que os sujeitos confiavam nos companheiros, digamos "da mesma origem", que passam pelas faculdades, futuras elites dirigentes. Um dia, um sobe e chama o outro para ser governador, para ser secretário, para ser ministro e assim por diante." — Carlos Lacerda
07 • Os candidatos de oposição à presidência da República também foram maçons: Ruy Barbosa, também membro da Bucha, foi três vezes candidato, o Grão-Mestre Lauro Sodré, foi duas vezes candidato e o Ex-Presidente da República (1909-1910) e Grão-Mestre do Grande Oriente do Brasil, Nilo Peçanha foi candidato de oposição em 1922. Afrânio de Melo Franco que governou de fato o Brasil quando Delfim Moreira adoeceu também era da Bucha. Epitácio Pessoa foi o único presidente civil que não pertenceu à Bucha, pois bacharelou-se em direito em Recife.
08 • “(...) De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto... Essa foi a obra da República nos últimos anos.(...)" (Ruy Barbosa). Frase de um dos Traidores da Pátria que após a tragédia do Golpe de estado de 15 de novembro de 1889, vendo a grande lambança na primeira Ditadura Republicana da História do Brasil que talvez ingenuamente ajudou que se consumasse... Arrependido, percebeu tardiamente as virtudes da Democracia da Monarquia Parlamentar (Constitucional) do Império do Brasil que desprezou, quando se deu conta que haviam substituído e reduzido o Respeitado Império que ombreava com as outras três potências do planeta, a um país ditatorial de terceira categoria. Pelas suas discordâncias e ameaças recebidas... Exilou-se na Monarquia da Inglaterra. 
09 • A madrugada do embarque para o exílio era chuvosa e o mar estava revolto com graves riscos para as embarcações. Dom Pedro II sofria uma crise aguda do diabetes e embarcou, com dificuldade, amparado por seu médico particular, o Dr. Mota Maia, que com ele seguiu viagem. Foi nesse contexto dramático que a Família Imperial rumou para o exílio. Segundo suas próprias palavras, Isabel deixou a pátria aos soluços, sob as ordens e intimações do tenente-coronel João Nepomuceno Mallet, que mais tarde iria insurgir-se contra o próprio Governo republicano que ele ajudou a instalar. Não faltou quem quisesse reagir, como foi o caso do Almirante Tamandaré, mas Dom Pedro II recusou qualquer reação e pacificamente deixou o território nacional, para entrar na História. E o Brasil inaugurou a República sob forte crise, com fechamento do Congresso, banimentos, censura à imprensa, perseguição de jornalistas, autoritarismos. A inflação disparou e a economia entrou em crise. E assim foi praticamente durante toda a primeira década do primeiro Regime de Exceção Republicano Brasileiro... (...) 
10 • 5 de Dezembro de 1891 – Falecimento de D. Pedro II • ● Meia dúzia de republicanos traidores da pátria, devotos da Seita Positivista, prendeu e expulsou do território brasileiro este homem junto com sua família, na calada da noite, sem que tivessem cometido qualquer crime – e seus bens espoliados. Silva Jardim, avô de FHC propôs fuzilar a Família Imperial Brasileira caso resistisse. A Imperatriz Teresa Cristina abalada emocionalmente, chegou à Europa praticamente morta, vindo a falecer poucos dias depois; após dois anos o Imperador D. Pedro II morre consumido pela tristeza e com saudades do Brasil que tanto amava, em 5 de dezembro de 1891. 

11 • Aos 30 anos de idade este republicano Silva Jardim, visitou Pompéia, na Itália, e, curioso por conhecer o Vulcão Vesúvio, mesmo tendo sido avisado de que ele poderia entrar em erupção a qualquer momento, foi tragado (literalmente para os Abismos das Trevas) por uma fenda que se abriu na cratera da montanha - não se sabendo se foi um acidente ou um ato voluntário. De acordo com reportagem do jornal "A Pátria Mineira", de 30 de julho de 1891, da Cidade de São João del Rei, acessível por meio do sítio do Arquivo Público Mineiro, a morte de Silva Jardim teria sido um acidente, testemunhado por um guia e seu amigo Joaquim Carneiro de Mendonça. Segundo o relato, o jornalista teria sido engolido por uma fenda junto ao Vesúvio, do que se salvou, ferindo-se, Carneiro de Mendonça, que fora auxiliado pelo guia local. O jornal menciona a fonte das informações como a "Carta Parisiense", de Xavier de Carvalho, dirigida ao "Paiz". 

URL 01 - 02 - 03

URL 01 - 02
 
 Funeral de D. Pedro II 
http://odiarioimperial.blogspot.com.br/2016/12/o-funeral-de-dom-pedro-ii.html

Em plena baixaria, é bom lembrar um brasileiro chamado Pedro II 
TRIBUNA DA INTERNET 
[Mário Assis Causanilhas] 
No meio desta crise política e institucional que vivemos hoje, é conveniente olhar um pouco para o passado e rever a grandeza de um governante brasileiro que conquistou reconhecimento internacional. Chama-se Pedro II e morreu exilado em Paris, longe de sua pátria amada. Leiam este relato, extraído do Diário do Barão e Baronesa de Loreto, existente no Museu Imperial de Petrópolis. 
O EXÍLIO NA EUROPA 

Após dois dias da expulsão da família Imperial, todos seus bens foram saqueados pelos militares e outros leiloados por preços irrisórios. Dona Teresa Cristina morreu em poucos meses (o enterro foi pago por amigos, devido a difícil situação financeira do Imperador), Pedro Augusto teve que ser trancado em uma cabine, pois não parava de gritar e tremer. O único que o acalmava era seu avô Pedro II, que entrava na cabine, sentava ao chão e o abraçava em prantos, dizendo que tudo ficaria bem. 

Quando a família Imperial chegou a Lisboa, uma multidão esperava no porto junto aos seus familiares, foi oferecido um palácio e uma voluptuosa fortuna e renda mensal para Pedro. Porém, eles não aceitaram qualquer tipo de ajuda financeira dos parentes portugueses, mesmo Pedro tendo o título de Arquiduque em Portugal, Filho do Rei Pedro, Irmão da Rainha Maria da Glória e Tio do reinante da época. Dona Isabel, Conde D’Eu e seus três filhos foram para o palácio D’Eu, de seu pai, o Duque D’Eu, na França. Aonde tiveram uma vida confortável diante a fortuna que a família D’Eu possuía. 

Pedro II e Pedro Augusto partiram para o centro de Paris, aonde se hospedaram em um simples hotel de três estrelas, pago por um grande amigo de Pedro, que viajou logo em seguida para Europa quando soube do acontecido. Pedro Augusto preferiu ficar em um casa de uma amiga íntima de Freud, que tinha grande estima pelo rapaz, um lugar maior e mais sossegado para acalmar o sofrido jovem. A casa ficava dois quarteirões do hotel aonde Pedro se hospedara, então as visitas de seu avô eram diárias, onde levava seu neto aos museus e bibliotecas da cidade luz. 

Tudo parecia que estava em formação, uma nova realidade para todos, e a vida continuava. Pedro II adorava dar aulas na principal biblioteca de Paris para universitários, de história, geografia, botânica, grego e inglês. Sua rotina se resumia em acordar bem cedo, preparar suas aulas, ir para biblioteca, visitar exposições, visitar amigos, tomar café pela tarde e ler até 5 livros em uma única madrugada. Pedro adorava traduzir de forma perfeita as maiores obras literárias para o português, e foi o primeiro a traduzir a obra “Mil e uma Noites” do árabe original para o português do Brasil. A relíquia encontra-se na biblioteca nacional de Coimbra em Portugal. Em 1890, uma pneumonia instalou-se em seus pulmões, o limitando a ficar na cama de solteiro de seu quarto, escrevendo seus amados contos e poesias e lendo seus livros preferidos. 

Alguns meses após a doença e tratamento sem bons resultados, morrera naquela cama sozinho, com um saco de areia da praia de Copacabana em seu bolso. O velório foi digno de um imperador da França, devido a tal prestigio que Pedro gozava entre os intelectuais e nobres da Europa. Um cortejo de mais de 500 mil pessoas tomara as ruas de Paris, e todas as honras monárquicas foram feitas pelo governo Francês. Um fato histórico, pois nunca Paris tinha se mobilizado tanto, nem mesmo por falecimento de governantes locais. Reis, rainhas, nobres, burgueses de todo o mundo estavam presentes no velório e no cortejo, como a Rainha Vitória, da Inglaterra, o presidente dos Estados Unidos e centenas de amigos intelectuais, como o próprio Freud e o filósofo Friedrich Nietzsche. 

O governo militar ditatorial brasileiro revoltou-se pelo tamanho da comoção mundial envolta do falecimento de Pedro II. Rompendo acordos diplomáticos com a França, Inglaterra e Alemanha. Nenhum representante do novo governo brasileiro foi mandado para o enterro do expulso Imperador. A mídia fechada pelos militares no Brasil, os jornais não puderam ao menos noticiar o falecimento do monarca. A grande maioria do povo brasileiro só soube do acontecido três meses depois. 
[Mário Assis Causanilhas]

– IV 
ÁLBUM (2015, 2016, 2017...)
INTERVENÇÃO PARLAMENTARISTA MONÁRQUICA IMPERIAL BRASILEIRA 
[Em Construção]
As Fotos ainda serão selecionadas – brevemente muitas delas desaparecerão daqui. Entretanto ainda serão encontradas aqui: 
https://photos.google.com/?pageId=none 





































 





























































































































































































































































































































































































– V 
RUY BARBOSA
URL da Imagem 
Ruy Barbosa 
Escritor, Jurista e Político

● “De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto... Essa foi a obra da República nos últimos anos. 

● Palavras de um dos Traidores da Pátria que após a tragédia do Golpe de Estado de 15 de novembro de 1889, vendo a grande lambança na primeira Ditadura Republicana da História do Brasil que ingenuamente ajudou consumar... Arrependido, percebeu tardiamente as virtudes da Democracia da Monarquia Parlamentar (Constitucional) do Império do Brasil que desprezou, quando se deu conta que havia substituído e reduzido o Respeitado Império que ombreava com as outras três potências do planeta, à um país ditatorial de terceira categoria. Pelas suas discordâncias em relação ao Regime Militar que de certa forma participou da sua construção... Se exilou na Inglaterra (País Monárquico até hoje).

● Oportunista de plantão se tornou Republicano de última hora. Junto aos Traidores da Pátria com um Golpe derrubam a Monarquia Constitucional Parlamentar Representativa Imperial Brasileira. Arrependido voltou a ser Monarquista, fazendo questão de ir a Paris pedir desculpas ao Imperador exilado D. Pedro II, um ano antes da sua morte lhe fala: "Majestade, me perdoe, eu não sabia que República era isso" - tamanha sua decepção com o estado do país após a proclamação da República.
D. Pedro II – Imperador do Brasil
Transcrevo: 

● Muitas pessoas que nunca leram completamente a página de Ruy Barbosa, na qual ele afirma “desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto”, desconhecem a história toda em torno de suas colocações. Monarquista, Ruy, às vésperas da proclamação da república bandeou-se, como muitos, em favor desta inglória causa e depois arrependeu-se. Suas colocações dizem respeito exatamente às suas frustrações com o novo regime de governo, em seguida à deposição do imperador D. Pedro II. ➤ Divulgar este texto é uma tarefa dos monarquistas de nossos dias. Mas que seja em sua íntegra, tal como aqui se apresenta. Eis o que nos expõe seu autor: 

● “De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto... Essa foi a obra da República nos últimos anos. 

● No outro regime (Monarquia) o homem que tinha certa nódoa em sua vida era um homem perdido para todo o sempre - as carreiras políticas lhes estavam fechadas. Havia uma sentinela vigilante, de cuja severidade todos se temiam a que, acesa no alto, guardava a redondeza, como um farol que não se apaga, em proveito da honra, da justiça e da moralidade gerais. 

● Na República os tarados são os tarudos. Na República todos os grupos se alhearam do movimento dos partidos, da ação dos Governos, da prática das instituições. Contentamo-nos, hoje, com as fórmulas e aparência, porque estas mesmo vão se dissipando pouco a pouco, delas quase nada nos restando. Apenas temos os nomes, apenas temos a reminiscência, apenas temos a fantasmagoria de uma coisa que existiu, de uma coisa que se deseja ver reerguida, mas que, na realidade, se foi inteiramente. 

● E nessa destruição geral de nossas instituições, a maior de todas as ruínas, Senhores, é a ruína da justiça, colaborada pela ação dos homens públicos, pelo interesse dos nossos partidos, pela influência constante dos nossos Governos. E nesse esboroamento da justiça, a mais grave de todas as ruínas é a falta de penalidade aos criminosos confessos, é a falta de punição quando se aponta um crime que envolve um nome poderoso, apontado, indicado, que todos conhecem... 
" (Ruy Barbosa - Discursos Parlamentares - Obras Completas Vol. XLI - 1914 - TOMO III - pág. 86/87) 

Quanto à República dos Estados Unidos do Brasil!... 

"(...) Quanto à República dos Estados Unidos do Brasil, sua história mostra uma forma de governo que não consegue fugir de suas origens escabrosas. Nasceu de uma sedição militar (1889). Implantou um regime onde a regra era, como ainda é, a corrupção, a degradação dos costumes e o terror." "Aliás, não lhe escasseiam na crônica fastos lastimosos e pudendos. 

Atravessamos, em 1894, a ditadura plena: o governo da espionagem, do cárcere e do fuzil, com o lar doméstico entregue às buscas policiais, o erário ao saque dos cortesãos, o crédito público às emissões clandestinas, a vida humana ao espingardeamento, a educação de nossos filhos ao espetáculo de todos os crimes, ao comércio de todas as corrupções. No começo, foi para vencer. Em seguida, para exterminar os vencidos. 

De 13 de março a 30 de julho as ilhas da nossa baía presenciaram a execução de centenas e centenas de homens, marinheiros da nossa esquadra, que os chora, confiados pelos seus capitães, na hora da rendição, à santidade das leis da guerra e imolados pela vitória truculenta ao apetite dos seus instintos. Durante esse período lutuoso o país inteiro, assombrado, assistira a tragédias como as do Paraná, onde o caminho de ferro conduzia aos espigões das serranias as vítimas do rancor homicida, para as sepultar nos despenhadeiros, fuzilando-as na queda. 

Tivemos, em março de 1897, a demagogia acompadrada com a autoridade, no Rio de Janeiro, destruindo prelos, armando queimadoiros nas praças, organizando a morte, executando as suas sentenças capitais à cara do governo, na sua capital. Viu-se, pouco mais tarde, nos sertões da Bahia, sobre os restos do fanatismo aniquilado, a liquidação pela degola, pelo petróleo, pela trucidação de mulheres e crianças. Nos sertões de S. Paulo a lei de Lynch, alistada ao serviço dos partidos, consumou impunemente, com a notória proteção dos interesses dominantes, uma das mais horrendas cenas de sangue registradas nos anais da nossa ferocidade." (Ruy Barbosa: em A Imprensa: março de 1900) 

"A historiografia oficial não relata a presença, em nossas águas, de navios da Marinha dos Estados Unidos da América que, com tiro de peça, atingiram um dos navios do dissidente Almirante Saldanha (1893). Atingiram também a nossa soberania. E tudo a pedido do traidor Floriano Peixoto, então Presidente da República. (Nos bons tempos do Império do Brasil, eram os nossos navios que iam impor a ordem onde se fizesse necessário.) (...)" 

 “De tanto ver triunfar as nulidades...”, texto de Ruy Barbosa que merece ser lido na íntegra: 
http://www.brasilimperial.org.br/layout/layout2.php?cdConteudo=115&codigo=10
https://photos.google.com/share/AF1QipP9eOHxHlnVEH9SyXmF9jQmolUUUxnfaiSvpjTS96_o3xb2NnZ6nhyIuty2-dRwNw/photo/AF1QipN3k47VLWKNwsdSdH2ICzSwUT2MEl1F-bpZ4VhI?key=N21UMTA0QzVaaF9jamJqRjUwdE85UHpuYnNSc25n
URL

Essa República de Mentira nada acrescentou de útil, virtuoso e verdadeiro ao Brasil. Por mais que me esforce, não consigo ver nobreza alguma em vossos representantes políticos republicanos brasileiros... Tampouco algo em suas atitudes que os honrem ou engrandeçam.

– VI 
A Bandeira Republicana do então Estados Unidos do Brasil, enfrentou resistência até ser aceita depois de muita imposição arbitrária dos discípulos golpistas da Seita Positivista.
Paradoxalmente os cristãos brasileiros gostam, e outros até amam a Bandeira Positivista Republicana Brasileira, imposta arbitrariamente por meia dúzia de discípulos da Seita Positivista que nada tem de Cruz. As FFAA, principalmente o Exército dito o do Monarquista Caxias do Exército Imperial Brasileiro, na época utilizado como ferramenta, para sem honra ou grandeza executar um trabalho sujo (Crime de Alta Traição e Lesa Pátria), que Caxias jamais permitiria se vivo fosse, não faria nada mais que sua obrigação, em desproclamar a tragédia do Golpe Político Militar de 15 de novembro de 1889, pedir desculpas a Nação Brasileira, se livrando definidamente dessa nódoa negra que envergonha esta instituição.
O quadro Pátria, pintado por Pedro Bruno em 1919, mostra mulheres costurando a Bandeira Republicana do então Estados Unidos do Brasil 

Definitivamente esta não pode continuar sendo a Bandeira Nacional...
Nada justifica a manutenção do Golpe Republicano que descaracterizou e mutilou este país. O Brasil perdeu seu status de nação respeitada quando ombreava com as três potências globais, fazendo com que perdesse sua identidade, seu rumo, a autonomia e a auto-estima. A República não cumpriu à que veio, se perdeu em si mesma nas suas mediocridades... Fazendo com que deixássemos de ser...
 Definitivamente esta não pode continuar sendo a Bandeira Nacional ● "(...) — Na bandeira se encontra um atentado contra as nossas tradições. Criminosamente lançaram nela um dístico que não quadra com as nossas ideias, que pertence a uma seita absurda ● "(...) — Badaró se referia aos dizeres “Ordem e progresso”. Trata-se da máxima do positivismo, mistura francesa de religião com filosofia bastante em voga entre os militares que destronaram dom Pedro II. Para o deputado, era inadmissível a menção à “seita”: (...)"
Os militares antes do Golpe 31 março de 1964, tentaram devolver a Monarquia Parlamentarista para os brasileiros - Aos 05:30 do vídeo.


– VII 
Algumas Matérias deste Blog

37 • A Tragédia Republicana Brasileira no Esgoto do Crime Organizado Político Partidário...
http://emanuelnunessilva.blogspot.com.br/2016/03/a-tragedia-republicana-brasileira-no.html 


URL