DEFUNTA REPÚBLICA DE MENTIRA

"(...) É, todavia, difícil compreender por que, até o fim do reinado de Pedro II, o Brasil era um país mais promissor que os EUA, mais importante que a China, a Índia, o Japão, a Coréia e quase todos os países europeus - de onde vieram muitos imigrantes - e hoje ocorre o oposto: (...)" - (Dr. José Carlos de Almeida Azevedo)

Defender a manutenção da imundície da Ilegítima Ditadura Republicana Genocida Brasileira, que seguiu matando pelo futuro milhões com suas inconsequências, negligências, omissões... É de uma falta de conhecimento extrema, de uma burrice crônica absoluta, ou de uma voracidade predatória sem precedentes... Apenas caindo Dilma com o seu "Perda Total", mesmo que seja junto com suas coligações (Partidos dos Partidos...) das Organizações Criminosas das Facções Narco-Psicopatas-Partidárias-Copartícipes dos Regimes Síndico-Comuna-Socialistas-Golpistas, da Máquina de Prostituição Parlamentar do Poder Central Republicano, Alinhada a Política Transnacional Continental Latina Americana do Foro de São Paulo... Quase nada mudará nessa decadente República de mentira nunca proclamada de fato - a sujeira mais uma vez apenas mudará de mãos.

O Brasil é escravizado por uma caricatura republicana presidencialista moralmente ilegítima abortada defunta como regime totalitário, cujas suas predadoras consequências se estenderam pelo futuro numa sucessão de ditaduras civis e militares... Nódoa negra do hoje paradoxalmente dito Exército do monarquista Caxias do Exército Imperial Brasileiro. Aliciados por meia dúzia de traidores da pátria discípulos da Seita Positivista, alguns militares do Exército Imperial foram utilizados como ferramenta executora do trabalho sujo que mergulhou o país nas trevas, com a desastrosa inauguração da primeira ditadura militar da História do Brasil em 15 de novembro de 1889, acabando com a democracia da Monarquia Constitucional Parlamentar Representativa do promissor respeitável Império do Brasil, que ombreava com as outras três nações mais poderosas, cuja sua Armada Imperial somada a Marinha Mercante, foi a 2ª Potência Naval da terra. Num determinado momento da nossa história, já fomos mais poderosos do que os Estados Unidos da América do Norte.

No desastre do Flagelo Republicano, entre mandos e desmandos nesses 126 anos de estagnação, se somam: "12 Estados de Sítios, 17 Atos Institucionais, 6 Dissoluções do Congresso, 19 Revoluções ou Intervenções Militares, 2 Renuncias Presidenciais, 3 Presidentes Impedidos, 4 Presidentes Depostos, 6 Constituições Diferentes, 4 Ditaduras e 9 Governos Autoritários"... Mais os últimos 30 anos de retrocessos perdidos num oceano de esgoto sem precedentes na História do Brasil, com a 6ª tentativa ressuscitadora do pesadelo da tragédia dessa fracassada Nova República Salvadora da Pátria perdida em si mesma, que além de produzir desde 1985 mais de 3.000.000* de assassinatos (*Incluindo as mortes provocadas pelos desserviços e/ou omissões dos sucessivos desgovernos), nos conduziu mais uma vez a um terrível vazio. E, tudo indica que a burrice ou obscuras ambições dos dementes políticos predadores devoradores da pátria, indiferentes ao que já funcionou a contento na história dessa nação fundada em 1822 como Império, continuarão como insaciáveis varejeiras investindo no engodo de novas inúteis defuntas repúblicas, que têm sido sinônimos de Desgraça Nacional. (Emanuel Nunes Silva)

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

O País das Maravilhas, Fantasias, do Faz de Conta

O País das Maravilhas, Fantasias, do Faz de Conta 


“O caminho percorrido pela República até agora foi bastante tortuoso.
Em pouco mais de um século de existência enfrentou 12 estados de sítio, 17 atos institucionais, 6 dissoluções do Congresso, 19 revoluções ou intervenções militares, 2 renúncias presidenciais, 3 presidentes impedidos de tomar posse, 4 presidentes depostos, 7 Constituições diferentes, 4 ditaduras e 9 governos autoritários.”

Onde se conclui que nos conduziu a um grande nada...

A população brasileira letárgica e sem vontade própria, flutua inerte sobre um imenso Mar de Esgoto que esta Fracassada República culminou em se transformar... Onde pune sem piedade a Nação Brasileira, apesar de escravizá-la com as mais altas taxas tributárias do planeta; pois não há o devido retorno justo e proporcional. Este suposto Estado Democrático de Direito, nestas suas sucessivas incompetências, negligências, inconseqüências, delinqüências... Tem formado medíocres Políticos, que se agrupam em verdadeiras Quadrilhas de Bandidos (Partidos), que naturalmente transforma o Poder Constituído numa grande Organização Criminosa, onde Desgovernam sem escrúpulos.  

Conseqüentemente produz gerações de cidadãos sem ética, valores e referências, que acha normal imitá-los, pois as mentes foram sistematicamente trabalhadas pelo mau-caratismo dos exemplos dos próprios desgovernos, e não conseguem mais enxergar o Político Corrupto como o pior dos criminosos. Desiludidos ou conformados aceitam tudo passivamente ou naturalmente, e até acabam justificando seus próprios crimes. Esta situação inconstitucional generalizada, nem pode mais ser denominada de Estado de Direito. Iludidos por uma falsa noção de liberdade (ou sei lá o quê!) acreditam que vivem numa Democracia, onde a Constituição é respeitada e seus direitos legítimos como cidadãos são garantidos. 

Como se não bastasse sermos punidos com as mais pesadas cargas tributárias do planeta, estes recursos ainda alimenta a farra das inconstitucionalidades neste Paraíso das falcatruas, permitindo que se deleitem nas lambanças das suas irracionalidades onde a impunidade é regra. Nestas suas descontroladas orgias generalizadas ilimitadas à custa do erário, perpetuam esta decadente República, que você ilusoriamente ainda acha que vale a pena salvá-la ou ressuscitá-la das profundezas das trevas. Discursos como: "Caça aos Marajás", "Varrer a Corrupção", "Fazer Faxina"... Resumem por alguma razão que desconheço todas as mazelas do país nos efeitos desta Corrupção, e não na causa, que é o próprio Falido Sistema de Governo. E para completar ainda me saem com isso: O povo acordou, o povo decidiu! Ou para a roubalheira ou paramos o Brasil!”... Como se na atual desconjuntura tivesse o poder de resolver qualquer coisa. Esse tempo já passou. 
Neste País das Maravilhas, Fantasias, do Faz de Conta, onde qualquer Analfabeto, Incompetente, Bandido, Terrorista, Assassino... Pode se candidatar e até se travestir de Presidente da República, tenho ouvido estas e outras ladainhas já há 30 anos, e reações (a maioria esporádica, acanhada, ou dirigidas por interesses obscuros) ao longo deste tempo já ocorreram, mas os remédios nunca surtiram os efeitos desejados, apenas provocam uma espécie de reação colateral, pois a saúde desta debilitada República em estado terminal só tem piorado. Os escândalos se agigantam a cada instante no pegajoso lodo deste Esgoto hoje quase a céu aberto, decorrência de muita incoerência, irresponsabilidade, omissão, delitos... Enfim! Inconstitucionalidades que põe em risco a própria Soberania Nacional. A então República dos Estados Unidos do Brasil principiou ilegítima e moralmente ilegal. Não funcionou, não tem como funcionar. Não deu certo... Não tem como dar certo.
URL 01 - 02 - 03 - 04
(Segundo Villa, a trama mensaleira seria bem sucedida se não tivesse tropeçado na independência do Judiciário e na liberdade de imprensa, “que acabaram se tornando, mesmo sem querer, os maiores obstáculos à ditadura de novo tipo que almejam criar”. O perigo não passou, adverte. “As decisões do Supremo permitem imaginar uma república onde os valores predominantes não sejam o da malandragem e o da corrupção”, anima-se.“Mas para que isso aconteça é preciso Refundar a República”.)
Vejam bem!... “Refundar a República”, depois dos seus 123 anos de tortuosos meandros onde até agora já se somam 12 estados de sítio, 17 atos institucionais, 6 dissoluções do Congresso, 19 revoluções ou intervenções militares, 2 renúncias presidenciais, 3 presidentes impedidos de tomar posse, 4 presidentes depostos, 7 Constituições diferentes, 4 ditaduras e 9 governos autoritários; e agora com o presente de Natal deste suposto Estado Democrático de Direito, onde o Poder Constituído não passa de uma Organização Criminosa, assistida por Quadrilhas de Bandidos (Partidos).

Agora me saem com isso!... Refundar um Sistema de Governo que foi imposto à força por alguns por intermédio de um Golpe Militar (Golpe de Estado), à revelia da vontade da maioria, sem nenhuma consulta prévia a nação, e por isso ilegítimo e moralmente ilegal, que já foi testado de todas as formas ao longo destes 123 anos de retrocessos, e quanto mais perdura, mais as desgraças se agigantam... Legitimando o seu Fracasso. Qualquer idiota hoje sabe que nunca funcionou e nem funcionará, pelo menos aqui no Brasil. Por que não então! Restaurar o que aqui já funcionou e deu certo, e que tem sintonia com nossas raízes e a legítima Identidade Nacional?... A Monarquia Constitucional Parlamentarista, que conduziu o Império do Brasil a ser uma das 4 nações mais respeitadas do planeta.

Foi esta tal de Imposição Republicana que reduziu o Brasil a uma nação de 3ª categoria, e que agora pertence a este Terceiro Mundismo que em nada condiz com a nossa História, onde a Política Brasileira se deleita num colossal esgoto moral, Paraíso das Quadrilhas de Bandidos (ou se preferir... Partidos) que nas alucinações das suas ilimitadas ambições se masturbam continuamente se dispondo do Erário, para alimentar com requintes seus insaciáveis sórdidos prazeres, onde se lambuzam todos com suas lambanças. Estas descaradas inconstitucionalidades engessam o progresso, coloca em risco a própria Soberania Nacional, além de estar assassinando com suas delinquências milhões de brasileiros.

Como se não bastasse a corrosiva imoral corrupção... O desastre ainda é maior. A degradação é mais abrangente e é sem precedentes em toda a história desta fracassada República. O nível intelectual ético & moral da nossa classe política é ridículo e alarmante.

Políticos que por mais que se esforcem jamais se libertarão das trevas da ignorância, ou da teia pegajosa das delinquências & inconsequências, que os atraí como insaciáveis moscas varejeiras a se grudarem no lodo do deleite das suas lambanças e conivências. Onde a regra é a impunidade... Paraíso das falcatruas e incompetências, que mantém cuidadosamente o povo ignorante, para dele desesperadamente se alimentar e perpetuar.

Povo alienado, sem identidade, sem referencias, perdido, sem capacidade de discernimentos, vulnerável, sem vontade própria, trabalhado, iludido, manipulado, anestesiado, sem ética, vendido... Rebanho abduzido, obediente, ordeiro, conformado... Bobo & burro. Massa amestrada de manobras.


Ilusão pensar que ainda existe saída pelo voto para reverter este quadro de inconstitucionalidades, que arrasta o Brasil perigosamente pelos meandros das irracionalidades.


EMANUEL NUNES SILVA – FACE BOOK:



Enquanto isso a tua Presidenta na República do Brasil:
Dilma proibiu os Militares Brasileiros de comemorarem o Dia 31 de março (Contra-Golpe de 64). Entretanto ela prefere comemorar a Revolução Cubana que já assassinou mais de 85.000 cubanos naquela ilha prisão cuja população equivale apenas a da Grande São Paulo.
Vejam o que Dilma fala aos 3:20 minutos deste vídeo com uma gigantesca Bandeira Cubana ao fundo.
Outrora a Terrorista Dilma nunca lutou pela Democracia. 
Essa República de Mentira nada acrescentou de útil, virtuoso e verdadeiro ao Brasil.
Por mais que me esforce, não consigo ver nobreza alguma em vossos representantes políticos republicanos... Tampouco algo em suas atitudes que os honrem e engrandeçam.
5
  5 
 INÍCIO 
ALGUMAS MATÉRIAS DESTE BLOG
01 • A MUDANÇA
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
29 • Comunismo
30 • Marianne
5