DEFUNTA REPÚBLICA DE MENTIRA

"(...) É, todavia, difícil compreender por que, até o fim do reinado de Pedro II, o Brasil era um país mais promissor que os EUA, mais importante que a China, a Índia, o Japão, a Coréia e quase todos os países europeus - de onde vieram muitos imigrantes - e hoje ocorre o oposto: (...)" - (Dr. José Carlos de Almeida Azevedo)

Defender a manutenção da imundície da Ilegítima Ditadura Republicana Genocida Brasileira, que seguiu matando pelo futuro milhões com suas inconsequências, negligências, omissões... É de uma falta de conhecimento extrema, de uma burrice crônica absoluta, ou de uma voracidade predatória sem precedentes... Apenas caindo Dilma com o seu "Perda Total", mesmo que seja junto com suas coligações (Partidos dos Partidos...) das Organizações Criminosas das Facções Narco-Psicopatas-Partidárias-Copartícipes dos Regimes Síndico-Comuna-Socialistas-Golpistas, da Máquina de Prostituição Parlamentar do Poder Central Republicano, Alinhada a Política Transnacional Continental Latina Americana do Foro de São Paulo... Quase nada mudará nessa decadente República de mentira nunca proclamada de fato - a sujeira mais uma vez apenas mudará de mãos.

O Brasil é escravizado por uma caricatura republicana presidencialista moralmente ilegítima abortada defunta como regime totalitário, cujas suas predadoras consequências se estenderam pelo futuro numa sucessão de ditaduras civis e militares... Nódoa negra do hoje paradoxalmente dito Exército do monarquista Caxias do Exército Imperial Brasileiro. Aliciados por meia dúzia de traidores da pátria discípulos da Seita Positivista, alguns militares do Exército Imperial foram utilizados como ferramenta executora do trabalho sujo que mergulhou o país nas trevas, com a desastrosa inauguração da primeira ditadura militar da História do Brasil em 15 de novembro de 1889, acabando com a democracia da Monarquia Constitucional Parlamentar Representativa do promissor respeitável Império do Brasil, que ombreava com as outras três nações mais poderosas, cuja sua Armada Imperial somada a Marinha Mercante, foi a 2ª Potência Naval da terra. Num determinado momento da nossa história, já fomos mais poderosos do que os Estados Unidos da América do Norte.

No desastre do Flagelo Republicano, entre mandos e desmandos nesses 126 anos de estagnação, se somam: "12 Estados de Sítios, 17 Atos Institucionais, 6 Dissoluções do Congresso, 19 Revoluções ou Intervenções Militares, 2 Renuncias Presidenciais, 3 Presidentes Impedidos, 4 Presidentes Depostos, 6 Constituições Diferentes, 4 Ditaduras e 9 Governos Autoritários"... Mais os últimos 30 anos de retrocessos perdidos num oceano de esgoto sem precedentes na História do Brasil, com a 6ª tentativa ressuscitadora do pesadelo da tragédia dessa fracassada Nova República Salvadora da Pátria perdida em si mesma, que além de produzir desde 1985 mais de 3.000.000* de assassinatos (*Incluindo as mortes provocadas pelos desserviços e/ou omissões dos sucessivos desgovernos), nos conduziu mais uma vez a um terrível vazio. E, tudo indica que a burrice ou obscuras ambições dos dementes políticos predadores devoradores da pátria, indiferentes ao que já funcionou a contento na história dessa nação fundada em 1822 como Império, continuarão como insaciáveis varejeiras investindo no engodo de novas inúteis defuntas repúblicas, que têm sido sinônimos de Desgraça Nacional. (Emanuel Nunes Silva)

sábado, 11 de outubro de 2014

Energia Nuclear

Energia Nuclear
A PERIGOSA E RESIDUAL ENERGIA NUCLEAR OBTIDA POR FISSÃO
O Brasil não precisa das perigosas USINAS NUCLEARES por FISSÃO... Acidentes acontecem. Além do mais não sabemos o que fazer com o seus resíduos nucleares, o tal LIXO ATÔMICO que estas USINAS produzem. O acidente de Chernobyl na antiga União Soviética, teve 400 vezes mais radiação do que a bomba atômica de Hiroshima no Japão, e foi provocado simplesmente por um erro operacional rotineiro de manutenção, não foi produzido por nenhum terremoto ou tsunami. 

Tóquio a 240 quilômetros da usina nuclear japonesa de Fukushima está com a água contaminada, e a radioatividade começa a ameaçar outros países. Só como parâmetro, em linha reta, as usinas nucleares de Angra dos Reis encontram-se a 230 km do centro da Cidade de São Paulo, e a apenas 127 km do coração da zona sul da Cidade do Rio de Janeiro. E ainda querem construir mais uma lá. A Angra III, e muitas outras pelo país... Sem necessidade.
Todas as usinas nucleares do mundo utilizam a tecnologia por FISSÃO NUCLEAR (Energia perigosa, suja e obsoleta). A ENERGIA NUCLEAR LIMPA, e que não produz resíduos sujo e perigosos, é o processo por FUSÃO NUCLEAR, cujo combustível não radioativo seria o Hélio-3 (Helium-3). Raríssimo na Terra, mas abundante na Lua. Enquanto a Alemanha desativa suas usinas nucleares por fissão... Os irresponsáveis políticos brasileiros tentam aprovar por aqui a construção de várias destas usinas obsoletas e perigosas.
Países como Japão, China, Índia... Estão ou estavam em órbita da Lua colhendo dados para viabilizar a mineração do Hélio-3, que abastecerão seus futuros REATORES NUCLEARES LIMPOS.

Emanuel Nunes Silva 
Fusão Nuclear – A Energia das Estrelas

Projetos em andamento:

Existem diversos projetos em andamento ao redor do mundo, com a finalidade de obter o domínio da tecnologia de fusão nuclear para fins de geração controlada de energia elétrica. Um dos projetos em andamento é o ITER (International Thermonuclear Experimental Reactor), baseado na tecnologia do Tokamak. O financiamento internacional deste projeto ultrapassa a barreira dos 10 bilhões de dólares.

Outras abordagens alternativas para tentar chegar ao domínio da fusão nuclear são estudadas por diversos cientistas. Alguns exemplos são a tecnologia de focus fusion, desenvolvida pelo físico Eric Lerner; a fusão por pressão pneumática desenvolvida por Randy Curry e a fusão por bolhas (sonofusion); e o confinamento eletrostático-inercial (IEC), proposto por Robert Bussard.

Em 12 de Fevereiro de 2014, a revista científica Nature publicou os resultados de experiências de confinamento inercial com laser de alta potência, realizadas no NIF (National Ignition Facility), conduzidas pelo Laboratório Nacional de Lawrence Livermore (EUA). Nestas experiências, um balanço energético positivo foi alcançado, uma vez que as reações produziram mais energia do que consumiram, criando boas perspectivas para o uso prático da fusão nuclear.
 Hélio -3
http://pt.wikipedia.org/wiki/H%C3%A9lio_3 

(Mais) Usinas Nucleares para o Brasil 
http://www.midiaindependente.org/eo/blue/2011/10/498211.shtml
Chernobyl disaster 
Чернобыльская катастрофа 
Em 26 de abril de 1986, a quarta unidade da Usina Nuclear de Chernobyl, localizada no território da República Socialista Soviética (SSR) da Ucrânia (hoje - Ucrânia) explodiu. O reator foi completamente destruído, e ao meio ambiente foram liberadas grandes quantidades de substâncias radioativas. O acidente é considerado como o maior de seu tipo na história da energia nuclear, tanto em conseqüência pelo número de mortos e feridos, como pelos prejuízos econômicos. O acidente na central nuclear de Chernobyl foi o mais trágico da União Soviética; 31 pessoas morreram nos três primeiros meses após o incidente, a longo prazo, nos 15 anos subsequentes, os efeitos da radiação causou a morte de 60 a 80 pessoas. 134 sofreram doença de radiação diferentes graus de gravidade, mais de 115.000 pessoas da área abrangente do raio de 30 km à partir da usina foram evacuadas. Para eliminar os efeitos foram mobilizados significativos recursos, mais de 600.000 pessoas participaram no rescaldo do acidente. 


La nueva y descomunal cúpula de Chernobyl que tapará el desastre ¿para siempre?
https://www.youtube.com/watch?v=ospupYockko

O incêndio e a explosão na Central Nuclear de Chernobyl, lançou grandes quantidades de material radioativo para a atmosfera, que se espalhou contaminado grande parte da Rússia Ocidental e da Europa. É considerado o pior acidente numa central nuclear da história, e é um dos dois únicos classificados como um evento de nível 7 na Escala Internacional de Ocorrências Nucleares (o outro é o incidente nuclear de Fukushima, que é considerado bem menos grave, além de não ter causado qualquer morte direta). A batalha para conter a contaminação e evitar uma catástrofe maior, em última análise envolveu mais de 500 mil trabalhadores e um custo estimado em 18 bilhões de rublos à economia Soviética. 

O desastre começou durante um teste de sistemas em 26 de Abril de 1986, na operação do reator número quatro da usina de Chernobyl, que é perto da Cidade de Pripyat. Houve a saída repentina de uma onda de energia, e quando um desligamento de emergência foi tentada, uma sobrecarga mais extrema na produção de energia ocorreu, o que levou a uma ruptura do vaso do reator, ocasionando uma série de explosões. Estes eventos expuseram o moderador de grafite do reator ao ar, fazendo com que ele queimasse. O incêndio resultante lançou uma nuvem de fumaça altamente radioativa para a atmosfera que se precipitou numa extensa área geográfica, incluindo Pripyat. A nuvem à deriva radioativa atingiu grande parte do oeste da União Soviética e da Europa. De 1986 a 2000, 350.400 pessoas foram evacuadas e reinstaladas das áreas mais severamente contaminados da Bielorrússia, Rússia e Ucrânia. De acordo com os dados oficiais Pós-União Soviética, cerca de 60% das precipitações caíram na Bielorrússia. 
Pripyat
Cidade fantasma de Pripyat, antes e depois do acidente radioativo deChernobyl.
https://www.youtube.com/watch?v=iGi9roA0SLc

O acidente fez crescer preocupações sobre a segurança da indústria nuclear soviética, bem como sobre a energia nuclear em geral, diminuindo sua expansão por vários anos, e forçando o governo soviético a ser menos secreto sobre seus procedimentos. 

Rússia, Ucrânia e Bielorrússia foram sobrecarregadas com a contínua descontaminação e substancial custos de saúde, pelo acidente de Chernobyl. Trinta e um óbitos são atribuídos diretamente ao acidente, todos entre os funcionários do reator e trabalhadores de emergência. Um relatório UNSCEAR coloca o total de mortes confirmadas da radiação em 64 a partir de 2008. As estimativas do número de mortes potencialmente resultantes do acidente variam muito: a Organização Mundial da Saúde (OMS) sugerem que ela pode chegar a 4.000, um relatório do Greenpeace coloca este número em 200.000 ou mais. Uma publicação russa conclui que em decorrência do desastre de Chernobyl, 985.000 morreram entre 1986 e 2004, pelo resultado da contaminação radioativa."
COMO SE ISSO TUDO NÃO BASTASSE... MAIS USINAS NUCLEARES À REVELIA PARA O BRASIL

O governo mais uma vez nas suas demências agindo ao contrário do que ocorre mundo a fora, pretende espalhar novas perigosas residuais Usinas Nucleares pelo Brasil, à revelia da vontade do povo. Você que votou nessa Senhora quer Usinas Nucleares... Isso lhe interessa?... Mesmo que eu, você e o povo não as queiram, Dona Dilma vai construí-las. A Usina Angra III já está em construção.
Idiotas são àqueles que continuam acreditando que esta Ditadura Socialista é uma Democracia. O Brasil não precisa das perigosas caras USINAS NUCLEARES por FISSÃO... Acidentes acontecem. Além do mais não sabemos o que fazer com o seus resíduos nucleares, o tal LIXO ATÔMICO que estas USINAS produzem.
Só aqui no Rio, em Angra dos Reis, com a construção de Angra III, serão 3 Usinas Nucleares juntinhas. As chances de um acidente agora triplicaram.

Já houve muitos problemas nas operações de Angra I e Angra II, a maioria deles são criminosamente providencialmente escondidos do conhecimento público. Preferem contaminar do que alertar a população; sempre vão achar que é um probleminha sobre controle como ocorre mundo afora... Afinal contaminar um "pouquinho" é melhor que um alerta de evacuação em massa. Além de complicado, Evacuação custa dinheiro. É assim que funciona... Vide Japão.
Vocês todos acreditam que os nossos Técnicos, "Especialistas" e as Operadoras são mais responsáveis e competentes que os do Japão?...
Ora vejam só:
Este incidente só foi comunicado 11 dias depois do vazamento radiativo, provavelmente porque a informação vazou. Alguém que trabalha no complexo deve ter botado a boca no trombone. "A Eletronuclear, subsidiária da Eletrobrás que constrói e opera as usinas nucleares do Brasil, informou nesta terça-feira (26) que, no último dia 15 de maio, houve um vazamento de radiação da Usina de Angra 2".
Emanuel Nunes Silva 
17 de outubro de 2011
Imagem da terra obtida pela Sonda Lunar Japonesa

Clique na Imagem para ampliá-la
Imagem obtida pela Sonda Lunar Japonesa 

Clique na Imagem para ampliá-la
Imagem obtida pela Sonda Lunar Japonesa 

Clique na Imagem para ampliá-la
Imagem obtida pela Sonda Lunar Japonesa
Clique na Imagem para ampliá-la
Imagem obtida pela Sonda Lunar Japonesa

Clique na Imagem para ampliá-la
Imagem obtida pela Sonda Lunar Japonesa

Clique nas Imagens para ampliá-las
5
Enquanto isso na República Federativa do Brasil!... 
Essa República de Mentira nada acrescentou de útil, virtuoso e verdadeiro ao Brasil. Por mais que me esforce, não consigo ver nobreza alguma em vossos políticos republicanos brasileiros... Tampouco algo em suas atitudes que os honrem ou engrandeçam.
Existe um paradoxo entre as posturas das Repúblicas, quanto suas autoridades de opinarem sobre Golpe de Estado Inconstitucional, quando 99% delas principiaram com um criminoso Golpe de Estado. No caso da Fundação do primeiro Estado de Exceção da História do Brasil em 1889, houve um genocídio nos seus 10 primeiros anos de fracassos em nome da sua consolidação, onde 200.000 pessoas foram mortas; a maioria delas sumariamente, numa época em que a população brasileira era 11 vezes menor que a atual, o que corresponde quantitativamente na atualidade a 2.000.000 de mortos. Quando estas repúblicas questionam seus golpes menores dados nos Golpes delas mesmas, é o mesmo que se estivessem questionando suas próprias legitimidades.
(...) "À medida em que o povo foi tomando conhecimento do acontecido, movimentos pela volta da Família Imperial começaram a eclodir por todo o Brasil. O governo republicano os destroçou com punho de ferro. (...)"
Enquanto isso a Presidenta na República do Brasil:
Dilma proibiu os Militares Brasileiros de comemorarem o Dia 31 de março (Contra-Golpe de 64). Entretanto ela prefere comemorar a Revolução Cubana que já assassinou mais de 85.000 cubanos naquela ilha prisão cuja população equivale apenas a da Grande São Paulo.
Vejam o que Dilma fala aos 3:20 minutos deste vídeo com uma gigantesca Bandeira Cubana ao fundo.
Outrora a Terrorista Dilma nunca lutou pela Democracia. 
O Brasil não possui melhor opção neste degradado ambiente de inconstitucionalidades desta fracassada República. O Momento Político é oportuno para o reencontro dos brasileiros com a sua História, com as suas tradições, com o seu destino de grandeza interrompido por uma traição; redirecionando a Nação Brasileira a sua original Vocação de Grandeza Imperial, onde cargo político é missão. Basta lembrar ao povo que já estivemos bem na História, e aos militares do Exército que seu Patrono é o Duque de Caxias..
A Árvore Boa
 CUBA • Fidel Castro • Ernesto "Che" Guevara • Comunismo 
ALGUMAS MATÉRIAS DESTE BLOG
01 • A MUDANÇA
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
29 • Comunismo
30 • Marianne
5