DEFUNTA REPÚBLICA DE MENTIRA

"(...) É, todavia, difícil compreender por que, até o fim do reinado de Pedro II, o Brasil era um país mais promissor que os EUA, mais importante que a China, a Índia, o Japão, a Coréia e quase todos os países europeus - de onde vieram muitos imigrantes - e hoje ocorre o oposto: (...)" - (Dr. José Carlos de Almeida Azevedo)

Defender a manutenção da imundície da Ilegítima Ditadura Republicana Genocida Brasileira, que seguiu matando pelo futuro milhões com suas inconsequências, negligências, omissões... É de uma falta de conhecimento extrema, de uma burrice crônica absoluta, ou de uma voracidade predatória sem precedentes... Apenas caindo Dilma com o seu "Perda Total", mesmo que seja junto com suas coligações (Partidos dos Partidos...) das Organizações Criminosas das Facções Narco-Psicopatas-Partidárias-Copartícipes dos Regimes Síndico-Comuna-Socialistas-Golpistas, da Máquina de Prostituição Parlamentar do Poder Central Republicano, Alinhada a Política Transnacional Continental Latina Americana do Foro de São Paulo... Quase nada mudará nessa decadente República de mentira nunca proclamada de fato - a sujeira mais uma vez apenas mudará de mãos.

O Brasil é escravizado por uma caricatura republicana presidencialista moralmente ilegítima abortada defunta como regime totalitário, cujas suas predadoras consequências se estenderam pelo futuro numa sucessão de ditaduras civis e militares... Nódoa negra do hoje paradoxalmente dito Exército do monarquista Caxias do Exército Imperial Brasileiro. Aliciados por meia dúzia de traidores da pátria discípulos da Seita Positivista, alguns militares do Exército Imperial foram utilizados como ferramenta executora do trabalho sujo que mergulhou o país nas trevas, com a desastrosa inauguração da primeira ditadura militar da História do Brasil em 15 de novembro de 1889, acabando com a democracia da Monarquia Constitucional Parlamentar Representativa do promissor respeitável Império do Brasil, que ombreava com as outras três nações mais poderosas, cuja sua Armada Imperial somada a Marinha Mercante, foi a 2ª Potência Naval da terra. Num determinado momento da nossa história, já fomos mais poderosos do que os Estados Unidos da América do Norte.

No desastre do Flagelo Republicano, entre mandos e desmandos nesses 126 anos de estagnação, se somam: "12 Estados de Sítios, 17 Atos Institucionais, 6 Dissoluções do Congresso, 19 Revoluções ou Intervenções Militares, 2 Renuncias Presidenciais, 3 Presidentes Impedidos, 4 Presidentes Depostos, 6 Constituições Diferentes, 4 Ditaduras e 9 Governos Autoritários"... Mais os últimos 30 anos de retrocessos perdidos num oceano de esgoto sem precedentes na História do Brasil, com a 6ª tentativa ressuscitadora do pesadelo da tragédia dessa fracassada Nova República Salvadora da Pátria perdida em si mesma, que além de produzir desde 1985 mais de 3.000.000* de assassinatos (*Incluindo as mortes provocadas pelos desserviços e/ou omissões dos sucessivos desgovernos), nos conduziu mais uma vez a um terrível vazio. E, tudo indica que a burrice ou obscuras ambições dos dementes políticos predadores devoradores da pátria, indiferentes ao que já funcionou a contento na história dessa nação fundada em 1822 como Império, continuarão como insaciáveis varejeiras investindo no engodo de novas inúteis defuntas repúblicas, que têm sido sinônimos de Desgraça Nacional. (Emanuel Nunes Silva)

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Além do Amor


A criatividade é uma Dádiva Divina. 
Complementada com a beleza é Unidade Mágica. 
Essa Emoção é Obra de Arte.

Emanuel Nunes Silva

● Celtic Music Relaxing And Beautiful Mix show!
Menina Linda! 
Não há verso que te expresse... Nem poesia que te caiba.

ALÉM DO AMOR 
URL

Além do Amor 

Onde não existe o hoje o ontem ou o amanhã. 
Peregrino pelo manto bordado de estrelas,
Que cintilam... Brilham. Neste movimento perpétuo...
Que justifica as cores das Auroras dos Mundos.
Tento não pensar na razão do meu viver.

A Luz aprisionada nos brilhos dos teus olhos,
Como num encanto me atrai até ti.
Com as chaves do teu coração...
Fingindo para mim mesmo não saber o que procuro,
Me perco pelos labirintos da tua memória.

Procurando as portas do teu coração,
Tento em vão decifrar teus intrigantes enigmas...
Preenchendo os vazios dos meus sonhos.
Preciso me descobrir nos mistérios da tua existência,
Para que eu me veja nos brilhos dos teus olhos.

Neste sutil toque da Alma...
Estou em ti porque é preciso me encontrar.
E compreendo que tudo que sou... Que fui ou vou ser...
É muito pequeno comparado com a grandeza da Vida,
Com a grandeza do Amor.

Emanuel Nunes Silva


Na Magia dos Sonhos 

Continuo sendo o teu menino de outrora, 
Que achavas lindo e te fazia sorrir.
Sou apenas àquele das tuas fantasias,
Que na brandura das luzes das noites chega de mansinho,
Invadindo tua Alma no Mundo dos Sonhos. 


Tu procuraste e me encontrou. 
Por isso aqui estou minha Deusa diante de ti.
Agora me pedes que realize tuas fantasias...
Seduza-me então com tua luz... Exponha a tua vontade,
Para que eu te atenda com toda ternura.

Ir mais além é inevitável... Às tuas puras essências...
Para que me sussurres teus íntimos apelos.
Tu se vê em mim... Eu me vejo em você,
Refletindo toda a fúria dos nossos desejos.
É necessário que tu sejas toda minha... Eu inteiro só teu.

Na loucura da mais bela sintonia,
Que só canta baixinho em nossos corações,
Nossos olhares perplexos se contemplam... Brilham...
Estou em ti, e tu em mim... Intrigante deleite!
Imploro aos teus encantos, que não seja um breve instante. 


Na Magia do Paraíso do nosso Amor, 
Ultrapassando os limites dos néctares do prazer...
No delírio da mais bela fantasia...
Em êxtase sucumbimos ao mais delicioso dos sonos.
Se tudo foi um Sonho... Que jamais despertemos. 


Emanuel Nunes Silva
Em Silêncio 

Em silêncio estou pensando... 
Uma lágrima insiste em rolar sobre meu sorriso,
Tentando descobrir porque estou feliz,
Sem saber que é apenas o disfarce da minha dor,
Por não estar juntinho a ti. 


Imenso é o vazio dentro de mim... 
Queria poder esquecer a luz dos teus olhos,
Que me lembra o brilho da aurora,
Para não mais sentir saudades...
Esquecer este sorriso lindo, a melodia da tua voz. 


Impossível esquecer a razão do meu viver. 
Mesmo que não me vejas estarei te olhando.
O quão longe estiveres estarei ao teu lado.
Mesmo que não nos toquemos, estarei te sentindo...
Acariciando... Dizendo que te Amo. 


Preciso de você para eu ser feliz... 
Quando eu te procurar e não te ver;
E a saudade apertar meu Coração... Te quero.
Mesmo que seja por um breve instante.
Sabendo que não a terei agora. 


Queria poder aquecer teu Coração; 
Não apenas em teus momentos de solidão...
Te falar baixinho palavras de carinho;
Para que lembres sempre... Não apenas em teus sonhos.
O quanto eu te Amo. 


Queria ser todo teu... E você toda minha; 
Em um momento sem fim... Mas estou só.
Queria dormir numa noite sem fim...
Simplesmente para sonhar.
Só para ficar com o meu Amor. 


Emanuel Nunes Silva
faz-me teu poeta 

Faz-me teu Poeta minha Deusa; 
Para que eu encontre as palavras que gostarias de ouvir...
Àquelas que ninguém ainda te disse...
Para que as sussurre baixinho em segredo,
Para que ninguém copie... O quanto te quero;
No Universo do nosso Amor. 


Para que me abrace e me beije, 
Como se nada importasse à nossa volta.
Para que nos percamos nas palavras que nunca dizemos,
E que sonhamos tanto ouvi-las.
Para que demonstres o quanto me quer;
Mais do que tua vida seja possível desejar. 


A linguagem não expressa o que sinto. 
Limitadas palavras... Como eu gostaria de novas criar...
Mesmo que novas fossem criadas...
Jamais expressaria o verdadeiro significado.
Meu Amor por ti transcende a linguagem.
Deixo então que o silêncio fale ao meu coração. 


Estou nos brilhos dos teus olhos. 
Vendo em silêncio o que meu coração procura.
Neste esplendor, não te canses de me olhar... Beija-me.
Para que sintas meu corpo repleto de desejo pedindo o teu.
Mesmo que não haja palavras... Adivinhamos.
Os versos que expressam esta Poesia do nosso Amor. 


Emanuel Nunes Silva
MANIFESTAÇÃO DIVINA TODA LINDA 

A criatividade é uma dádiva de poucos.
Quando complementada com a beleza...
É manifestação Divina...
Os poucos que se emocionam com esta unidade mágica.
A chamam de Obra de Arte. 

Emanuel Nunes Silva
"Toda Linda"


"Toda Linda", é muito mais amplo e abrangente do que um simples "Deliciosa" ou se preferir: "Delicinha". Pode ser considerada a Síntese da mais bela das Poesias que jamais escreverei a mais bela das meninas. 
Diferentemente de "Menina Toda Linda"... "Menina Todinha Linda" já possui uma deliciosa conotação sensual, que nas suas transcendências pode até chegar a ser uma "Delicinha". 

Como eu gostaria poder aqui todas as manhãs arrumar as letrinhas, 
Antes da brisa da aurora soprá-las de minha memória; 
Só para dizer para estes sobrenaturais serezinhos, 
Que por alguma razão que desconheço,
Se colocam assim! tão próximos a mim. 
Coisas que nunca ouviram... 
Que sonham tanto ouvi-las, 
Que alguém ouvisse. 
Para dizer-lhes que os amo. 
Só para eu ver seus lindos olhinhos brilharem.  

Impossível seria escrevê-las se não houvesse alguma reciprocidade. 
Elas surgem das minhas mais puras essências... 
Sem preconceitos ou pudor. 
Tento colocar nelas o que melhor encontro em mim. 
Por serem sensíveis... Sentem... Sinto. 
Minhas poesias não são de mentira — Não funcionariam. 
É simples assim. 

Alguns não me enxergam dentre outras coisas, simplesmente como o humilde Poeta que sou. Às vezes tentam me marginalizar... Os poucos que me condenam... Agride ou me ignoram – desconhecendo suas próprias fraquezas, mesmo que inconscientemente — Não são honestos consigo mesmos. Esta é a grande diferença. Pois não conseguem lidar com suas próprias emoções e sexualidades de uma forma saudável. 

Se fosse o Poeta e Pensador Vinícius de Moraes chamado carinhosamente de "Poetinha", sentadinho em seu Bar predileto em Ipanema saboreando o seu chopinho que foi invenção dele (O seu chope "chopp" deveria ser servido em um copo menor para manter a temperatura ideal do princípio ao fim), enaltecendo os encantos das meninas nas suas idas e vindas à praia – literalmente desfilando pretensiosamente a sua frente, com a esperança de que seus olhinhos brilhassem e o inspirassem... Estes mesmos que fingem não me entender, inconscientemente que seja – o aplaudiriam — Sem ao menos compreenderem o porquê... O aplaudiam e continuarão aplaudindo. Isso é fato. 
Beijos 

Emanuel Nunes Silva

AMOR 

A palavra Amor anda desgastada. 
Tem gente por aí que acha que fazer sexo é fazer Amor,
como se alguém tivesse este poder.
O sexo pode até ser feito com muito carinho e Amor...
Mas não é fazer Amor.
"Fazer amor" nunca existiu. Fazer sexo gostoso com amor... Aí sim fica compreensível – ao menos para mim!... 
URL da imagem
Por Amor a você 

Amor não significa simplesmente estar apaixonado por alguém.
Seu significado é mais abrangente do que muitos imaginam.
Amar a nós mesmos é o Primeiro Passo, 

que nos capacita a amarmos o próximo. 

O Amor é um sentimento sublime que soma dentre outras coisas...
Compaixão, solidariedade, fraternidade, unidade, felicidade, respeito...
Transcende a mediocridade do racional.
Podemos amar a tudo que existe e não ficarmos, simplesmente restritos,
ao Amor referente a um romance, ou ao materno. 


A maioria até vulgariza o Amor.
Referindo-se à prática de uma banal relação sexual;
Como se estivessem “Fazendo Amor”.
O Amor é ilimitado... Não é paixão, desejo...
Tão pouco se sentir proprietário de alguém. 


Quando realmente se ama... Desejamos com todas nossas forças, 
Que a pessoa seja feliz... Não se importando com quem.
Aprende que não se pode exigir o Amor de ninguém.
O Amor tem o poder de nos transformar no melhor que podemos ser. 


Emanuel Nunes Silva 

Menina Linda!
Aprende que não se pode exigir o Amor de ninguém.

Menina Linda!
Não há verso que te expresse... Nem poesia que te caiba.
Como eu gostaria de arrumar as letrinhas,
Antes da brisa da aurora soprá-las da minha memória,
Só para te dizer sempre coisas que nunca ouviu;
E que sonhamos tanto em ouvi-las...
Só para ver teus lindos olhinhos brilharem.♥™

Emanuel Nunes Silva
Quem é você menina Linda?
"Que impressiona com o olhar.
Que mesmo dirigidos a ninguém faz todos suspirarem...
Quem é você que encanta sem saber.
Iluminando a imensidão..." Conquistando corações.
Quem é você que me dá um motivo para viver, sonhar...
Um motivo para que eu exista?
Menina Toda Linda
Lendo as páginas do livro da tua vida...
Tento em vão me expressar por palavras...
Nas páginas em branco então desenho meu retrato.
Para que me veja ― E nunca se esqueça de mim.♥™

Emanuel Nunes Silva
Mágico Poder da Criação. 
Materialização do mais belo dos sonhos.
Obra prima das minhas fantasias...
Que assino com ternura em teu 

Emanuel Nunes Silva
Nem parece que teus sobrenaturais olhos são coisas da Terra menina Linda... 
Até parecem coisas dos Céus. ♥™ 

Emanuel Nunes Silva

Sobrenatural Obra de Arte Divina Toda Linda... 
Despertas as mais incríveis inspirações & fantasias... 
Até no mais acatado dos Anjos ♥™

Emanuel Nunes Silva

A criatividade é uma dádiva de poucos.
Quando complementada com a beleza...
É manifestação Divina.
Os que se emocionam com esta unidade mágica ―
A chamam de Obra de Arte. ♥™

Emanuel Nunes Silva 
O conceito de Obra de Arte é subjetivo...
Muitas vezes não é palpável ― Tampouco visível.
Entretanto de alguma forma... Tem que emocionar.™

Emanuel Nunes Silva 

A criatividade é uma dádiva.
Quando complementada com a beleza...
É manifestação Divina.
Os que se emocionam com esta unidade mágica, 
a chamam de Obra de Arte. 

Emanuel Nunes Silva
A criatividade é uma dádiva. 
Complementada com a beleza é Manifestação Divina. 
A emoção dessa Unidade Mágica ― É Obra de Arte.

Emanuel Nunes Silva
A criatividade é uma Dádiva Divina. 
Complementada com a beleza é Unidade Mágica. 
Essa Emoção é Obra de Arte. 

Emanuel Nunes Silva
Antes da brisa da aurora soprar as letrinhas da memória, 
Vou arrumá-las para te dizer coisas que nunca ouviu, 
Só para ver teus lindos olhos brilharem...

Emanuel Nunes Silva
Imagens Relacinadas
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
ENDEREÇOS
URL 
Algumas Matérias deste Blog
01 • A MUDANÇA
42 • Comunismo
43 • Marianne 
5
Chegada da Corte Portuguesa ao Rio de Janeiro em 7 de março de 1808.