DEFUNTA REPÚBLICA DE MENTIRA

"(...) É, todavia, difícil compreender por que, até o fim do reinado de Pedro II, o Brasil era um país mais promissor que os EUA, mais importante que a China, a Índia, o Japão, a Coréia e quase todos os países europeus - de onde vieram muitos imigrantes - e hoje ocorre o oposto: (...)" - (Dr. José Carlos de Almeida Azevedo)

Defender a manutenção da imundície da Ilegítima Ditadura Republicana Genocida Brasileira, que seguiu matando pelo futuro milhões com suas inconsequências, negligências, omissões... É de uma falta de conhecimento extrema, de uma burrice crônica absoluta, ou de uma voracidade predatória sem precedentes... Apenas caindo Dilma com o seu "Perda Total", mesmo que seja junto com suas coligações (Partidos dos Partidos...) das Organizações Criminosas das Facções Narco-Psicopatas-Partidárias-Copartícipes dos Regimes Síndico-Comuna-Socialistas-Golpistas, da Máquina de Prostituição Parlamentar do Poder Central Republicano, Alinhada a Política Transnacional Continental Latina Americana do Foro de São Paulo... Quase nada mudará nessa decadente República de mentira nunca proclamada de fato - a sujeira mais uma vez apenas mudará de mãos.

O Brasil é escravizado por uma caricatura republicana presidencialista moralmente ilegítima abortada defunta como regime totalitário, cujas suas predadoras consequências se estenderam pelo futuro numa sucessão de ditaduras civis e militares... Nódoa negra do hoje paradoxalmente dito Exército do monarquista Caxias do Exército Imperial Brasileiro. Aliciados por meia dúzia de traidores da pátria discípulos da Seita Positivista, alguns militares do Exército Imperial foram utilizados como ferramenta executora do trabalho sujo que mergulhou o país nas trevas, com a desastrosa inauguração da primeira ditadura militar da História do Brasil em 15 de novembro de 1889, acabando com a democracia da Monarquia Constitucional Parlamentar Representativa do promissor respeitável Império do Brasil, que ombreava com as outras três nações mais poderosas, cuja sua Armada Imperial somada a Marinha Mercante, foi a 2ª Potência Naval da terra. Num determinado momento da nossa história, já fomos mais poderosos do que os Estados Unidos da América do Norte.

No desastre do Flagelo Republicano, entre mandos e desmandos nesses 126 anos de estagnação, se somam: "12 Estados de Sítios, 17 Atos Institucionais, 6 Dissoluções do Congresso, 19 Revoluções ou Intervenções Militares, 2 Renuncias Presidenciais, 3 Presidentes Impedidos, 4 Presidentes Depostos, 6 Constituições Diferentes, 4 Ditaduras e 9 Governos Autoritários"... Mais os últimos 30 anos de retrocessos perdidos num oceano de esgoto sem precedentes na História do Brasil, com a 6ª tentativa ressuscitadora do pesadelo da tragédia dessa fracassada Nova República Salvadora da Pátria perdida em si mesma, que além de produzir desde 1985 mais de 3.000.000* de assassinatos (*Incluindo as mortes provocadas pelos desserviços e/ou omissões dos sucessivos desgovernos), nos conduziu mais uma vez a um terrível vazio. E, tudo indica que a burrice ou obscuras ambições dos dementes políticos predadores devoradores da pátria, indiferentes ao que já funcionou a contento na história dessa nação fundada em 1822 como Império, continuarão como insaciáveis varejeiras investindo no engodo de novas inúteis defuntas repúblicas, que têm sido sinônimos de Desgraça Nacional. (Emanuel Nunes Silva)

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Abutres Ébriados


Abutres Ébriados
Inebriados Abutres pelo odor da carniça das suas deploráveis ambições...
- Apresentação -
Corrupção Mata – e como Mata. Os Vagabundos Políticos Corruptos são a pior Classe de Bandido que existe. Lamentável que a sociedade não os vê como assassinos cruéis que matam milhares de criancinhas todos os anos. Esta escória da Política Republicana Brasileira assassina direta e indiretamente em torno de 200.000 brasileiros todos os anos, com suas incompetências, omissões, negligências, inconsequências, delinquências – uma média de 500 pessoas por dia em todo o território nacional. No Brasil deveria existir pena de Morte exclusivamente para Político Corrupto; pois diferentemente do bandido comum, eles fazem um juramento com a mão sobre a constituição, para servir a população e o país da melhor maneira possível. As ações predatórias destes desprezíveis marginais da política, se ramifica e se alastra como uma erva daninha por toda a sociedade; além de estarem aliciando com o maucaratismo dos seus exemplos nossas crianças e jovens... Conseguintemente estas aberrações humanas destrói nossa reserva humana – o futuro da Nação. Nem cito os demais aliciados, por já estarem perdidinhos mergulhados nesta fossa moral da carniça republicana, que amanhã estarão fazendo pior do que esta escória em que se espelham no presente. 

URL
- Introdução -
Nesse Universo Degradado Fracassado do Esgoto do Crime Organizado Político Partidário Republicano Brasileiro, você é cúmplice por estar perpetuando a Desgraça Nacional com teu voto; mesmo que não tenhas consciência deste fato, tens sido conivente com este Oceano de imundícies sim. Não sejas ingênuo, não existe saída pelo voto nessa ilegítima República de mentira, abortada defunta na ilegalidade, com o crime de traição golpista de 15 de novembro de 1889.
A cada eleição, de 2 em 2 anos, esse Sistema Corrompido Viciado, que não governa por estar permanentemente em Campanha Política e se defendendo de mal feitos dos seus desserviços, te oferece duas ou três opções ridículas, escolhidas pelas Alianças Partidárias, muito aquém das urgências & necessidades do país, para lhe dar a ilusão que tens o poder de decidir alguma coisa com o teu voto nessa Caricatura Democrática, onde a maioria imbecil sempre vence. Na Putaria Generalizada Republicana Brasileira indiferente as mazelas da nação, independente de quem seja eleito, a prioridade sempre será manter ao menos 50% da população idiotizada, numa contínua demente ciranda, alheia às causas da sua própria desgraça... Essa Massa Analfabeta Funcional providencialmente mantida ignorante presa num Abstrato Cercado Falacioso, alimentada com qualquer imundície demagoga aliciatória ideológica, que procria engrossando esse Rebanho... Interessa muito mais. 
Com estas soluções macabras associadas às suas incompetências, ingerências... A República se encarregou por reduzir o respeitado estável soberano Império do Brasil, considerado o mais democrática e liberal do seu tempo, a uma nação de terceira categoria hoje pertencente a um Terceiro Mundismo que inventaram, desarmônico com suas Raízes Históricas e da Legítima Identidade Nacional, onde a Classe Política Brasileira se deleita num colossal esgoto moral: Paraíso das Organizações Criminosas Politiqueiras Partidaristas do Poder Constituído. Perdidos nas alucinações das suas ilimitadas medíocres ambições... Intelectualmente masturbam-se continuamente se dispondo com mau-caratismo do Erário — Requintado alimento dos seus insaciáveis sórdidos prazeres, onde todos se lambuzam nas suas lambanças... Estas prolongadas inconsequentes descaradas delinquências inconstitucionais engessa o progresso, e ainda assassina milhões de brasileiros.
 
O problema não é o subjugado escravizado povo brasileiro. Dizer que ele não sabe votar ou então deveria aprender a votar, é de uma estupidez colossal. Na República em si: criminosamente instalada na ilegalidade por um Golpe de Estado, imposta arbitrariamente em 15 de novembro de 1889, quando foi inaugurado o primeiro Estado Totalitário Militar do Brasil Independente. Hoje a degenerada Classe Política, descaradamente explicitamente agrupada em Quadrilhas associadas e coniventes às Organizações Criminosas do Poder Constituído, não passa de predadoras Hienas que saqueiam sem escrúpulos toda a nação. São praticamente todos Traidores da Pátria. Essa gente com suas imundices destrói o maior tesouro da nação na sua essência com o mau-caratismo dos seus exemplos, por estarem aliciando crianças e jovens que amanhã estarão fazendo pior do que estes em quem se espelham no presente. Isso é crime de Traição à Pátria. Lesa Pátria – que além de colocar em risco a Soberania Nacional, degrada qualquer nação a partir da destruição moral da sua reserva humana. 
Tem muita gente acreditando que o Brasil está melhorando, na ilusão de estarem vivendo num país que por enquanto permite que falem o que quiserem, só para que tenham uma falsa noção de liberdade. E, ainda nas suas ingenuidades denominam esta atual desconjuntura de Democracia, que na realidade escraviza todos com as mais altas taxas tributárias do planeta, que é devolvida em forma de esmola. Tiram-lhes todo o poder de decidir quanto aos rumo da nação... No final a maioria ainda se sente agradecida pelo pouco retorno, como se não fosse nenhuma obrigação dos Governos: trabalharem em benefício do povo que os elegem, e pelo desenvolvimento da nação como um todo, em busca da felicidade coletividade, e não das suas egoístas ambições ideológicas politiqueiras partidaristas.  
República no Brasil é uma Aberração do Positivismo, imposta arbitrariamente por meia dúzia de traidores da pátria devotos da Seita Positivista (Religião da Humanidade), todos sem exceção, maçons. Religião parida pelo Francês ateu Auguste Comte e sua musa inspiradora Clotilde de Vaux (considerada a mãe espiritual da Igreja Positivista do Brasil e da Religião da Humanidade), que devorou a Identidade, Independência, Liberdade e Soberania do Estado Brasileiro, alcançadas após o Grito do Ipiranga de 7 de setembro de 1822. Chega de novas aventuras salvadoras da pátria nesse cadáver republicano abortado como o primeiro Estado Totalitário. Chega de novas experiências nessa República que sempre foi sinônimo de Desgraça Nacional.  
"Muitos regimes admitem legalmente a participação plena de todas as correntes políticas, reunidas em agremiações ideológicas. Entretanto, ao longo do tempo, diversas formas de pensamento político sofrem restrições, a fim de se evitar que determinados grupos – considerados nocivos ao sistema vigente - possam vir a tomar o poder. Mesmo aceitando muitos partidos, a maioria das nações ditas democráticas impõe limites à inscrição de alguns partidos, como por exemplo, o Comunista, o Fascista, o Nazista. Os partidos Monarquistas são proibidos em muitas repúblicas, o que causa controvérsia em relação a democracia da sua liberdade de expressão numa Nação".
 Socialismo é o estágio para o Comunismo que se equipara ao Nazismo.
Devemos trabalhar mais em cima disso para desinfetar o Brasil do Comunismo. 


- I -
Políticos Republicanos Brasileiros
A • Oportunistas de plantão, muitos nunca deixarão de ser o que foram, e hoje muitos condenados por seus crimes do presente provam à que vieram, quando atuam como Organização Criminosa abrigadas ilicitamente pelo Poder Constituído, do Governo de um Estado que deveria ser Democrático de Direito. Tais como Inebriados Abutres pelo odor da carniça das suas deploráveis ambições, organizados em quadrilhas e providencialmente esquecidos das mazelas da atualidade do país, cujos resultados dos tão inúteis recentes Governos Republicanos têm sido um fracasso. Em um único mês, considerando-se apenas os assassinatos, já se produz cadáveres sem estar em Guerra Declarada, 11 vezes mais do que todas as mortes em todas as ações ou conflitos nos longos 21 "Dóceis Anos de Chumbo”; que incluindo as vítimas inocentes do Terrorismo Comunista, somam 550 mortes (Sequestradores, Assaltantes de Bancos, Terroristas, Guerrilheiros, Militares, Pessoas inocentes sem nenhum envolvimento com a política... Etc.). 
B • Essa República sistematicamente vem matando direta ou indiretamente com suas incompetências, negligências, inconsequências das suas delinquências... Mais de 250.000 brasileiros por ano (média de 680 pessoas por dia); destes, 60.000 são referentes apenas às vítimas de assassinatos, sem considerar o saldo sobrevivente que ultrapassa os 100.000 de feridos e sequelados. Se abrir o leque para a baixa qualidade dos serviços essenciais, que na teoria reza como direitos essenciais fundamentais do cidadão na Constituição, e que naturalmente suas qualidades deveriam ser justamente proporcionais às mais altas cargas tributárias do planeta que aqui se cobra e arrecada... O número de vítimas passa a ser devastador. 

C • Agarram-se como náufragos ao período da mais Branda Ditadura que o Brasil já teve em toda a sua lamentável História de República, como a Tábua da Salvação, fingindo acreditar que ela possua poderes de justificar seus crimes, de transformar Bandidos de outrora em Salvadores da Pátria, para lhes permitirem posarem no presente de Heróis e reescreverem a História. Como se quisessem desviar a atenção dos fracassos das suas incompetentes gestões no presente a um episódio que eles nas suas ingenuidades, acreditando num ideal utópico, tentaram na História do Brasil mais um Golpe Comunista em 1964 dentro do Golpe Republicano de 1889: o da Ditadura Comunista do Proletariado
D • Desencadearam com suas ações violentas a reação que quaisquer Forças Armadas teriam tomado: que no caso do Brasil mais uma vez correspondeu a um Contra-Golpe, se opondo aos que pretendiam aplicar um Golpe no seu outrora Golpe Militar: Golpe de Estado arbitrário, ilegítimo, moralmente ilegal e genocida, oficializado pela República em 1889. Fez-se necessário então defender a nação brasileira dos inimigos internos e externos em obediência e defesa da sua Constituição para evitar desgraça maior... O saldo de mortes desta intervenção foi irrisório considerando-se o tamanho territorial, o Nº de habitantes e os 20 anos que durou. Não se tem parâmetros na História da Humanidade que se equipare. 

E • Situação bem diferente da que ocorreu em 1889, quando a primeira Ditadura do Brasil foi imposta arbitrariamente sem honra ou grandeza por um Golpe de Estado, numa época em que no Brasil havia estabilidade, justiça... A prosperidade literalmente Imperava com o merecido respeito internacional. Cenário em que 150.000 brasileiros foram covardemente massacrados pela violenta imposição repressiva republicana nos seus 7 primeiros anos de fracassos, quando a população brasileira era de apenas 17.400.000 habitantes, 11 vezes menor que a atual, o que corresponde hoje quantitativamente proporcionalmente a um genocídio de 1.650.000 pessoas. 

F • Hoje por diversas razões, muitas delas obscuras, indivíduos ingênuos & iludidos por ideologias estranhas às nossas Raízes, zumbizados pela doutrinação Comunista da Seita Positivista nas escolas; lobotomizados desde tenra idade. Outros com seus interesses obscuros ou suas conveniências pessoais; consideram mais extraordinário e relevante os 400 mortos dos 20 anos da última Ditadura Militar, a maioria deles Terroristas e Guerrilheiros mortos em combate, do que o genocídio de 150.000 pessoas massacradas pela repressão do primeiro Governo Ditatorial Republicano, no seu curto período inicial de 7 anos a partir de 1889 (três vezes mais mortes entre militares e civis brasileiros do que nos 7 anos que durou a Guerra do Paraguai). 
G • Com estas soluções macabras associadas às suas incompetências, ingerências... A República se encarregou por reduzir o respeitado estável Soberano Império do Brasil a uma nação de 3ª categoria, que inventaram desarmônica com as Raízes Históricas da Nação e da Legítima Identidade Nacional, onde a Classe Política Brasileira se deleita num colossal esgoto moral... Paraíso deste suposto Violentado Estado Democrático de Direito dirigido por Organizações Criminosas, Aliadas & Coligadas ao Interpartidarismo do Poder Constituído da República Federativa do Brasil. Perdidos nas alucinações das suas ilimitadas medíocres ambições... Intelectualmente masturbam-se continuamente se dispondo com mau-caratismo do Erário. Requintado alimento dos seus insaciáveis sórdidos prazeres, onde todos se lambuzam nas suas lambanças... Estas prolongadas inconsequentes descaradas delinquências inconstitucionais engessa o progresso, e ainda assassina milhões de brasileiros.

H • O problema não é o subjugado escravizado povo brasileiro. Dizer que ele não sabe votar ou então deveria aprender a votar, é de uma estupidez colossal. O problema está no decadente Modelo da Forma Republicana de Governo Brasileira, ao qual não interessa uma população esclarecida, consciente ou que tenha capacidade de discernimento... A tragédia nacional está nessa fracassada República, que criminosamente se instalou na ilegalidade com seu Golpe de Estado à revelia da vontade da maioria em 15 de novembro de 1889, quando foi inaugurada a primeira Ditadura Militar da História do Brasil; Golpe de Traição e Lesa-Pátria, sem honra ou grandeza – grande farsa nunca proclamada de fato, cujas suas predadoras consequências se estenderam pelo futuro, numa sucessão de Ditaduras civis e militares, interrompendo nosso destino de Grandeza.


I • Temos sido reféns de sucessivos imorais governos corruptos, que alicia, escraviza... Extorque. Até quando vamos continuar submissos, presos no pegajoso lodo das suas irracionalidades nos iludindo com os devaneios dos seus interesses em detrimento da população, que conduz a nação pelos perigosos meandros da demência. Coniventemente o povo continua votando neles, como se não houvesse uma outra legítima opção para sairmos desse Mar de Lama. Surpreende é que nada de concreto é feito contra essas desprezíveis criaturas que afronta toda uma nação... A população não passa de um dócil rebanho omisso e obediente aos caprichos dos imorais Políticos, que do alto dos seus egocentrismos indiferentes a todos, já há muito cinicamente acham que podem tudo. 

J • Políticos são funcionários públicos que juram sobre a Constituição trabalharem da melhor maneira possível para o seu patrão: o povo. A população não tem que se humilhar implorando a essa gente que façam suas obrigações... Tampouco receber qualquer dos seus serviços prestados aos municípios, estados... Ao Brasil - como favor. Não são os prefeitos, governadores e os presidentes que têm que impor seus programas de governos populistas, imediatistas, demagogos... Todos descaradamente em suas patéticas campanhas fazem Propagandas Enganosas - isso é crime. Cabe à população participar das elaborações destes Programas e exigir que sejam cumpridos.
K • Há muito que os Políticos da República vêm irresponsavelmente loteando descaradamente cargos, indiferentes às competências dos que os assumem, e das trágicas conseqüências que isso acarreta a nação. Desgovernam com o simples propósito se perpetuarem no poder. Se utilizam inclusive de dinheiro público, para concretizarem práticas que já é comum entre eles, como os crimes de suborno, desvios de verbas, obras superfaturadas e de baixa qualidade... Etc. Estas irregularidades partem do próprio Poder Constituído à nível federal, estadual e municipal: do Governo, do Presidente, Ministros, Governadores, Prefeitos... Se vendem, se prostituem. Não possuem o mínimo respeito nem escrúpulos pelos quem os elegem. São a pior e mais predadora classe de bandidos que existe, pois suas negligênciasinconsequências & delinquências... Assassina centenas de milhares de brasileiros por ano. E quando descobertos nunca são punidos exemplarmente nesse Paraíso das Maravilhas, Fantasias, Falcatruas e Impunidades. 

L • Propina é dinheiro do contribuinte, pois todas essas imundícies acabam superfaturando as obras públicas, além do fato de muitas das essenciais deixarem de ser feitas por "falta de verba". Essa gente com a cumplicidade de seus defensores, são os seres mais desprezíveis... Ao longo dos últimos 30 anos de desgovernos, já assassinaram com seus predadores desserviços, em torno de 3.000.000 de brasileiros – nestes termos, podemos considerá-los os mais sanguinários Traidores da Pátria da História do Brasil, que devem ser punidos por esse genocídio com a pena de morte. No pós II Guerra, o Império do Japão, por muito menos, num momento crucial da sua sobrevivência, enforcou todos seus criminosos que conseguiu prender... Hoje são o que são.

M • Hoje a degenerada Classe Política, descaradamente explicitamente agrupada em Quadrilhas associadas ou coniventes às Organizações Criminosas dos Poderes Constituídos, não passa de bandos de Hienas predadoras que saqueiam sem escrúpulos toda a nação, para prioritariamente financiar tanto ambições pessoais, quanto os obscuros projetos ideológicos das suas alianças partidárias, em detrimento do Brasil. São praticamente todos Traidores da Pátria. Essa gente com suas imundices destrói o maior tesouro da nação na sua essência com o mau-caratismo dos seus exemplos, por estarem aliciando crianças e jovens que amanhã estarão fazendo pior do que estes em quem se espelham no presente. Isso é crime de Traição à Pátria, Lesa Pátria. Além de incubadores de criminosos, essa gente ainda coloca em risco a Soberania Nacional, por estarem degradando a nação a partir da destruição moral da sua reserva humana. Isso é Crime de Alta-Traição que deveria ser punido com a Pena de Morte. 

N • Obviamente que o crime de corrupção praticado pela degenerada Classe Política, é mais grave do que o cometido por qualquer assaltante, assassino ou traficante de drogas, que não fez qualquer tipo de juramento com a mão sobre a Constituição – tampouco assumiu qualquer compromisso em trabalhar em prol da sociedade, além de ter o argumento de que apenas está seguindo os exemplos vindo de cima, inclusive os dados pelos Políticos do Poder Central. Seria mais prudente se considerar primeiramente a Pena de Morte para o Parlamentar Corrupto – da presidência às prefeituras, pelo fato de estarem assassinando com seus desserviços na área de Saúde, Educação, Habitação... Na escala dos milhões, desempenhando prioritariamente descaradamente a função de incubadores de futuros criminosos. O mau-caratismo dos exemplos desses desprezíveis Abutres da Política não têm limites... Porém para um saneamento amplo geral e irrestrito: só é possível com a substituição integral desse decadente Regime Político Republicano Brasileiro — Pelo simples fato de Bandidos não aprovarem leis que punam a si mesmos, ainda mais quando se trata de Pena de Morte. Os parlamentares habituados a legislarem em causa própria, jamais aprovarão uma lei dessa, ou qualquer outra mais branda que venha prejudicá-los.

■ Tribunal Militar aos traidores da Pátria.
https://www.youtube.com/watch?v=iVYngIONWFk&feature=share

➤ Aos 0:33 - "O Brasil em 1889 quando foi proclamada a República, era a Segunda Potência Militar&Econômica do mundo. (...) A República foi um ato de traição. (...) Quando estes canalhas forem para a cadeia, o Brasil em três anos ultrapassa a Alemanha, é a 4ª potência mundial (...) Eu sou pelo Império da Lei. O que a lei determina tem que ser cumprido. Pouca gente sabe que o Código Penal Militar tem 9 Artigos, que preveem a morte por fuzilamento dos traidores da Pátria. E não se aplica apenas aos militares não, o Código Penal Militar incluí os crimes que se aplicam a todos... Por exemplo: TRAIÇÃO À PÁTRIA. E todos eles estão incursos nesse Artigo, todos os Presidentes dessa Nova República (6ª República) traíram ao Brasil, acabaram com o futuro da nação. Nós temos que repescar isso. Agora se eles forem condenados à execução serão fuzilados, não tenham a menor dúvida. (...)" - [Advogado Antônio José Ribas Paiva]

Este vídeo acrescenta mais conteúdo a esta Matéria:


 Operação Brother Sam, como os EUA fomentaram e deram apoio ao início do Regime Militar 
https://www.youtube.com/watch?v=Pbnw_2zbDPA&t=137s

- II -
RUY BARBOSA 
Discípulos da Seita Positivista arrependidos por terem participado da lambança do golpe republicano político militar que arruinou com o Brasil: 

"Majestade, me perdoe. Eu não sabia que república era isto" 
- Ruy Barbosa, político republicano. 

"Não era esta a república com que eu sonhava" 
- Benjamin Constant, militar republicano. 

"Só volto ao senado para pedir perdão a Deus pelo que fiz para que viesse esta república" 
- Quintino Bocaiuva, político republicano. 

"[...] E o sangue que não correu a 15 de novembro, ainda há de correr" 
- Deodoro da Fonseca, presidente da república. 
Ruy Barbosa 
Escritor, Jurista e Político
“De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto... Essa foi a obra da República nos últimos anos. 

No outro regime (Monarquia) o homem que tinha certa nódoa em sua vida era um homem perdido para todo o sempre - as carreiras políticas lhes estavam fechadas. Havia uma sentinela vigilante, de cuja severidade todos se temiam a que, acesa no alto, guardava a redondeza, como um farol que não se apaga, em proveito da honra, da justiça e da moralidade gerais. 

Na República os tarados são os tarudos. Na República todos os grupos se alhearam do movimento dos partidos, da ação dos Governos, da prática das instituições. Contentamo-nos, hoje, com as fórmulas e aparência, porque estas mesmo vão se dissipando pouco a pouco, delas quase nada nos restando. Apenas temos os nomes, apenas temos a reminiscência, apenas temos a fantasmagoria de uma coisa que existiu, de uma coisa que se deseja ver reerguida, mas que, na realidade, se foi inteiramente. 

E nessa destruição geral de nossas instituições, a maior de todas as ruínas, Senhores, é a ruína da justiça, colaborada pela ação dos homens públicos, pelo interesse dos nossos partidos, pela influência constante dos nossos Governos. E nesse esboroamento da justiça, a mais grave de todas as ruínas é a falta de penalidade aos criminosos confessos, é a falta de punição quando se aponta um crime que envolve um nome poderoso, apontado, indicado, que todos conhecem..." 
(Ruy Barbosa - Discursos Parlamentares - Obras Completas - Vol. XLI - 1914 - TOMO III - pág. 86/87) 
Palavras de um dos Traidores da Pátria que após a tragédia do Golpe de Estado de 15 de novembro de 1889, vendo a grande lambança na primeira Ditadura Republicana da História do Brasil que ingenuamente ajudou consumar... Arrependido, percebeu tardiamente as virtudes da Democracia da Monarquia Parlamentar (Constitucional) do Império do Brasil que desprezou, quando se deu conta que havia substituído e reduzido o Respeitado Império que ombreava com as outras três potências do planeta, à um país ditatorial de terceira categoria. Pelas suas discordâncias em relação ao Regime Militar que de certa forma participou da sua construção... Se exilou na Inglaterra (País Monárquico até hoje).

Oportunista de plantão se tornou Republicano de última hora. Junto aos Traidores da Pátria com um Golpe derrubam a Monarquia Constitucional Parlamentar Representativa Imperial Brasileira. Arrependido voltou a ser Monarquista, fazendo questão de ir a Paris pedir desculpas ao Imperador exilado D. Pedro II, um ano antes da sua morte lhe fala: "Majestade, me perdoe, eu não sabia que República era isso" - tamanha sua decepção com o estado do país após a proclamação da República.
"(...) Quanto à República dos Estados Unidos do Brasil, sua história mostra uma forma de governo que não consegue fugir de suas origens escabrosas. Nasceu de uma sedição militar (1889). Implantou um regime onde a regra era, como ainda é, a corrupção, a degradação dos costumes e o terror. 
Aliás, não lhe escasseiam na crônica fastos lastimosos e pudendos. Atravessamos, em 1894, a ditadura plena: o governo da espionagem, do cárcere e do fuzil, com o lar doméstico entregue às buscas policiais, o erário ao saque dos cortesãos, o crédito público às emissões clandestinas, a vida humana ao espingardeamento, a educação de nossos filhos ao espetáculo de todos os crimes, ao comércio de todas as corrupções. No começo, foi para vencer. Em seguida, para exterminar os vencidos. De 13 de março a 30 de julho as ilhas da nossa baía presenciaram a execução de centenas e centenas de homens, marinheiros da nossa esquadra, que os chora, confiados pelos seus capitães, na hora da rendição, à santidade das leis da guerra e imolados pela vitória truculenta ao apetite dos seus instintos. 
Durante esse período lutuoso o país inteiro, assombrado, assistira a tragédias como as do Paraná, onde o caminho de ferro conduzia aos espigões das serranias as vítimas do rancor homicida, para as sepultar nos despenhadeiros, fuzilando-as na queda. Tivemos, em março de 1897, a demagogia acompadrada com a autoridade, no Rio de Janeiro, destruindo prelos, armando queimadoiros nas praças, organizando a morte, executando as suas sentenças capitais à cara do governo, na sua capital. Viu-se, pouco mais tarde, nos sertões da Bahia, sobre os restos do fanatismo aniquilado, a liquidação pela degola, pelo petróleo, pela trucidação de mulheres e crianças. Nos sertões de S. Paulo a lei de Lynch, alistada ao serviço dos partidos, consumou impunemente, com a notória proteção dos interesses dominantes, uma das mais horrendas cenas de sangue registradas nos anais da nossa ferocidade. (...)" 
(Ruy Barbosa: em A Imprensa: março de 1900) 
“A historiografia oficial não relata a presença, em nossas águas, de navios da Marinha dos Estados Unidos da América que, com tiro de peça, atingiram um dos navios do dissidente Almirante Saldanha (1893). Atingiram também a nossa soberania. E tudo a pedido do traidor Floriano Peixoto, então Presidente da República. (Nos bons tempos do Império do Brasil, eram os nossos navios que iam impor a ordem onde se fizesse necessário.)”
NOSSO DESTINO DE GRANDEZA FOI INTERROMPIDO POR UMA TRAIÇÃO.
Essa República de Mentira nada acrescentou de útil, virtuoso e verdadeiro ao Brasil. Por mais que me esforce, não consigo ver nobreza alguma em vossos representantes políticos republicanos brasileiros... Tampouco algo em suas atitudes que os honrem ou engrandeçam. 
➤ Esta é a tua República de mentira da Bandeira da Seita Positivista que o brasileiro além de achá-la bonitinha, ainda defende o seu Regime que principiou imerso no crime. 
A moralmente ilegítima República Positivista Brasileira, principiou sem honra, grandeza, à custa da intriga, mentira, traição... Assassinando nos 10 primeiros anos da sua violenta imposição 150.000 brasileiros, quando a população brasileira era 11 vezes menor que a atual (incluindo militares monarquistas, anciões, ex-escravos, mulheres e crianças - o que corresponderia na atualidade a um genocídio de 1.500.000 pessoas), que se opuseram ao novo regime imposto arbitrariamente e fora da lei, fazendo com que a 1ª República se perdesse num trágico vazio de retrocessos; cujas suas predadoras consequências se estenderam pelo futuro... Numa sucessão de ditaduras civis e militares que arruinaram com o Brasil. 
http://www.epochtimes.com.br/foro-sao-paulo-pacto-implementacao-comunismo-america-latina/

- III -
A tragédia da experiência republicana brasileira

A tragédia da experiência republicana brasileira definitivamente acabou com o Brasil. Defender este moralmente ilegítimo Regime Republicano Brasileiro é o mesmo que defender o Bandido que enganou, traiu, roubou e assassinou. A República principiou na ilegalidade inaugurando a primeira Ditadura Militar da História do Brasil, que para se manter assassinou 150.000 brasileiros, apenas nos seus sete primeiros anos de fracassos quando a população brasileira era 11 vezes menor, o que corresponderia na atualidade a um genocídio de 1.650.000 pessoas.
Ohanes Kabderian
(Entrevista) 

Aos 6:28 do Vídeo:
O Exército Brasileiro após a proclamação da República matou sob o comando de Floriano 150.000 pessoas, isso é muita gente para morrer sem guerra. Matar nacionais por serem monarquistas pobres, pobres, monarquistas pobres. Canudos todos sabem que não tinha ninguém rico ali. O Exército Brasileiro não tem que ter nenhum receio da Monarquia, absolutamente. No dia que o Exército Brasileiro tiver consciência e voltar a enxergar em Duque de Caxias o grande militar brasileiro, o próprio Exército não agirá e nem fará nada como um golpe ou coisa parecida (...)
Outra grande ação deste “Herói Nacional” Floriano Peixoto, foi a compra daquela esquadra que se chamou de Esquadra de Papelão que ele trouxe dos Estados Unidos, exatamente para combater a Marinha de Guerra (em posse dos Oficiais Monarquistas) (...) E a nossa esquadra infelizmente estava em Santa Catarina, senão a gente teria destruído os americanos. Nós éramos mais poderosos que os americanos (...). Nós éramos a 2ª Marinha Mercante do Mundo e a 4ª Marinha de Guerra do Mundo (Muitos dizem que foi a 3ª). (...) Para mim o motivo da República foi destruir o Brasil...   

Ohanes Kabderian
Toda esta experiência republicana tem sido um desastre. Toda esta experiência republicana é uma experiência de desastres... Não acredito que haja um brasileiro que seja republicano. O Brasil está sem identidade, não há mais conceito de pátria, referência de pátria, nada. Não se tem mais orgulho de ser brasileiro. O que é uma situação bem diferente do nosso Período Imperial; isso é destruir uma nação. Quando você destrói a vontade destrói a nação. A grande crise brasileira não é econômica, não é uma crise de produção climática, a crise brasileira é moral.
Ohanes Kabderian – Monarquia II – 2ª parte
Nós já fomos um grande país, e perdemos esta posição por causa dos desmandos que a República tem feito nestes seus 100 anos... O Brasil perdeu o seu Rumo. A diferença quando se fala de Império do Brasil, e a maneira como o mundo via o Império do Brasil, as grandes nações, não é mais a mesma maneira que vêem o Brasil hoje. O Imperador Pedro II foi Árbitro Internacional (...). A falta de conhecimento do povo infelizmente... Esta traição, o roubo da identidade do Brasil que a República cometeu, fez com que o brasileiro não saiba mais exatamente como é o seu país... Isso é uma subtração de conhecimento. (...)
Queremos que o Brasil volte a ser o que era, o Império, um país respeitado, um país rico, (...) Gostaríamos de ter orgulho de quando saíssemos de nosso país, viajássemos, de ter orgulho quando mostrássemos nosso passaporte, dizer que somos filho de um Império importante. (...) Eu gostaria que o povo brasileiro se lembrasse da situação política brasileira atual e refletisse se não gostaria de voltar a ter um governante reto, honesto, amante do seu país, como foi Princesa Isabel, e como foi D. Pedro I que fundou o Império. Então nossa história nos leva a preferir o que a gente perdeu... O que nos foi tomado.

Ohanes Kabderian – Monarquia II – última parte
- IV -
O Mito Comunista

• Desconheço a existência de um país que tenha conseguido por em prática da forma correta, os ideias filosóficos, econômicos, políticos e sociais elaborados primariamente por Karl Marx e Friedrich Engels, sem que tenha assassinado sumariamente milhões, sepultando a democracia. O Comunismo não tem passado de uma ilusão utópica, trabalhada por uma minoria demagoga supostamente intelectualizada, que age como ferramenta de doutrinação de massas, com a idéia antinatural de nivelamento por baixo, alheia a natureza humana. Como se não existissem pessoas mais ou menos privilegiadas com a dádiva da inteligência. O ser humano é um animal inteligente, porém alguns são naturalmente mais talentosos que os demais... Os Líderes Republicanos Comunistas e os Republicanos não Comunistas também, demagogicamente fingem que todos os seres humanos possuem o mesmo quociente de inteligência (seguindo a teoria igualitária da "Cartilha Democrática"), para iludir a maioria, e implantar suas ambições. 
• Estes supostos intelectuais comunistas enxergam a massa operária como um rebanho sem vontade própria. Ao contrário do que pregam quando estão convencendo estas ingênuas "Ovelhas" de que o regime é a solução para as mazelas de todos (dentro das características dos conceitos deles mesmos), ironicamente logo que o Sistema é implantado, estes Idiotas Úteis passam a ser controlados, manipulados e subjugados por uma Casta "Comunista". Quem não faz parte desta elite, deve sempre estar pronto a obedecer ao seu comando, em busca de mais produção, alheia a felicidade coletiva ou individual. Nesta "teoria igualitária" que nada tem a ver com os discursos aliciatórios (doutrinários) primitivos, os mais capacitados intelectualmente ou competentes, que conseguem se destacar, acabam trabalhando para os que nada produzem. Portanto, as experiências comunistas mundo afora, têm demonstrado que o Comunismo beneficia com seu totalitarismo, nas suas devidas proporções, apenas uma reduzida Elite do Poder, e uma multidão de párias sociais. 
• Tanto o Comunismo quanto o Nazismo são Regimes Totalitaristas Republicanos. "Totalitarismo (ou regime totalitário) é um sistema político no qual o Estado, normalmente sob o controle de uma única pessoa, político, facção ou classe social, não reconhece limites à sua autoridade e se esforça para regulamentar todos os aspectos da vida pública e privada, sempre que possível. O totalitarismo é caracterizado pela coincidência do autoritarismo (onde os cidadãos comuns não têm participação significativa na tomada de decisão do Estado) e da ideologia (um esquema generalizado de valores promulgado por meios institucionais para orientar a maioria, senão todos os aspectos da vida pública e privada). Os regimes ou movimentos totalitários mantêm o poder político através de uma propaganda abrangente divulgada através dos meios de comunicação controlados pelo Estado, um partido único que é muitas vezes marcado por culto de personalidade, o controle sobre a economia, a regulação e restrição da expressão, a vigilância em massa e o disseminado uso do Terrorismo de Estado".

• Todos os Países Comunistas são Regimes Totalitaristas Republicanos(Liberdade, Igualdade, Fraternidade... Ou a Morte)... A Revolta PopularDemocracia Direta Republicana do Poder PopularPoder do PovoA Nova "Democracia", Comitê de Salvação Pública, Tribunal Comunitário... O Poder é do Povo até quando Interessa. Esta história já tem mais de dois séculos; 224 anos após a Revolução Francesa isso ainda não se concretizou. Destruiu, exterminou, e nada de útil, virtuoso e verdadeiro acrescentou; igualzinho aqui. «Liberté, Égalité, Fraternité, ou la Mort», texto exibido em um cartaz anunciando a venda de biens nationaux (1793). Logo após a revolução este lema foi escrito em algum momento como "Liberdade, Igualdade, Fraternidade, ou Morte", a parte "Morte" foi posteriormente suprimida por ser muito fortemente associada com o Reino do Terror. Durante a Ocupação Alemã da França na Segunda Guerra Mundial, este lema reacionário foi substituído pela frase "Travail, Famille, Patrie" (Trabalho, Família, Pátria). Após a Libertação, o Governo Provisório da República Francesa (GPRF) restabeleceu o lema republicano: Liberté, Égalité, Fraternité, reincorporando-o na Constituição Francesa.
• Partido (Único) Nacional Socialista (Nazista) dos Trabalhadores Alemães (da República Alemã), tal como o Partido (Único) Comunista (Socialista) da União das Repúblicas Soviéticas, buscou inspiração nas idéias de Karl Marx. Costuma-se dizer que Comunismo é a Ditadura da Esquerda, enquanto o Nazismo seria a Ditadura da Direita. Nada mais falso, tanto o Nazismo quanto o Comunismo têm inspiração marxista. Ambos compartilham do ódio contra a burguesia, desrespeitam a propriedade privada (basta ver os confiscos realizados por ambos Regimes Totalitários Republicanos), do desprezo pelas liberdades individuais, da glorificação do Estado como centro das atenções, e da respectiva diminuição da importância do papel do indivíduo. Além disso, estes Regimes Republicanos pregam a planificação da economia, isto é, defendem o planejamento central da atividade econômica." Na História, todos estes regimes totalitários socialistas/comunistas, foram impostos se utilizando de métodos genocidas. 
• Depois é instituída uma casta supostamente intelectualizada, teoricamente superior, que a mesma massa que executou até com o sacrifício das suas próprias vidas o Trabalho Sujo, já cansada e debilitada, aceita a Elite como a salvação das suas mazelas. Primeiro é promovido o caos para depois prometerem a felicidade à massa moldável ingênua útil, usada para atingirem seus propósitos... Os Fins Justificam os MeiosA ambição do poder custe o que custar. Qualquer semelhança com a Desconjuntura Institucionalizada Republicana Brasileira atual é mera coincidência.
7 • Interessante que os Inocentes Analfabetos Funcionais, Políticos e afins republicanos: Direitistas, Esquerdistas, Centristas de qualquer coisa... Nada falam do GOLPE DE ESTADO, que numa trágica mágica reduziu o Império do Brasil que ombreava com as três mais poderosas nações do planeta, à condição de nação de terceira categoria pertencente a um Terceiro-Mundismo que providencialmente inventaram, lambuzada no pegajoso lodo da imundice do submundo de um inimaginável Mar de Esgoto, Paraíso desse Violentado Estado que deveria ser Democrático de Direito, dirigido por Organizações Criminosas Interpartidárias Aliadas e Coligadas ao Poder Constituído Central da República Federativa do Brasil. Até parece que por alguma razão estranha, estes Senhores nas suas fúteis utopias republicanas, acreditam mesmo que o Brasil foi inventado pela República em 15 de novembro de 1889, marco fundamental da inauguração do primeiro Estado de Exceção da História do Brasil. 
8 • “O Comunismo (do latim communis - comum, universal) é uma ideologia política e socioeconômica, que pretende promover o estabelecimento de uma sociedade igualitária, sem classes sociais e apátrida, baseada na propriedade comum e no controle dos meios de produção e da propriedade em geral. Parte da convicção que a causa dos problemas sociais está na propriedade privada e na sua acumulação. Para a sua instalação, numa primeira fase, a propriedade privada seria estatizada, sendo o Estado gerido por um Partido político que se encarregaria de distribuir de forma igualitária a riqueza gerada por todos. Numa segunda fase, o Estado seria abolido, sendo o poder entregue ao povo." 
• 
• 


- V -
Lei bane Símbolos Comunistas e os equiparam ao Nazista
Continue lendo no capítulo - IV - da Matéria Comunismo:
A declaração clama:

A • levar a toda Europa o entendimento de que os regimes totalitários nazista e comunista precisam ser julgados por seus próprios e terríveis méritos, isto é, por suas políticas destrutivas impostas mediante a aplicação sistemática de formas extremas de terror e a supressão de todas as liberdades civis e humanas, pela eclosão de guerras agressivas e — como parte inseparável de suas ideologias — pelo extermínio e deportação de nações inteiras e de grandes grupos populacionais; e por tudo isso tais regimes devem ser considerados os principais desastres que macularam o século 20, 

B • o reconhecimento de que muitos crimes cometidos em nome do comunismo devem ser considerados crimes contra a humanidade, servindo, portanto como um aviso para as gerações futuras, tal como os crimes nazistas foram considerados pelo Tribunal de Nuremberg... Continue lendo no capítulo - IV - da Matéria Comunismo:

Enquanto isso a tua Presidenta na República do Brasil:
 "Duma decidiu que é hora de "deleninizatsii" (desleninezar = desinfetar) cidades e vilas russas. A idéia foi apoiada pelo partido Rússia Unida.
O Vice-Presidente de Estado do Comitê do Duma, sob as sugestões de Alexander Kurdiumov (LDPR) tomou a iniciativa de mover os monumentos ao líder da revolução mundial Vladimir Lenin das cidades russas."
"- As autoridades locais serão capazes de realizar um referendo ou uma pesquisa de opinião entre todos os moradores das localidades, para descobrir qual é o melhor destino a ser dado para as estátuas. Se necessário, encontrar um local adequado e movê-las, e se não, então desmontar e enviar para o museu ou vender para colecionadores, e os fundos alocados utilizados para a restauração de áreas "Pridvorova", parques e parques paisagísticos, - disse o parlamentar."

Outrora a Terrorista Dilma nunca lutou pela Democracia. 
Não duvido nada a Dona Dilma importar algumas imagens deste "Santo" para o Brasil, já que representa tanto assim para a sua "Fé Religiosa" e de seus asseclas.
http://averdadequeamidianaomostra.blogspot.com.br/2011/04/verdade-sobre-o-terrorismo-no-brasil.html 

Totalitarismo (ou Regime Totalitário) é um sistema político no qual o Estado, normalmente sob o controle de uma única pessoa, político, facção ou classe social, não reconhece limites à sua autoridade e se esforça para regulamentar todos os aspectos da vida pública e privada, sempre que possível. O totalitarismo é caracterizado pela coincidência do autoritarismo (onde os cidadãos comuns não têm participação significativa na tomada de decisão do Estado) e da ideologia (um esquema generalizado de valores promulgado por meios institucionais para orientar a maioria, senão todos os aspectos da vida pública e privada).
Os regimes ou movimentos totalitários mantêm o poder político através de uma propaganda abrangente divulgada através dos meios de comunicação controlados pelo Estado, um partido único que é muitas vezes marcado por culto de personalidade, o controle sobre a economia, a regulação e restrição da expressão, a vigilância em massa e o disseminado uso do Terrorismo de Estado.

Os militares antes do Golpe 31 março de 1964 (mais um Contra-Golpe aplicado no Golpe de 15 de novembro de 1889), tentaram devolver a Monarquia aos brasileiros - Aos 05:30 do vídeo.

Um ótimo Livro - Recomendo para os Idiotas Úteis. 
Um ótimo Livro - Recomendo para os Idiotas Úteis.
 CUBA • Fidel Castro • Ernesto "Che" Guevara • Comunismo 

  ^

- VI -
Quanto à República dos Estados Unidos do Brasil!...

"(...) Quanto à República dos Estados Unidos do Brasil, sua história mostra uma forma de governo que não consegue fugir de suas origens escabrosas. Nasceu de uma sedição militar (1889). Implantou um regime onde a regra era, como ainda é, a corrupção, a degradação dos costumes e o terror."


"Aliás, não lhe escasseiam na crônica fastos lastimosos e pudendos. Atravessamos, em 1894, a ditadura plena: o governo da espionagem, do cárcere e do fuzil, com o lar doméstico entregue às buscas policiais, o erário ao saque dos cortesãos, o crédito público às emissões clandestinas, a vida humana ao espingardeamento, a educação de nossos filhos ao espetáculo de todos os crimes, ao comércio de todas as corrupções. No começo, foi para vencer. Em seguida, para exterminar os vencidos. De 13 de março a 30 de julho as ilhas da nossa baía presenciaram a execução de centenas e centenas de homens, marinheiros da nossa esquadra, que os chora, confiados pelos seus capitães, na hora da rendição, à santidade das leis da guerra e imolados pela vitória truculenta ao apetite dos seus instintos. Durante esse período lutuoso o país inteiro, assombrado, assistira a tragédias como as do Paraná, onde o caminho de ferro conduzia aos espigões das serranias as vítimas do rancor homicida, para as sepultar nos despenhadeiros, fuzilando-as na queda. Tivemos, em março de 1897, a demagogia acompadrada com a autoridade, no Rio de Janeiro, destruindo prelos, armando queimadoiros nas praças, organizando a morte, executando as suas sentenças capitais à cara do governo, na sua capital. Viu-se, pouco mais tarde, nos sertões da Bahia, sobre os restos do fanatismo aniquilado, a liquidação pela degola, pelo petróleo, pela trucidação de mulheres e crianças. Nos sertões de S. Paulo a lei de Lynch, alistada ao serviço dos partidos, consumou impunemente, com a notória proteção dos interesses dominantes, uma das mais horrendas cenas de sangue registradas nos anais da nossa ferocidade."
(Rui Barbosa: em A Imprensa: março de 1900)
"A historiografia oficial não relata a presença, em nossas águas, de navios da Marinha dos Estados Unidos da América que, com tiro de peça, atingiram um dos navios do dissidente Almirante Saldanha (1893). Atingiram também a nossa soberania. E tudo a pedido do traidor Floriano Peixoto, então Presidente da República. (Nos bons tempos do Império do Brasil, eram os nossos navios que iam impor a ordem onde se fizesse necessário.) (...)" 


- VII -

Ciranda Republicana de Mentira

Continuem acreditando neste Modelo Republicano Brasileiro inventado por meia dúzia de traidores da Pátria em 1889. Continuem acreditando nesta Ciranda Republicana de Mentira que nunca vai conduzir o Brasil a lugar algum.
A cada geração criada, educada, influenciada dentro deste ineficiente omisso Sistema Corrompido Viciado, ingenuamente passa a acreditar na recuperação destas estruturas corroídas. É natural este apego e o impulso de tentar juntar os cacos. Afinal foi o mundo que herdaram, são seus universos. É compreensível que não pensem em opções melhores... Mesmo que tenhamos o exemplo do Império como país independente, soberano e respeitado no universo das nações no seu tempo, e o do desastre desta Moralmente Ilegal Decadente República. Pensam pequeno. Preferem por sugestão ou por burrice induzida, continuar presos ao corpo deste Estado em decomposição que rasteja em direção ao abismo.
O Brasil não acabou em 2013. Acabou em 15 de novembro de 1889. O que tem ocorrido nestes 125 anos de fracassos republicanos, são sucessivas tentativas de ressuscitar um Gigante Republicano de Palha que já nasceu morto.
 
Quando esta gente vai perceber que a desgraça da nação Brasileira é este Sistema Republicano de Governo alienígena às raízes Históricas da fundação do Estado Independente e Soberano Brasileiro. Substituíram um Império respeitado, por uma Alegoria Estrangeira Feminina Marianne de virtudes abstratas. Saída para o Brasil nesta Ilegítima República não existe; tampouco Identidade Nacional. Nossos Valores e a Legítima Identidade Nacional Inerentes à Pátria Brasileira passaram a ser vilipendiadas à partir do Golpe de Traição e Lesa-Pátria de 1889, quando foi inaugurado o primeiro Estado de Exceção da História do Brasil.
O Brasil alcançou o seu futuro no 2º Reinado do Império, respeitando sua época na escala do tempo. A partir do desastre do Golpe Militar de 15 de novembro de 1889, que resultou na Proclamação desta Ilegítima Alienígena República à margem da lei, à revelia das nossas raízes, identidade histórica e valores. Indiferente à opinião da população brasileira, que não foi consultada ou participou democraticamente deste processo... Nestas particularidades, moralmente esta República é ilegal. Não importa quais sejam os argumentos dos que discordam, pois trata-se de fatos Históricos, que por conveniências e interesses acabaram por justificar o injustificável e legitimar o ilegitimável, sufocando à força os contestamentos, punindo-os com as execuções.

NOSSO DESTINO DE GRANDEZA FOI INTERROMPIDO POR UMA TRAIÇÃO.
Esta República de Mentira nada acrescentou de útil, virtuoso e verdadeiro ao Brasil. Por mais que me esforce, não consigo ver nobreza alguma nas ações dos representantes políticos republicanos brasileiros... Tampouco algo em suas atitudes que os honrem ou engrandeçam.
  ^

- VIII -
O Moralmente Ilegítimo Regime Republicano Brasileiro Fracassou.
Essa República de Mentira nada acrescentou de útil, virtuoso e verdadeiro ao Brasil.
01  Não se consegue ver nada de sensato na curiosa sucessão de desastres ocorridos após o Golpe republicano que descaracterizou e mutilou este país, fazendo com que perdesse seu status de nação respeitada, perdesse o seu rumo, a autonomia e a auto-estima, adotando um permanente sentimento de inferioridade perante os outros povos, que numa ridícula postura submissa, suas culturas passou a admirar e imitar... Enquanto suas Raízes Históricas e a Legítima Identidade Nacional, criminosamente foram sabotadas por uma República de Mentira importada, que seguiu convertendo segundo seus mórbidos interesses, reduzindo o povo numa legião desorientada, sem identidade, sem referência de pátria, sem vontade própria, sem orgulho ou amor pelo seu país... Sem nada. Isso é destruir uma nação na sua essência.
02 • Antes da Intervenção Militar de 64, já acontecia treinamentos de pessoal (inclusive em Cuba), infiltração clandestina de armas e munições no território brasileiro, para serem utilizadas no planejado Golpe Comunista. Após a Intervenção Militar clamada pela população, com o prolongamento da já caracterizada Luta Armada e das Ações Terroristas... Esta intervenção que primordialmente deveria ser curta, foi obrigada a se prolongar como um Regime Militar (Ditadura ou Anos de Chumbo para muitos), conseqüência forçada pelo Terrorismo e a Guerrilha, que acabou por retardar a entrega do poder pelos militares. Isso só foi possível após a derrota destes grupos armados. Sou a favor da Intervenção Militar Legítima prevista na Constituição para sanear a nação, quando o Caos se desenha. Se as FFAA não honrarem seus Juramentos feitos perante a Bandeira da República que inventaram, trai a pátria e seu povo. 
03 • Enquanto isso uma tal Dona Dilma com as suas Hordas de Zumbis Lobotomizados, se apega providencialmente a uma tal de “Comissão da Mentira” inventada e formatada por ela mesma, para desviar à atenção dos Analfabetos Funcionais, da Tragédia Dantesca que desgraça com o país, construída com suas lambanças, remetendo-os a um passado distante ao qual não estiveram presente, e que apenas possuem uma vaga noção distorcida do que foi, e nada de útil acrescentará a eles mesmos ou a nação... Com o propósito também de reescreverem a História e se travestirem de heróis salvadores da Pátria. 
04 • Nesta atual Desconjuntura Predatória Governista Socialista & Comunista, se esta tal de Comissão da Verdade fosse séria, e não unilateral, cujos seus membros foram escolhidos a dedo pela própria outrora Terrorista Dilma: todos estariam falando... E segundo os próprios Generais: “doa a quem doer”; e certamente a Dona Dilma Cairia com o seu inútil Desgoverno Fantoche. O resultado desta farsa, indubitavelmente será um Grande Nada Moral sem legitimidade, que nada acrescentará de útil e proveitoso à Nação, e apenas servirá para ilegitimamente travestir os Terroristas, Sequestradores, Assaltantes de Banco, Guerrilheiros, Bandidos já Condenados... De Heróis Salvadores da Pátria, e beneficiar este Desgoverno de Mentira Marxista-Leninista-Maoista. Além de desviar à atenção da população brasileira das mazelas que corroem a nação.
05 • Não defendo Ditaduras... Seja uma Civil análoga a de Getúlio ou as Militares. Eu tinha 15 anos em 1964. A questão é: o quê deveria ser feito naquele momento Histórico da República Brasileira. Entregar o país ao Domínio de uma tal de Internacional Comunista, ou clamar por uma intervenção Constitucional das Forças armadas?... A resposta foi o povo nas ruas pedindo uma atitude enérgica das Forças Armadas. Isso é fato incontestável. Quem viveu naquela época como eu, foi testemunha desta História... O resto é balela de comunista para iludir, enganar e doutrinar criancinhas com suas cartilhas nas escolas.
 
06 • Quando pessoas são lobotomizadas desde a infância, morrem acreditando nas mentiras que lhes foram incutidas... Lenta, gradativa e continuamente. As mentiras acabam virando as suas verdades. É por isso que hoje existe uma geração de supostos Intelectuais (Analfabetos Funcionais) que continuam abduzindo e formando novas gerações de Marionetes (Idiotas Úteis), supostamente intelectualizados; isso acaba se transformando numa trágica Ciranda sem Fim...
07 • O resultado aí está para que todos vejam, inclusive partindo do próprio "Poder" Central. Demonizam as Forças Armadas pelos 400 mortos e desaparecidos, daqueles que queriam arbitrariamente à custa de muito derramamento de sangue de brasileiros inocentes, a implantação de um Regime Autoritário Comunista. As FFAA durante 21 anos combateram aos Atentados Terroristas (que na maioria das vezes matava e mutilava pessoas inocentes), sequestros acompanhados de execuções sumárias, sequestros de aviões, e não menos que 400 assaltos à bancos também vitimando inocentes, guerrilha (luta armada) acompanhada de execuções sumárias & justiçamentos... 

08 • Financiados e treinados por Cuba, que recebia recursos da União Soviética, e até pela China Comunista, com direito a incursões nas Repúblicas da Cortina de Ferro. Estes "revolucionários", iludidos pelos seus líderes oportunistas golpistas, com promessas de serem recompensados num futuro governo, por terem participado da implantação de um gigantesco Estado Comunista Brasileiro no Continente Americano, que abriria mão da sua soberania, em troca de uma tal de Internacional (União de Repúblicas Socialistas da América Latina) comandada por Moscou. Daí a explicação do amor incondicional dessas pessoas por CUBA, Chê, Fidel... É compreensível que uma Dona Dilma que foi educada por um pai búlgaro comunista, numa época em que a Bulgária era uma República Popular Comunista sob a influência da União Soviética, priorize hoje Cuba e uma União de Repúblicas Comunistas na América Latina, em detrimento do Brasil. 
09 • Veneram um tal de Sistema de Governo Comunista e seus Líderes, que no século XX matou em torno de 100.000.000 de pessoas, e que segue assassinando neste século XXI. Não defendo Ditaduras, entretanto, as manifestações de rua na época dos "Anos de Chumbo", se comparadas com a Truculência do Terrorismo de Estado atual... Mais parecem brincadeirinha de criança. O incrível é que por mais que procuram... Não conseguem encontrar imagens piores do que às da violência dos atos Terroritas de outrora, ou da repressão deste Suposto Estado Democrático de Direito da atualidade, que esta gente inventou. 
10 • Desconheço na História da Humanidade, que tenha existido um país continental, com a população do Brasil, envolvido com Ataques Terroristas e uma Luta Armada durante 21 anos... Que tenha morrido de ambos os lados conflitantes, apenas 550 pessoas, sendo destas, 400 simpatizantes à implantação à força do Comunismo no Brasil... Uma média de 19 pessoas por ano. Houve mortes de pessoas inocentes, atrocidades, torturas?... Sim, nesta “Guerra” como em todas, ocorreram dos dois lados, mas as maiores barbáries foram cometidas pelos Comunistas, que em nome da sua “Nobre Causa” assassinavam pessoas inocentes com requintes de crueldade, ora na frente dos seus filhos, ora criança na frente dos seus pais, como no caso do garoto no Araguaia.
11 • São encantados pelo Regime Ditatorial Cubano, e até já cantam de mãos dadas nas aberturas das seções "A Internacional". Se espelham nos Heróis de Barro, como Che Guevara e Fidel. Demonizam as Forças Armadas Brasileiras por combaterem com o aval da maioria da população os que ingenuamente aliciados ou não, pretendiam implantar à força e à custa do derramamento de muito sangue de milhares de brasileiros, uma Ditadura do Proletariado (Comunista), que hoje descaradamente colocam em prática, nos mesmos moldes das obscuras idéias de outrora, depois de feito um minucioso trabalho de Lobotomização em duas gerações desde tenra idade, à partir dos bancos das escolas. 
12 • Esta lavagem cerebral foi iniciada e executada com primor por professores e ideólogos, em pleno Dóceis Anos de Chumbo (que muitos atualmente acreditam nas suas ingenuidades que não se podia nada). Esta doutrinação se estende até o presente, inclusive feita por uma nova geração de “Professores”. Como resultado, temos hoje neste Fracassado Sistema Republicano Brasileiro, um Governo gerido por analfabetos funcionais, que controlam uma colossal massa de Idiotas Úteis, abduzida e Zumbizada.
13 • Por que será que os Partidos de Esquerda Brasileiros odeiam bandeiras verdes e amarelas, e queimam ensandecidos a Bandeira da República do Brasil?... Procure saber o porquê endeusam Che, Fidel e o Regime Cubano que já assassinou mais de 85.000 pessoas numa "Ilha Prisão" com apenas a população da Grande São Paulo, que comparativamente, proporcionalmente já matou 3.600 vezes mais que o Regime Militar Brasileiro. É isso mesmo: O Regime Castrista que o PT e todos os Partidos Socialistas & Comunistas Brasileiros apóiam, bajulam e veneram, já matou 3.600 vezes mais do que os famosos "Anos de Chumbo" da nossa "Benevolente” Ditadura Militar. Esta complacência e identificação do Governo Brasileiro por Cuba é realmente um estranho fenômeno que transcende os limites da racionalidade.
14 • Infelizmente a Intervenção Militar de 1964 apenas retardou a Cubanização do Brasil. 29 anos após a entrega do poder pelos militares... Viva! a agora arbitrária, inconstitucional, incompetente, República Socialista & Comunista Brasileira. Isso tem sido cíclico nestes 124 anos de retrocessos republicanos... O brasileiro paga 50% de impostos em cascata, e grande parte destes recursos agora está nas mãos deste desgoverno e seus asseclas. Não existe a menor chance de uma Intervenção Institucional Militar contra este atual quadro de inconstitucionalidades, sem um apoio ao menos material-financeiro externo. Eles riem da inoperância das FFAA. Nem sei se existe ou em algum momento existiu algum interesse ou estratégia em reverter o caos que se desenha. O Brasil deve ser o único país continental cujo seu governo em nome de uma ideologia, desmantela suas Forças Armadas, colocando em risco a sua Soberania Nacional. 
15 • O povo brasileiro está desgovernado e desorientado... Não sabe mais com quem contar. Se apega ao "Poder Moderador" das Forças Armadas, às suas obrigações constitucionais juradas perante a Bandeira da República do Brasil que inventaram em 1889... Ingenuamente achando que ainda existem os Generais de 1964. Quando o Exército Brasileiro finalmente acordar e perceber que seu Patrono é o Duque de Caxias, cumprir com o seu dever, e reparar a lambança feita por alguns Traidores da Pátria em 1889; aí sim resgataremos a nossa Gloriosa Nação de outrora, que se perde na bruma da memória.
16 • Leia sempre e assista aos vídeos do que é publicado dos dois lados envolvidos. Assista as propagandas financiadas pelo PT (Governo) transformadas em filmes (como exemplo: Carlos Lamarca e Marighella), com o nítido propósito de transformarem Bandidos em Heróis, Santos, São Jorge, ou seja lá o que for. Avalie... Faça tuas reflexões, não se deixe aliciar, não se transforme numa marionete abduzida manipulada por interesses obscuros. Leia sobre o Império do Brasil... O que éramos e em que o Golpe Militar Republicano de 1889 nos transformou. Leia sobre a História do Comunismo, sobre a Revolução Russa de 1917, a Revolução Cubana, a História do Terrorismo Comunista no Brasil, e o porquê quem habita um país Comunista, a opção de visitar ou morar em outro país, é praticamente nula, e quando o faz, fica preso a certas restrições... Como por exemplo: impedido de viajar com sua família, para que fique obrigado a retornar.
Emanuel Nunes Silva 
2011/2012/2013/2014

- IX -
Os Republicanos Conspiradores Traidores da Pátria
Os republicanos precisavam agir rápido, para aproveitar os acontecimentos e convencer Deodoro a romper de vez os laços com a monarquia. Valeram-se de outra notícia, essa verdadeira, pois chegou-se a enviar telegrama oficial nesse sentido. Quintino Bocaiuva e o barão de Jaceguai mandaram um mensageiro a Deodoro, para informar-lhe que o novo primeiro-ministro, escolhido pelo Imperador, seria Gaspar Silveira Martins, correligionário liberal do visconde deposto e político gaúcho com quem o Marechal não se dava por conta de terem disputado o amor da mesma mulher na juventude. Assim, foi Deodoro convencido a derrubar o regime.
Clique na imagem para ampliá-la

Marianne a personificação alegórica da República Francesa
aliciando a sua cúmplice Marianninha que colaborou para a derrubada do Império do Brasil 
A Figura Alegórica Feminina da República Francesa, inspirada na imagem da Liberdade na obra “A Liberdade Guiando o Povo”, pintada em 1830 por Eugène Delacroix, usando um Barrete Frígio (Gorro Frígio da Liberdade), é a Efígie da República, que personificada como Marianne, encarna os Princípios que fundamentam a República Francesa, e representa a permanência dos Valores da República e dos cidadãos franceses. Marianne é um símbolo da França, a Guardiã das raízes e dos valores nascidos na Revolução Francesa, portanto da Identidade da República Francesa implantada a partir de 1789. 
A Efígie da República ou simplesmente o Barrete Frígio isolado, foram utilizados pelos republicanos brasileiros, que contrariando a Democracia da Legítima Monarquia Parlamentarista (Constitucional) do Império do Brasil, articularam um Golpe Militar (de Estado) pondo fim a Soberania do Imperador D. Pedro II, quando pela imposição arbitrária foi inaugurada a primeira Ditadura Republicana da História do Brasil em 15 de novembro de 1889. Esta simbologia da República Francesa foi adotada pela recém criada República dos Estados Unidos do Brasil, e ainda perdura estampada em vários Brasões e Bandeiras de Cidades, Municípios e Estados brasileiros. Este Ícone Fictício francês não pertence às Origens Históricas do Estado Brasileiro, fundado como Nação Independente e Soberana em 1822. A Efígie da República com aspecto de escultura, a partir de 1994, passou a ser impressa em todas as cédulas do Real (unidade monetária nacional), e cunhada na moeda de R$1,00. 
Dentre todas as Ex-Colônias até 1889, o Império do Brasil foi o que mais prosperou junto aos EUA, chegando ao status de 4ª potência global. A fundação da República Brasileira foi uma aberração. Estranha lucubração de alguns brasileiros cegos para as virtudes da legítima Monarquia Brasileira, que admiravam o Regime Republicano da França, e pretendiam copiar o modelo republicano estadunidense que invejavam. Contrariando a Democracia da Monarquia Parlamentarista (Constitucional) do Império do Brasil; sem honra ou grandeza articularam um Golpe de Estado consumado em 15 de novembro de 1889, pondo fim a soberania do Imperador D. Pedro II; inaugurando pela imposição arbitrária a primeira Ditadura Republicana da História do Brasil. 
O Brasil não foi inventado pela República em 1889. E sim fundado como nação soberana independente em 1822, respeitando as Raízes da nossa História e a Legítima Identidade Nacional, originalmente, naturalmente surgiu o então Império do Brasil, cujo seu Sistema de Governo já naquela época foi Parlamentar Monárquico. Como parâmetro, os Estados Unidos da América do Norte, diferentemente do Brasil, para serem uma nação independente e soberana, desvinculando-se do Jugo da Coroa Inglesa, tiveram que vencer os britânicos na Revolução Americana, com bastante ajuda dos franceses e à custa de muito derramamento de sangue. Não tiveram alternativa melhor senão se tornarem uma República Presidencialista. 
A trajetória histórica dos USA em nada corrobora para que surja como Nação Monárquica Independente, por nunca terem tido tradições monárquicas como o Brasil, pois são histórias distintas. Portanto lá diferentemente da imposição arbitrária da implantação do Sistema Republicano no Brasil, o Sistema de Governo Republicano é LEGÍTIMO. Em 1889 o Império do Brasil há muito já era uma NAÇÃO CONSOLIDADA MONÁRQUICA PARLAMENTAR INDEPENDENTE E SOBERANA; a forma arbitrária e ilegal sem uma consulta popular, a partir de um Golpe de Estado, Traição e Lesa-Pátria, sem honra ou grandeza que a República foi implantada, a torna MORALMENTE ILEGÍTIMA e ILEGAL.
Os Estados Unidos da América do Norte é o único país do mundo que se tornou República da maneira menos traumática para a época, não se utilizando de Golpes de Estado, Ditaduras, assassinando ou exilando Monarcas, como ocorreu com as outras Repúblicas, inclusive como foi o caso do ilegal Golpe Militar Republicano Brasileiro, que inaugurou a primeira Ditadura da História do Brasil. Isso explica a grande diferença hoje entre os USA e o Brasil: não está simplesmente nos países que os colonizaram. Por isso que os USA são o que são, tal qual representávamos outrora, e esta moralmente ilegal e ilegítima República, fez com que deixássemos de ser.
Os EUA levaram 89 anos (1776 – 1865) após a sua independência, 23 anos a mais que no Império do Brasil 66 anos (1822 – 1888), para libertarem seus escravos. No Censo de 1860 nos EUA, a população escrava era de 3.953.761, enquanto que no Brasil esta população era de 1.584.600. Em 1887, no Brasil havia 600.000 escravos, e este número continuou caindo até 1888, ano em que a Princesa Isabel assinou a Lei Áurea. Os EUA para libertarem seus escravos desencadearam uma sangrenta guerra entre o Norte e o Sul do país. Foi um período de guerra civil triste e difícil que dizimou cerca de 1.000.000 de pessoas... Entre civis e militares, onde 60% da população branca masculina na faixa etária adequada para o serviço militar morreu, o equivalente a 3% da população, o que representaria hoje a 9.000.000 de vidas. “O conflito foi a guerra mais mortal na história dos Estados Unidos, resultando na morte de cerca de 750 mil soldados e um número indeterminado de vítimas civis (incluindo escravos). O historiador John Huddleston estima o número de mortos em dez por cento de todos os homens do norte com idades entre os 20 e 45 anos e 30 por cento de todos os homens brancos do sul com idades entre 18 e 40 anos”. Cerca de um milhão de mortos apenas para antecipar em alguns anos a libertação de seus escravos que sobreviveram à guerra.
"D. Pedro II conduziu com grande habilidade e sem traumas sociais a abolição pacífica da escravidão no país. Promoveu a diversidade da etnia nacional e patrocinou a imigração em massa de europeus, principalmente italianos e alemães. Ele estava interessado em expandir as principais commodities agrícolas do nosso país, e para fazer do Brasil um grande produtor de algodão, após a derrota dos Estados Confederados durante a Guerra Civil dos EUA, o Imperador convidou com sucesso plantadores de algodão confederados para se instalarem no Brasil. Entre 1867 e 1871, pelo menos três mil famílias confederadas passaram pelo porto do Rio de Janeiro. A maioria deles se instalaram numa vila no Estado de São Paulo, fundando a Cidade de Americana". 
Ruy Barbosa 
Escritor, Jurista e Político

“De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto... Essa foi a obra da República nos últimos anos.
(Ruy Barbosa)
(...) "À medida em que o povo foi tomando conhecimento do acontecido, movimentos pela volta da família imperial começaram a eclodir por todo o Brasil. O governo republicano os destroçou com punho de ferro. (...)" 

- X -
País Medíocre

É, todavia, difícil compreender por que, até o fim do reinado de Pedro II, o Brasil era um país mais promissor que os EUA, mais importante que a China, a Índia, o Japão, a Coréia e quase todos os países europeus - de onde vieram muitos imigrantes - e hoje ocorre o oposto: o Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA é cerca de 13 vezes maior que o nosso e essa nação possui o maior poderio científico, tecnológico, econômico e militar do planeta; a Coréia do Sul, há 40 anos, era um dos países mais atrasados do mundo e hoje é mais desenvolvido que o nosso. No Brasil, após 118 anos, o regime republicano mantém uma legião de analfabetos, oferece educação da pior qualidade e exames feitos por instituições internacionais comprovam que seus alunos se classificam entre os mais despreparados do mundo. Os sucessivos governos republicanos não foram capazes de resolver as questões mais elementares de educação, saúde, transporte, saneamento e segurança.

José Carlos Azevedo, doutor em Física pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT), foi reitor da Universidade de Brasília (UnB)
O Estado de São Paulo, 10/09/2007
http://emanuelnunessilva.blogspot.com.br/2014/03/pais-mediocre.html 
Infelizmente, vivenciamos tempos muito estranhos, em que se tornou lugar-comum falar dos descalabros que, envolvendo a vida pública, infiltraram na população brasileira ─ composta, na maior parte, de gente ordeira e honesta ─ um misto de revolta, desprezo e até mesmo repugnância. São tantas e tão deslavadas as mentiras, tão grosseiras as justificativas, tão grande a falta de escrúpulos que já não se pode cogitar somente de uma crise de valores, senão de um fosso moral e ético que parece dividir o País em dois segmentos estanques ─ o da corrupção, seduzido pelo projeto de alcançar o poder de uma forma ilimitada e duradoura, e o da grande massa comandada que, apesar do mau exemplo, esforça-se para sobreviver e progredir.”

Não passa dia sem depararmos com manchete de escândalos. Tornou-se quase banal a notícia de indiciamento de autoridades dos diversos escalões não só por um crime, mas por vários, incluindo o de formação de quadrilha, como por último consignado em denúncia do Procurador-Geral da República, Doutor Antônio Fernando Barros e Silva de Souza. A rotina de desfaçatez e indignidade parece não ter limites, levando os já conformados cidadãos brasileiros a uma apatia cada vez mais surpreendente, como se tudo fosse muito natural e devesse ser assim mesmo; como se todos os homens públicos, nas mais diferentes épocas, fossem e tivessem sido igualmente desonestos, numa mistura indistinta de escárnio e afronta, e o erro passado justificasse os erros presentes. (...)

Ministro Marco Aurélio
STF - Supremo Tribunal Federal
22 de outubro de 2012

URL 01 - URL 02 
As declarações destes Ministros republicanos por mais consonância que tenham com minhas palavras, para mim são irrelevantes... Por mais que representem boas intenções não mais convence. 124 anos é muito tempo de retrocessos e fracassos para mostrar para qualquer idiota que este Modelo de Sistema Republicano Brasileiro, ao menos por aqui nunca funcionou, não funciona e nem tem como funcionar.
  ^
  INÍCIO 
Genoíno, o herói de barro - Depoimento do Cel. Res. que Capturou "geraldo"
Dilma proibiu os Militares Brasileiros de comemorarem o Dia 31 de março (Contra-Golpe de 64). Entretanto ela prefere comemorar a Revolução Cubana que já assassinou mais de 85.000 cubanos naquela ilha prisão cuja população equivale apenas a da Grande São Paulo.
Vejam o que Dilma fala aos 3:20 minutos deste vídeo com uma gigantesca Bandeira Cubana ao fundo.:
DILMA E A REVOLUÇÃO CUBANA - ela E SEU criador, lula da sirva, MUDARAM???
Especiais - I - Facebook 
Gabeira confirma que os "revolucionários" não lutavam pela Democracia:
Luta Armada no Brasil - A Verdade que Escondem de Você 
O link é para os mais jovens que foram Abduzidos por seus professores:
História do Terrorismo Brasileiro 
Para o Exército, PT seria incubadora de terroristas 

- XI -
O que fazer quando a República é Fora da Lei?

O que fazer quando a República não cumpre sua própria Constituição.
Quando o Poder Constituído passa a maior parte do tempo tentando explicar o inexplicável, e numa estranha complacência e conivência descaradamente justifica suas inconstitucionalidades?

Quando o Governo que deveria estar dando nobres exemplos para o povo, faz questão de ser Fora da Lei e Desordem... Quando o Estado Democrático de Direito não é mais democrático, e o Poder Constituído corrompe e alicia com seus sucessivos maus exemplos nosso maior tesouro inclusive nas escolas... Nossas crianças e jovens?

O que fazer quando o Supremo Tribunal Federal, a mais alta instância do Poder Judiciário do Brasil que acumula competências típicas de Suprema Corte e Tribunal Constitucional que tem função institucional fundamental de servir como guardião da Constituição Federal, e por isso julga as inconstitucionalidades... Não é mais Lei?

Quando as Forças Armadas que tem como missão garantir os poderes constitucionais, a lei e a ordem... Conseqüentemente a próprias segurança e integridade da nação, são progressivamente desmoralizadas, ameaçadas, desmanteladas, lhes tirando suas capacidades de ação ou reação? 

Emanuel Nunes Silva 

Divergências entre republicanos:
Não é ensinado nas escolas, mas existiu um plano dos republicanos radicais para assassinar todos os membros da Família Imperial Brasileira. Execução sumária de membros da Família Imperial Brasileira que eventualmente resistisse à troca da Monarquia pelo Regime Republicano. 
"Uma dessas correntes republicanas, formada de 'Jacobinos', eram admiradores da Revolução Francesa. Eles defendiam A deposição de D. Pedro II por meio de revolta popular; e a execução da Família Imperial, se necessário. O líder dos 'Jacobinos' era o Advogado Antônio da Silva Jardim, conhecido pelo radicalismo de suas posições. Deposto o Imperador pela força que viria das ruas... À Família Imperial seriam dadas duas opções: a primeira, o exílio, na Europa de preferência; a segunda, em caso de resistência, morte em praça pública em nome dos interesses nacionais (da República propriamente dita) – Silva Jardim gostava de lembrar que, em 1789, os revolucionários parisienses haviam executado na guilhotina o Rei Luís XIV e a Rainha Maria Antonieta, atitude que também deveria guiar os brasileiros.". Entre parênteses anotação minha. 
Concluo: 
Para quem achou a fantástica idéia do Advogado Antônio da Silva Jardim um absurdo, estas suas elucubrações macabras tornaram-se realidade em 1918, quando os Golpistas Comunistas Republicanos executaram sumariamente a Família Imperial Russa. Mesmo que a Monarquia do Império Russo nunca tenha sido tão democrática e liberal quanto a Monarquia Parlamentar (Constitucional) do Império do Brasil... Não se justificou tamanha atrocidade. Inclusive a russa era considerada uma Monarquia Absolutista até o Golpe de Estado Comunista de 1917, quando foi inaugurada a primeira Ditadura da História da Rússia, que além de assassinar a Família Imperial, calcula-se que, de 1917 a 1953, ano da morte de Stalin, os expurgos, a fome, as deportações em massa, o trabalho forçado no Gulag e os fuzilamentos mataram algo em torno de 20 milhões de pessoas na antiga URSS... Já aqui no Brasil, quando os republicanos para consolidar a Ditadura que inventaram em 1889, assassinaram nos 7 primeiros anos de fracasso 150.000 de brasileiros; inclusive mulheres crianças e anciãos (três vezes mais mortes entre militares e civis brasileiros que na Guerra do Paraguai). O que equivaleria em 2013, a 1.700.000 de mortes.
(...) O orador acabara de chegar de Santos, onde morava, e trazia uma mensagem radical a platéia ali reunida: a execução sumária de membros da Família Imperial Brasileira que eventualmente resistisse à troca da Monarquia pelo Regime Republicano. Na opinião de Silva Jardim, os republicanos deveriam aproveitar o ano seguinte, primeiro centenário da Revolução Francesa, para instalar o novo regime. À Família Imperial seriam dadas duas opções. A primeira, o exílio, na Europa de preferência. A segunda, em caso de resistência, morte em praça pública em nome dos interesses nacionais. Lembrava que, em 1789, os revolucionários parisienses haviam executado na guilhotina o Rei Luís XVI e a Rainha Maria Antonieta, entre outros nobres franceses. A atitude segundo ele, deveria guiar os brasileiros nas difíceis decisões a serem tomadas nos meses seguintes.
_ Execução? Sim, execução! _ afirmou Silva naquela noite, o olhar fixo na platéia. – matar sim, sim, se tanto for preciso; matar!
Estes conspiradores republicanos brasileiros podem ser equiparados aos remanescentes da Revolução Francesa, pelos "republicanos" comunistas que assassinaram a Família Imperial Russa em 1918, após o Golpe de 1917; ou poderiam igualitariamente serem comparados aos heróis sanguinários de papel (como Che e Fidel, por ex.) destes últimos DesGovernos desta Decadente República Brasileira que inventaram. Não assassinaram fisicamente a nossa querida Família Imperial, entretanto a Imperatriz chegou à Europa praticamente morta, vindo a falecer poucos dias depois, e o Imperador dois anos após, triste e com saudades do Brasil que tanto amava.
Aos 30 anos de idade este republicano Silva Jardim, visitou Pompéia, na Itália, e, curioso por conhecer o Vulcão Vesúvio, mesmo tendo sido avisado de que ele poderia entrar em erupção a qualquer momento, foi tragado (literalmente para os Abismos das Trevas) por uma fenda que se abriu na cratera da montanha - não se sabendo se foi um acidente ou um ato voluntário. De acordo com reportagem do jornal "A Pátria Mineira", de 30 de julho de 1891, da Cidade de São João del Rei, acessível por meio do sítio do Arquivo Público Mineiro, a morte de Silva Jardim teria sido um acidente, testemunhado por um guia e seu amigo Joaquim Carneiro de Mendonça. Segundo o relato, o jornalista teria sido engolido por uma fenda junto ao Vesúvio, do que se salvou, ferindo-se, Carneiro de Mendonça, que fora auxiliado pelo guia local. O jornal menciona a fonte das informações como a "Carta Parisiense", de Xavier de Carvalho, dirigida ao "Paiz".
URL

- XIII -

Algumas Matérias deste Blog

01 • A MUDANÇA


URL


  ^